D
DÁDIVA
Dádiva é o bem que a gente faz sem esperar recompensa de coisa alguma. Hilario Silva
DAÍ DE GRAÇA O QUE DE GRAÇA RECEBESTES
Dizendo aos apóstolos: "Daí de graça o que de graça recebestes", Jesus lhes ensinava que as coisas de Deus jamais deve constituir objeto de tráfico, de especulação, de meio de existência material humana; que, no desempenho das missões de que se achavam investidos, suas palavras e seus atos não deviam ter por móvel senão o amor a Deus, o amor ao próximo, a humanidade e o mais absoluto desinteresse. J. B Roustaing
DAIMON
A palavra daimon, da qual fizeram o termo demônio, não era, na antiguidade, tomada à má parte, como nos tempos modernos. Não designava exclusivamnte seres malfazejos, mas todos os Espíritos, em geral, dentre os quais se destacavam os Espíritos Superiores, chamados deuses, e os menos elevados, ou demônios propriamente ditos, que comunicavam diretamente com os homens. Allan Kardec
DANTE ALIGHIERI
Dante Alighieri - ilustre poeta e pensador italiano, nascido em 1265 e falecido em 1321, autor do poema épico "Divina comédia", considerada uma das mais altas concepções do espírito humano. Esse poema contém as idéias e a filosofia da Idade Média e se divide em três pontos: o inferno, o Purgatório e o Paraíso, e figura uma viagem do poeta ao Mundo Invisível. Pode-se acrescentar que essa obra imortal criou a poesia e a linguagem italianas. G Vale Owen
DÉBITO ESTACIONÁRIO
Nosso amigo, até que se amadureça em espírito para a renovação necessária, guarda a mente trabalhando em circuito fechado, isto é, pensa constantemente para si mesmo, incapaz da permuta de vibrações com os semelhantes(...) Sabino é um problema de débito estacionário, porque jaz em processo de hibernação espiritual conmpulsoriamente enquistado no próprio íntimo, a benefício da comunidade de Espíritos desencarnados e encarnados, porquanto tão expressivos se lhe destacam os agravantes de ordem material e moral que a sua presença consciente, na Terra ou no Espaço, provocaria perturbações e tumultos de consequências imprevisíveis (...) André Luiz
DECÁLOGO
Em essência, temos na Tábua dos Dez Mandamentos, recebida por Moisés no Monte Sinai, a revelação autenticamente divina, definindo o que o Homem não deve fazer. Nela estão os fundamentos da Justiça Humana, estabelecendo que nossos direitos terminam quando começam os direitos alheios, e que só nos é lícito fazer o que não implique prejuízo para nosso semelhante. Richard Simonetti
DECEPÇÃO
Cortes necessários em nossas fantasias, provocados por nossos excessos, aos quais ninguém pode fugir.A,L
DEFENDER
Defender não é gritar. É prestar mais intenso serviço às causas e às pessoas. André Luiz
DEFENSOR
Defensor é o que coopera sem perturbar. André Luiz
DEISMO
VIDE DOUTRINA DEÍSTA
DELFOS
Hoje Castri, na antiga Grécia, perto do Parnaso (Fócida), onde Apolo tinha um templo, ditando os oráculos pela boca de Pitia (nome do qual se derivou o vocábulo mundial - pitonisa). Victor Hugo
DELINQUÊNCIA
(..) enfermidade da alma (..). Richard Simonetti
DELINQUENTE
(..) como espírita, igualmente não aprova a cadeia, o castigo, a violência, mas os delinquentes de grandes crimes são doentes perigosos que precisamos apartar da sociedade para a adequada assistência.Hilario Silva
DELÍRIO
Aos distúrbios do pensamento oriundos do ato de formação dos juízos dá-se o nome de delírios. O delírio de perseguição, por exemplo, pode existir como um fato real: político, policial, etc.. Contudo, num esquizofrênico, a vivência persecutória surge na mente do doente sem elementos da realidade que justifiquem a mesma. Leopoldo Balduino
DEMÊNCIA
(..) um cataclismo no cérebro, com repercussões demolidoras n'alma, ocasionado por um frêmito de dor infinita, é qual terremoto que faz trepidar um vergel florido, tornando-o, bruscamente, em fendas ou num abismo hiante (..) Victor Hugo
DEMOCRACIA
(..) A democracia é regime de conciliação, de equilíbrio, porque repele instintivamente qualquer hegemonia e permite a participação de TODOS no progresso comum, sem distinção de classes. O sistema democrático, embora sujeito a deformações humanas, também evolui, marchando para o reinado pacífico da grande democracia cristã. Os exclusivismos são prejudiciais à ordem social, porque o progresso da sociedade depende da cooperação de todas as classes e não apenas de uma só classe. Deolindo Amorim
DEMÔNIO
Em todos os graus existe, portanto, ignorância e saber, bondade e maldade. Nas classes inferiores destacam-se Espíritos ainda profundamente propensos ao mal e comprazendo-se com o mal. A estes pode-se denominar demônios, pois são capazes de todos os malefícios aos ditos atribuidos. O Espiritismo não lhes dá tal nome por se prender ele à idéia de uma criação distinta do gênero humano, como seres de natureza essencialmente perversa, voltados ao mal eternamente e incapazes de qualquer progresso para o bem. (...) Segundo o Espiritismo, os demônios são Espíritos imperfeitos, suscetíveis de regeneração e que, colocados na base da escala, hão de nela graduar-se (..) Allan Kardec
DEPRESSÃO
(..) A depressão é o tipo de condição emocional que não podemos permitir que nos envolva. O espírita tem conhecimento suficiente das belezas imortais para não se deixar entregar infantilmente a esse tipo de enfermidade. Carlos A. Abranches
DESALENTO
(...) é clima anestesiante, que entorpece e destrói. Emmanuel
DESÂNIMO

