LEGENDAS DO LITERATO ESPÍRITA

" . .. Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede de Deus." - JESUS. (Mateus, 4:4.)

Optar, como deseje, por essa ou aquela escola literária respeitável, mas vincular a própria obra aos ensinamentos de Jesus.

Emitir com dignidade os conceitos que espose; no entanto, afeiçoar-se, quanto possível, ao hábito da prece, buscando a inspiração dos Planos Superiores.

Seja qual seja a dificuldade em que te vejas, abstém-te de carregar o fardo das aflições e das perguntas sem remédio.

Exaltar o ideal, integrando-se, porém, com a realidade.

Cultivar os primores do estilo, considerando, em todo tempo, a responsabilidade da palavra.

Enunciar o que pense; entretanto, abster-se de segregação nos pontos de vista pessoais, em detrimento da verdade.

Aperfeiçoar os valores artísticos; todavia, evitar o hermetismo que obstrua os canais de comunicação com os outros.

Entesourar os recursos da inteligência, mas reconhecer que a cultura intelectual, só por si, nem sempre é fundamento absoluto na obra de sublimação do espírito.

Devotar-se à firmeza, na exposição dos principios que abraça, sem fomentar a discórdia.

Valorizar os amigos, agradecendo-lhes o concurso; no entanto, nunca desprezar os adversários ou subestimar-lhes a importância.

Conservar a certeza do que ensina, mas estudar sempre, a fim de ouvir com equilíbrio, ver com segurança, analisar com proveito e servir mais.

Emmanuel