INFLUÊNCIA ESPÍRITA

Ninguém dá unicamente aquilo que entrega ou cede, a benefício dos semelhantes.

Cada criatura, através de leis inalienáveis que governam a vida, é obrigada a dar de si própria, nas situações essenciais do cotidiano, como sejam:

- no pensamento;
- na palavra;
- no gesto;
- no lar;
- na comunidade;
- na profissão;
- no trabalho;
- na tarefa;
- no negócio;
- na saúde;
- na doença;
- na administração;
- na subalternidade.

Em ação espírita, somos compreensivelmente chamados a dar todo o apoio material e socorro moral aos irmãos em necessidade, conforme os recursos que usufruímos.

Acima de tudo, porém, o espírita é convocado a melhorar a Vida e o Planeta pela cooperação da influência.

Revisemos, pois, dia-a-dia, nossas atitudes pessoais, observando como distribuimos as parcelas espirituais de nós mesmos, seja no que fazemos ou no que somos.

Espiritismo é orientação certa e orientação certa se define como sendo o caminho certo de auxiliar e o jeito certo de viver.

Albino Teixeira