COMO REZAM AS DIFERENTES RELIGIÕES DO MUNDO?

A prece é um elemento universal da espiritualidade humana, encontrada em todas as tradições religiosas. Cada uma delas segue seus próprios rituais, mas o objetivo principal é o mesmo: comunicar-se com a divindade, em uma atitude de devoção e máximo respeito. "Antes mesmo de existirem sistemas de crenças constituídos, o ser humano proferia palavras de apelo ao Criador, sempre com o sentido mágico de obter paz interior e alívio para o sofrimento", diz a antropóloga Liana Maria Sálvia Trindade, da Universidade de São Paulo.

Conforme a doutrina, o rito pode incluir ainda procedimentos especiais. Os muçulmanos, por exemplo, sempre oram voltados para a cidade de Meca, na Arábia Saudita, onde está seu principal santuário. Além disso, só é permitido rezar em locais limpos, daí a utilização de um pequeno tapete. "Ele pode ser levado para qualquer parte e é uma garantia de que se está rezando sobre um local puro", diz sheik Ali Abdune, presidente da Assembléia Mundial da Juventude Islâmica na América Latina. No Catolicismo, por sua vez, ao final da prece é obrigatório fazer o sinal-da-cruz. "Jesus ensinou assim, e por isso seguimos esse preceito", afirma padre Eduardo Coelho, da Arquidiocese de São Paulo.

Em algumas crenças, como Budismo e Hinduísmo, a oração busca não só aproximar o praticante de uma realidade superior, mas também ajudá-lo a desenvolver estados mentais considerados superiores, como a calma e a alegria. "É uma forma de trazer bênçãos protetoras para o dia-a-dia", diz Peter Harvey, professor de Estudos Budistas da Universidade de Sunderland, na, Inglaterra. Confira abaixo como alguns credos fazem da oração uma reveerência ao Sagrado:

Muçulmanos

O fiel reza cinco vezes ao dia, sempre voltado para a cidade de Meca, na Arábia Saudita. Durante a oração, inclina-se para a frente, prostrado no chão, em sinal de reverência ao Criador. Reza-se sobre um tapete - cada um deve ter o seu e cuidar de mantê-lo sempre limpo.

Judeus

Na sinagoga, cada fiel tem o seu próprio livro de orações. Conforme a seqüência de preces, ele alternadamente se levanta, ajoelha-se e em seguida senta-se novamente. Os homens têm de usar uma pequena touca, o solidéu, como demonstração de respeito a Deus.

Budistas

A prece é feita diante de um relicário com a imagem de Buda. Para rezar, o budista junta as mãos, se ajoelha e se curva três vezes diante da imagem. Depois, faz as oferendas (flores, velas e alimentos), que simbolizam o ciclo da vida, a luz dos ensinamentos e a gratidão.

Católicos

A religião contém duas orações básicas: o Pai-Nosso e a Ave-Maria. Muitas vezes, o fiel reza com o rosário de 165 contas, correspondente a 15 vezes a primeira prece e 150 a segunda. O católico geralmente reza ajoelhado e ao terminar sempre faz o sinal-da-cruz.

Fábio Cruz - Revista das Religiões