UM MUSEU PARA A BÍBLIA?

Ao longo de mais de 50 anos, a Sociedade Bíblica do Brasil reuniu um enorme acervo de obras relacionadas às Sagradas Escrituras.

Distantes dos olhos do público durante esse longo tempo, todas essas peças ganharam um local próprio para exposição: o Museu da Bíblia, inaugurado em dezembro de 2003, em Barueri, na Grande São Paulo.

O espaço guarda cerca de 3 mil títulos, que vão desde manuscritos e centenas de versões do texto original em vários idiomas até réplicas de peças relacionadas à Bíblia, como a prensa de Gutemberg.

Entre as preciosidades da coleção, estão a primeira tradução completa da Bíblia para o português, feita em 1691, e a Bíblia Vulgata de São Jerônimo, escrita em latim e publicada no fim do século 16.

"Queremos que o Museu da Bíblia transforme-se em um espaço de referência em traduções e resgate o valor histórico e cultural das Escrituras", afirma o reverendo Erni Walter Seidert, diretor da instituição.

Segundo ele, expor o acervo da Sociedade Bííblica era um antigo desejo.

"Tínhamos muitas informações que não estavam disponíveis ao público simplesmente por não haver um espaço adequado para isso", diz Erni. Os estudiosos dos textos sagrados, claro, comemoram.

"Não conheço outro lugar no Brasil que tenha esses manuscritos e traduções expostos", afirma o exegeta Milton Schwantes, da Universidade Metodista de São Paulo.

"A Bíblia é um livro dentro da história e é imporrtante que seja mostrado dentro dessa perspectiva. "

Partilha

Av. Pastor Sebastião Davino dos Reis, Jardim dos Camargos, 8arueri,

SP. Telefones: 4168-6225/0800-162-164 - Entrada franca