CONHECE-TE A TI MESMO

Já sabemos que estamos encarnados para aprender alguma coisa nova e para corrigir as imperfeições de nosso caráter.

É corrigindo o nosso caráter que limparemos o nosso perispírito das manchas que se acumularam nele.

A melhor maneira de corrigirmos nossas imperfeições é fazendo um cuidadoso estudo de nós mesmos.

— Conhece-te a ti mesmo, disse Sócrates, que foi um luminoso espírito que veio à Terra há muitos séculos passados.

Na verdade, precisamos estudar nosso caráter, descobrir quais são os nossos defeitos, para em seguida corrigi-los.

É conhecendo o que somos que ficaremos melhores.

De nossas vidas passadas nós ainda trazemos um resto de defeitos dos quais precisamos ficar livres.

Cada um deve procurar os seus defeitos e arrancá-los de seu coração, como o bom jardineiro arranca do seu jardim as ervas daninhas.

Os vaidosos, os orgulhosos, os soberbos devem esforçar-se por serem amigos de todos e tratarem a todos com benevolência, carinho e amizade.

Os nervosos e irritadiços devem dominar a cólera, serem mansos e pacíficos e saberem controlar seus nervos.

Os preguiçosos que se acostumem a trabalhar com entusiasmo e alegria.

Os egoístas devem deixar de ser avarentos e darem a quem lhes pedir; e lembrarem-se de que quem dá ajunta tesouros no céu onde nem a traça nem a ferrugem os consomem e os ladrões não penetram nem roubam.

Agora nossa tarefa principal é adquirir um bom caráter que constituirá nossa fortuna espiritual.


Eliseu Rigonatti