O desânimo é um verme destruidor nas melhores realizações de nossa vida. (..) Francisco C. Xavier

(..) é uma falta. Deus vos recusa consolações, desde que vos falte coragem (..) Allan Kardec

DESAPEGO
(..) o desapego aos bens terrenos consiste em apreciá-los no seu justo valor, em saber servir-se deles em benefício dos outros e não apenas em benefício próprio, em não sacrificar por eles os interesses da vida futura, em perdê-los sem murmurar, caso apraza a Deus retirá-los (..) Allan Kardec
DESASTRE
O desastre grande, quase sempre, é a soma dos descuidos pequenos (..) André Luiz
DESCANSO
(..) O descanso, pois, além da morte, para as criaturas de condição mais elevada deixa assim, de ser imensão mental nas zonas obscuras para ser vôo de acesso aos domínios superiores da vida. Irmão Jacob
DESCASCADO
Um dos pejorativos pelos quais a gíria dos planos inferiores designa os Espíritos desencarnados. Andre Luiz
DESCORTESIA
Se o interpelado não atende, de pronto, cale as reclamações. É provável que ele seja gago e, se não for, a descortesia é uma infelicidade em si mesma. André Luiz
DESCULPA
A desculpa constante é garantia de paz. Francisco C. Xavier
DESDOBRAMENTO
A lei fundamental do desdobramento é assim enunciada por Mr. Muldoon: "Quando o subconsciente se toma possuído pela idéia de movimentar o corpo físico que se acha impossibilitado de fazê-lo, o corpo astral se deslocará para fora do físico (..) Herminio C. Miranda
DESEJO
O desejo é semente da alma. Por isso mesmo, asseverou a profecia no caminho dos séculos: "Guarda carinhosamente teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.". Francisco C. Xavier
DESEJO SEXUAL
O desejo sexual é a força de atração única, unindo as criaturas, como no mundo animal. Passado este impulso de atração, mediante a satisfação dos instintos sexuais, há o afastamento natural no relacionamento do casal. Walter Barcelos.
DESENCARNAÇÃO
Desencarnar é mudar de plano, como alguém que se transferisse de uma cidade para outra, aí no mundo, sem que o fato lhe altere as enfermidades ou as virtudes com a simples modificação dos aspectos exteriores. Emm
DESENCARNADO
(..) os desencarnados não são magos nem adivinhos. São irmãos que continuam na luta de aprimoramento (...) Emmanuel
DESENTENDIMENTO
(..) é a oportunidade que, muitas vezes, favorece a supressão de pequeninos obstáculos, antes de se formarem obstáculos maiores (..) Emmanuel
DESENVOLVIMENTO MEDIÚNICO
O desenvolvimento mediúnico é trabalho delicado, difícil e muito importante, que exige conhecimento doutrinário, capacidade de observação, vigilância, tato, firmeza e muita sensibilidade para identificar desvios e desajustes que precisam ser prontamente corrigidos, para não levarem o futuro médium a vícios funcionais e até mesmo a perturbações emocionais de problemática recuperação. Herminio C. Miranda
DESEQUILÍBRIO
(..) todo instante de turvação ou desequilíbrio é instrumento de teste para avaliação de nosso próprio aproveitamento. Emmanuel
DESEQUILÍBRIO PSÍQUICO
(..) quando a alma, quer o que não lhe convém, é que nela há desequilíbrio ou ignorância. O desequilíbrio psiquíco é uma enfermidade anímica e bem assim a ignorância (..) Angel Aguarod
DESESPERAÇÃO
Desesperação é chuva de veneno invisível. Francisco C. Xavier
DESESPERO
(..) é uma rebeldia à vontade do Onipotente, sempre punido com o prolongamento de causa que o produziu, até que haja completa submissão. O desespero é verdadeiro suicídio por minar as forças corpóreas. A.K.
DESGRAÇA
(..) a verdadeira desgraça é o tumulto, o prazer que macula a alma e adormece a consciência. V. Marchal
DESIGUALDADE
De fato, se tivéssemos uma só existência, a doutrinação do Mestre seria um engodo. À luz da reencarnação, entretanto, as diferenças sociais, como de resto todas as desigualdades, que tanto ofendem as almas sensíveis e perquiridoras, não se constituem expressões do arbítrio divino; são agentes de progresso e preenchem, transitoriamente, uma necessidade na economia da evolução individual e coletiva. Rodolfo Calligaris
DESLEIXO
Desleixo é crueldade em máscara diferente. Emmanuel
DESOBSESSÃO
A desobsessão é, em todos os sentidos, um processo de libertação, tanto para o algoz quanto para a sua vítima, em qualquer plano que se situem. Suely C. Schubert
DESOBSESSÃO NATURAL
Encontrar Jesus, realmente, significará mudança radical na intimidade do nosso ser. Será a reforma interior definitiva - o nascimento de um homem novo, que veio finalmente à luz d'Aquele que é a Luz do Mundo.E.B
DESPEITO
Ampare fraternalmente o invejoso; o despeito é indisfarçável homenagem ao mérito e, pagando semelhante tributo, o homem comum atormenta-se e sofre. André Luiz
DESTINO
(..) é o resultado de muitas atividades que culminam num momento, para nós inesperado, mas que, para os arquitetos da Vida, está adredemente programado. Amores, adversários, felicidade e desdita são peças da rede da vida imperecível, atando e desatando suas teias incessantemente, até o instante da libertação definitiva de todo o sofrer. (..) Victor Hugo
DESTINO DO MUNDO
Tal é o destino do mundo: como todo ser que vive, passou pelo estado embrionário, teve sua infância, adolescência e maturidade; a decrepitude da velhice já começou. Paulo Gibier
DETERMINISMO
(..) é natural resultado das realizações em cada etapa do processo da evolução ora absoluto - mediante a fatalidade do nascer e morrer no corpo transitório, em algumas expiações mutiladoras e dilacerantes, em vários tipos de injução penosa, nas áreas do comportamento da sociedade, dos recursos financeiros - ora, relativo - que o livre-arbítrio altera conforme a eleição pessoal de realizações -, sempre, porém, objetivando o bem do Espírito, suas aquisições libertárias, sua ascensão (..) Manoel P. Miranda
DETERMINISTA
Os deterministas, a seu turno, sustentam que as ações e a conduta do indivíduo, longe de serem livres, dependem integralmente de uma série de contigências a que ele não pode furtar-se, como os costumes, o caráter e a índole da raça a que pertença; o clima, o solo e o meio social em que viva; a educação, os princípios religiosos e os exemplos que receba; além de outras circunstâncias não menos importantes, quais o regime alimentar, o sexo, as condições de saúde, etc... Rodolfo Calligaris
DEUS

