ONDE ESTÁ, Ó MORTE, O TEU AGUILHÃO

"...tragada foi a morte na vitória. Onde está ó morte, o teu aguilhão?
Onde está, ó inferno, a tua vitória?" - Paulo, (I Coríntios, 15:54-55)

Jesus, antes de voltar aos Planos Superiores, onde há paz, beleza, sabedoria e amor, nos deixou o último e incalculável benefício: a certeza de que a morte não existe, de que a vida continua triunfante.

Pois apareceu, várias vezes, aos Apóstolos, com seu corpo espiritual e, por fim, desapareceu nas alturas.

Não há razão para temer a morte, por ser ela, na verdade, a porta da vida, pois Deus nos criou para a vida e não para a morte.

Perante o conhecimento que liberta, ruem as velhas crenças, desfazem-se os conceitos arcaicos de pecado e de inferno, os quais atormentaram os homens, ao longo dos séculos, libertando-os do medo da morte, para surgir, vitoriosa, a certeza da vida imortal.

Luiz R. da Cruz