COMO EXORTAREI

"Mas exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje,
a fim de que algum de vós não seja endurecido pelo engano do pecado." - (Hebreus, 3: 13)

- Como exortarei dia a dia aos meus irmãos de jornada, se guardo o temor de fazê-lo, inconvenientemente, por minha própria imperfeição e fragilidade humanas?

- Quando a sincera vontade de ajudar e servir ditar a tua exortação;

- quando teu coração se moldar à compreensão das necessidades, anseios, tristezas ou alegrias alheias;

- quando tua mente souber exercitar-se na solução de problemas em prol da fraternidade cristã com vistas à paz universal,

- aprenderás a descobrir incontáveis ocasiões de exortar ao irmão que passa contigo pelos caminhos da Vida.

Aproveita o minuto bendito que passa Hoje e, talvez, amanhã, não surja mais para

- exortá-lo na aplicação da mais simples lição de justiça ou de amor;

- exortá-lo na aventura do Bem, por mais infantil, ela te pareça;

- exortá-lo ao esforço da subida ao primeiro degrau da retificação, do sacrifício e da redenção pelo trabalho, embora demorando-te mais acima, conheças o quanto lhe custará.

Exorta-o com bondade, com alegria, com humildade.

Exorta a cada um, na utilização benéfica e bem dirigida dos talentos que o Senhor lhes confiou, a fim de que

- auxiliando a todos, sejas também ajudado; ensinando a todos, com todos aprendas;

- e exortando a cada um, sejas por todos amparado.

Fá-lo hoje, a fim de que a lição do presente não te passe despercebida e não percas a gota preciosa do óleo da sabedoria que o Tempo te oferece, a cada dia, e não venhas a lamentar-lhe a falta quando, no futuro, fores compelido a descerrar as portas de teu coração e de tua mente e fores surpreendido pela dureza das mesmas.

Ottília (Espírito)