PRÁTICA ESPÍRITA

Se você já consegue:

- encontrar no serviço a fonte da paz;

- impedir a intromissão do desânimo, à frente das boas obras, e continuar trabalhando;

- ouvir a incompreensão e prosseguir compreendendo;

- sustar o impulso da cólera; guardar paciência em todas as provações;

- colocar-se em lugar do próximo, nas horas difíceis; perceber que as suas dores são iguais às dores do próximo;

- auxiliar sem esperar esse ou aquele pedido de auxílio;

- discernir entre consciência e conveniência e seguir a consciência por mais áspero que seja o caminho que ela esteja indicando;

- e confiar, sem desfalecer, na vitória do bem, ainda mesmo quando tudo pareça sob o domínio do mal...

então guarde a certeza de que a sua prática espírita estará alcançando valioso nível de elevação.


ALBINO TEIXEIRA