Morte de Heródes

Ora, Herodes estava irritado contra os de Tiro e de Sidom; porém eles de comum acordo se apresentaram a ele e, depois de alcançar o favor de Blasto, camarista do rei, pediam paz, porque era do país do rei que se abastecia o país deles. Num dia designado, Herodes, vestido de traje real, sentado no trono, dirigia-lhes uma fala; e o povo clamava:

É a voz de um deus e não de um homem. No mesmo instante, um anjo do Senhor o feriu, por ele não haver dado glória a Deus; e comido de vermes, expirou. - Cap. XII, V. v. 20 - 23.

A morte de Herodes não está no programa deste livro "Vida e Atos dos Apóstolos". E se fizemos referência a ela é porque deveria com certeza ser um fato de monta em que a perseguição atroz, movida contra os Apóstolos e discípulos, deveria diminuir ou, ao menos, mudar de forma.

É o que vamos ver.

Cairbar Schutel