O QUE É A NOVA ERA?

Embora não haja uma definição específica, os estudiosos rotulam como Nova Era o conjunto de movimentos espiritualistas que surgiram no final do século 19 e ganharam força a partir dos anos 1960, quando apareceram vários livros sobre o assunto e o mundo assistiu ao florescer do ideário hippie, centrado no famoso lema "paz e amor".

Os grupos são bastante diversos entre si - incluem desde comunidades que preconizam a vida rural até praticantes de terapias orientais -, mas têm um ponto em comum: crêem que uma nova era chegou para a humanidade.

Viveríamos agora sob o signo astrológico de Aquário, num tempo em que desaparecerão o racionalismo, as guerras e o domínio de uma só religião, para dar lugar a valores como paz, respeito à natureza, intuição e uma relação harmônica entre as várias crenças.

Segundo os críticos do movimento, contudo, ele seria inconsistente, afastando-se das preocupações sociais e políticas, pois acreditaria que esta sonhada paz mundial viria de qualquer maneira, mesmo que ninguém se mobilize para buscá-la.

Os seguidores, por sua vez, afirmam que a Nova Era não é um movimento político ou religioso, mas sim um reflexo da busca de autoconhecimento e crescimento espiritual por milhares de pessoas no mundo - dessa conscientização global viria a harmonia para todos.

Seja como for, todos concordam em relação a um ponto: trataria-se aqui mais de uma filosofia de vida do que de uma religião. "Não há uma doutrina clara".

"Não se pode usar nem o termo 'fiel' para os seguidores, pois as fronteiras religiosas são difusas", diz o sociólogo das Religiões Paulo Barrera Rivera, da Universidade Metodista de São Paulo. "Mas, sem dúvida, trata-se de um fenômeno espiritual ao cumprir a mesma função que, por exemplo, a missa para um católico: é uma referência para as pessoas se apoiarem diante de suas fraquezas e problemas."

Além dos movimentos surgidos nos séculos 19 e 20, a Nova Era inclui ainda grupos muito anteriores ao surgimento do rótulo new age (nova era, em inglês). Veja abaixo duas práticas que, apesar de milenares, são consideradas parte desse novo tempo:

Entre as técnicas utilizadas pelos seguidores da Nova Era está a acupuntura, que hoje é ensinada até nas faculdades de Medicina. Prática tradicional chinesa, consiste na aplicação de agulhas em pontos do corpo localizados sobre canais de energia, com reflexo sobre os diferentes órgãos.

A ciência que tem por base o estudo da posição dos astros provavelmente tenha surgido há seis mil anos, na Mesopotâmia, no Oriente Médio. Além do sol, a lua e os planetas também são computados nos cálculos astrológicos em torno dos 12 signos do zodíaco.

Marina Momura - Revista das Religiões