A propaganda na dispersão Paulo na Antióquia

Aqueles, pois, que foram dispersos pela tribulação que houve por causa de Estêvão, passaram até Fenícia, Chipre e Antióquia, não anunciando a ninguém a palavra, senão somente aos judeus. Mas alguns deles que eram de Chipre e de Cirene, quando foram a Antióquia, falavam também aos gregos, pregando-lhes o Senhor Jesus. E a mão do Senhor era com eles, e um grande número dos que creram converteu-se ao Senhor. A Igreja em Jerusalém, tendo notícia disto, enviou Barnabé a Antióquia; o qual, quando chegou e viu a graça de Deus, se alegrou, e exortava a todos a perseverar no Senhor com firmeza de coração; porque era homem bom e cheio do Espírito Santo e de Fé. E muita gente uniu-se ao Senhor. Barnabé partiu para Tarso, em busca de Saulo e tendo-o achado, levou-o a Antióquia. E durante um ano inteiro reuniram-se com a igreja e instruíram muita gente: e em Antióquia os discípulos pela primeira vez foram chamados cristãos. - Cap. VI, v. v. 19 - 26.

Dissolvida a Comuna, os cristãos dispersaram-se, passando por diversas localidades, Fenícia, Chipre e Cirene, até chegarem a Antióquia.

Eles não quiseram falar a respeito de Jesus e sua doutrina, devido ao medo de que se achavam possuídos, do atentado de que fora vítima Estêvão. Mas na Antióquia, lugar onde havia mais garantia, pois, também já havia passado algum tempo, eles começaram a pregar o Evangelho.

A congregação de Jerusalém, que era a mais forte, tendo ouvido isso, tendo tido notícia, enviaram a Antióquia, Barnabé, grande médium, com ótima assistência espiritual (cheio do Espírito Santo). Era um homem muito digno, estimado e de autoridade.

Chegando a Antióquia, conhecendo a situação em que se achava o Cristianismo nessa cidade, partiu para Tarso em busca de Paulo, o grande Apóstolo, que pelo espaço de tempo de um ano, fez preleções aos neófitos, instruindo muita gente, a ponto de os discípulos que ali se reuniam, receberem, pela primeira vez, o nome de cristãos.

A não ser novas conversões e aumento do proselitismo, nenhum outro fato se nota neste capítulo, digno de comentário.

Cairbar Schutel