A VIDA NO OUTRO MUNDO

Quando escrevi "O Espírito do Cristianismo" julguei seria a última obra que teria de dar à publicidade, e me alegrei por haver desinteressadamente levado aquela insignificante contribuição para o erguimento do Verdadeiro Templo Espiritual, que o Espiritismo veio construir para abrigar a Humanidade.

Na verdade, não me passava pela mente a idéia de um novo trabalho; satisfazia-me com a publicação de artigos filosóficos e doutrinários, com os quais procurava manter acesa a lâmpada da Fé nos corações daqueles que me têm dedicado a sua amizade e simpatia.

Um dia, porém, lembrei-me de que há muito tempo havia eu escrito uma conferência, cujos ensinos eram inéditos naquela época e vinham trazer nova luz sobre a vida além da morte.

A doutrina expendida nessa conferência fora ilustrada com alguns mapas, que formavam um esquema de confronto entre os mundos do nosso Sistema Planetário e outros, representativos das estrelas, majestosos sóis centros de outros tantos sistemas, que representam as "muitas moradas da Casa de Deus", lembradas por Jesus segundo refere o Evangelista João. Assim também os desenhos faziam lembrar os asteróides, os cometas, os mundos que sulcam os Universos quais frotas flutuantes, levando em seu dorso Humanidades que caminham para a Perfeição - o Bem e o Belo - para a glorificação do Supremo Criador.

Passados alguns anos, verifiquei que a doutrina expendida nessa conferência não era ficção, nem mera fantasia de uma exaltação pela Imortalidade, que porventura me afagasse o coração, visto que outros tantos escritores e médiuns nos haviam transmitido as mesmas verdades, embora em países diversos e distantes do nosso, bem assim em outros idiomas.

Esse fato me incitou a escrever novo trabalho, que, com justa razão, deveria intitular-se "A Vida no Outro Mundo".

Pus mãos à obra e eis que consegui, com o valoroso auxílio dos meus protetores e dos caros Espiritos que dirigem nosso Movimento, entregá-lo à publicidade.

Como nas demais obras, não me incomodei com a forma; unicamente fiz questão de que as expressões que traduzem os conhecimentos, que me foram dado receber, exprimissem exatamente as idéias que desejo ver propagadas e conhecidas de toda gente.

Esforcei-me o mais possivel para usar de uma linguagem popular, acessivel a todas as inteligências, porque sei que esta obra terá mais divulgação entre os humildes e desprovidos da literatura que adorna os que tiveram tempo e dinheiro para se ilustrar na arte de falar bonito.

O meu fim é levar a consolação aos aflitos, a fé aos descrentes, a verdade aos que por ela anseiam e trabalham.

Se este trabalho concorrer para estancar lágrimas de amor pela separação de entes caros, e para a iluminação de cérebros que se consideravam vazios de espiritualidade, eu me darei por satisfeito com o meu trabalho.

Cairbar Schutel

..CIÊNCIA MATERIALISTA
..O PROBLEMA DA IMORTALIDADE
..EM BUSCA DA VERDADE
..A REVELAÇÃO ESPÍRITA
..ESTUDOS ANÍMICOS
..EXTERIORIZAÇÃO DA SENSIBILIDADE...
..EFLUVIAÇÃO ÓDICA
..EXISTÊNCIA DO PERISPÍRITO...
..O PERISPÍRITO E SUAS PROPRIEDADES ...
..O PERISPÍRITO NOS SERES INFERIORES
..O MISTÉRIO DA MORTE
..NO OUTRO LADO DA MORTE
..PERTURBAÇÃO DA MORTE
..O PASSAMENTO, OU O DESPRENDIMENTO...
..A SOBREVIVÊNCIA INDIVIDUAL
..A INCONSCIÊNCIA DA VIDA NO ALÉM
..SALA DE REUNIÕES E CASAS NO MUNDO...
..OS PLANOS DO MUNDO ESPIRITUAL
..O PLANO DA VIDA APÓS A MORTE
..REVELAÇÕES SOBRE A VIDA NO OUTRO MUNDO
..AS REVELAÇÕES DE SWEDENBORG
..A COMPLEXIDADE DO MUNDO ESPIRITUAL
..OS PLANOS SUBSEQUENTES AO MUNDO ESPIRITUAL
..TRABALHO E OCUPAÇÕES DOS ESPÍRITOS
..CONSIDERAÇÕES IMORTALISTAS