COMO ORAREI

"Estava Jesus orando em certo lugar e, quando acabou, disse-lhe um dos seus discípulos:
- "Senhor, ensina-nos a orar, como João ensinou a seus discípulos." (Lucas, 11: 1)

- Como orarei em todos os dias da minha vida? Deverei repetir apenas as palavras que o Mestre ensinou aos seus discípulos, naquela ocasião?

- A oração, como a vida física, é para cada alma, diferente em mínimas facetas e em grandes significações.

A oração como alimento que é para o espírito, varia segundo os valores de cada um, assim como a alimentação do corpo físico difere para cada ser vivente da Terra.

A oração como o trabalho, o estudo, o sentimento, é compreendida e deve ser emitida sob a medida de que cada um for capaz.

Assim sendo,

- a oração que o Mestre ensinou aos seus discípulos, foi na medida que podia atender às circunstâncias do minuto que passava e aos anseios dos corações que a pediam, mas Ele espera ouvir de ti, também outras preces, essências sublimes de teus bons sentimentos, de tuas virtudes e de teu esforço para servir e elevar-te.

Ottília (Espírito)