Regresso de Paulo e Barnabé

Sobrevieram, porém, alguns judeus de Antióquia e Icônio e, havendo ganhado o favor do povo, apedrejaram a Paulo, e arrastaram-no fora da cidade dando-o por morto. Mas quando os discípulos o rodearam, ele se levantou e entrou na cidade. No dia seguinte partiu com Barnabé para Derbe. Evangelizando aquela cidade e tendo feito muitos discípulos, voltaram para Listra, lcônio e Antióquia, confirmando os ânimos dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé e dizendo que por muitas tribulações nos é necessário entrar no reino de Deus.

Tendo feito eleger para eles presbíteros em cada igreja, depois de orar com jejuns, encomendaram-nos ao Senhor, em quem haviam crido. Atravessando a Pisídia, foram a Panfília e, tendo anunciado a palavra em Perga, desceram Atalia e dali navegaram para Antióquia, de onde haviam sido encomendados à graça de Deus para a obra que tinham cumprido. Quando ali chegaram e reuniram a igreja, contaram quantas coisas fizera Deus com eles, e como abrira a porta da fé aos gentios. E demoraram-se muito tempo com os discípulos. - Cap. XIV, v. v. 19 - 28.

A excursão evangélica ordenada pelo Espírito no Cenáculo de Antióquia, estava quase concluída.

Como se depara, os Apóstolos tiveram grande gozo, muitos prosélitos foram incluídos no número dos cristãos, tanto judeus corno gentios. Conversões de valor foram feitas, como a do procônsul Sérgio Paulo, a do sacerdote de Júpiter e muitos outros chefes de sinagogas que ouviram, pela primeira vez, pelos lábios de Paulo, a palavra de Salvação.

Em Chipre, Salamina, Pafos, Perga, Panfília, Antióquia da Pisídia, Icônio, Listra, o sucesso foi grande. Nesta última cidade o sacerdócio de Antióquia e de Icônio, sabendo do sucesso de Listra, enviaram apaniguados que alvoroçaram turbulentos dentre o povo e apedrejaram a Paulo, dando-o como morto.

Mas, embora bem maltratado, Paulo voltou a Listra onde recebeu dos discípulos o tratamento de que precisava, partindo no dia seguinte para Derbe. Nesta cidade ele anunciou o Evangelho fazendo muitas conversões e, com seu companheiro Barnabé, regressou, passando novamente por Listra, Icônio e Antióquia da Pisídia, tendo falado intemeratamente em todas essas cidades, onde exortou os discípulos a permanecerem na fé e dizendo que o reino de Deus se ganha afrontando as tribulações e lutando pela espiritualidade.

Nessas cidades, eles fizeram os discípulos elegerem companheiros aptos para prosseguirem na tarefa por eles iniciada e, após as orações de costume, seguiram para Panfília, onde novamente falaram, como em Perga, desceram a Atalia e chegaram, finalmente, em Antióquia.

Reunida a agremiação de Antióquia, em assembléia, os ilustres missionários expuseram o que fizeram durante aquela excursão, narraram todos os fenômenos que se verificaram por seu intermédio, e como Deus abrira as portas da fé aos gentios.

Nesta cidade descansaram de suas fadigas, para prosseguirem depois no seu trabalho de evangelistas.

Cairbar Schutel