Instruções do Espírito - Excursão de propaganda

Havia na Igreja da Antióquia profetas e doutores: Barnabé, Simeão que tinha por sobrenome Niger, Lúcio de Cirene, Manaém, colaço de Herodes, o tetrarca, e Saulo. Enquanto eles ministravam perante o Senhor e jejuavam, disse-lhes o Espírito Santo: Separai-me a Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado; então, depois que jejuaram, oraram e lhes impuseram as mãos e os despediram.

Eles, pois, enviados pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre e chegados a Salamina, anunciavam a palavra de Deus nas sinagogas dos judeus; e também tinham João como ajudante. - Cap. XIII,. 1-5.

A agremiação cristã de Antióquia, pelo que se nota, crescera de um modo notável, chegando a ter entre si muitos doutores e profetas. Pessoas gradas já não se envergonhavam mais do nome de Jesus e pleiteavam um lugar na agremiação. Vemos, por exemplo, entre os cristãos de Antióquia, o "irmão de leite" (colaço) de Herodes, rei da Judéia, e o próprio governador de Antióquia (tetrarca).

Foi numa das reuniões, as quais eram feitas com grande religiosidade, que o Espírito Guia se manifestou, ordenando a escolha de Barnabé e Paulo, para uma excursão de propaganda, que se devia realizar, sob a sua direção.

Estes Apóstolos, depois de receberem o testemunho do amor fraterno e de solidariedade de todos, que impuseram neles suas mãos, saíram, desceram a Selêucia, dali tomaram a embarcação, navegando para Chipre e foram a Salamina, onde encontraram João, naturalmente João Marcos, que os auxiliou no trabalho espiritual que aí fizeram.

Cumpre não esquecer que os Apóstolos não obedeciam cegamente às ordens de terceiro, mas ouviam sempre a deliberação da agremiação quando esta se achava sob a visível influência do Espírito.

Todas as grandes resoluções eram tomadas pelo Espírito Chefe do Grêmio.

As igrejas antigamente não eram como hoje sinônimos de casas, edifícios erguidos para cultos. Igreja, na expressão evangélica, é a reunião dos crentes, agindo cada qual com os seus dons espirituais.

Cairbar Schutel