O DINHEIRO É A RAIZ DOS MALES TERRENOS

"Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e, nessa cobiça, alguns se
desviaram da fé e se transpassaram a si mesmos com muitas dores." - Paulo, (I Timóteo, 6:10)

As palavras de Paulo espelham a realidade do Espírito encarnado, cuja paixão pelo dinheiro tem sido a causa de muito sofrimento.

A História da Humanidade ressalta o amor ao dinheiro, como uma das causas principais que levaram o homem, em todos os tempos, a se desviar da fé e a se "transpassar com muitas dores".

O enunciado de Paulo continua atualíssimo.

O noticiário falado e escrito nos informa, constantemente, sobre os casos que vêm à tona, nas águas infestadas pela ganância, cujas vítimas crescem de modo assustador.

Todos nós devemos estar vigilantes, a fim de que as necessidades pecuniárias, tão importantes para todos, não se transformem em "amor ao dinheiro", e não venhamos a desviar-nos dos verdadeiros objetivos da reencarnação, entre os quais, a conquista do desprendimento, que neutraliza o "amor ao dinheiro" e nos traz serenidade, paz.

Luiz R. da Cruz