Sendo Deus a causa primária de todas as coisas, a origem de tudo o que existe, a base sobre que repousa o edifício da criação, é também o ponto que importa consideremos antes de tudo. Allan Kardec

Deus é pois, a inteligência suprema e soberana, é único, eterno, imutável, imaterial, onipotente, soberanamente justo e bom, infinito em todas as perfeições, e não pode ser diverso disso. Allan Kardec

DEUS DE JESUS
(..) é o Deus Pai da Humanidade. Todas as nações, todos os homens, são seus filhos. É o Deus em que tudo vive, move-se e respira, imanente em a Natureza e na consciência humana. Léon Denis
DEVER
O dever é a obrigação moral da criatura para consigo mesma, primeiro, e, em seguida, para com os outros. O dever é a lei da vida. Com ele deparamos nas mais íntimas particularidades, como nos atos mais elevados (...) Allan Kardec
DEZ MANDAMENTOS
VER DECÁLOGO
DEVEDOR
(..) o devedor é alguém que deve também utilizar a terapia do perdão. Precisa perdoar a si mesmo as escolhas equivocadas do passado, para criar condições psíquicas de quitação dos próprios débitos perante a vida. Dalva S. Souza
DEVOTAMENTO
Nesta posição de sentimento, o homem ou a mulher já ultrapassaram os limites confortadores do carinho. Procuram doar o seu amor, através do esforço constante, não somente nas horas fáceis e alegres, mas também nos trabalhos, problemas e dificuldades, para levar ao cônjuge e à equipe doméstica os bens inapreciáveis da alegria, da paz, da boa vontade, do conforto material e espiritual. O grande devotamento é o alicerce para a manifestação inicial da renúncia. Walter Barcelos
DIA DE JUÍZO
Oportunidade situada entre dois períodos de existência da alma que se referem à sementeira de ações e à renovação da própria conduta. Waldo Vieira
DIABO
VER DEMÔNIO
DIAS APOCALÍPTICOS
É o tempo em que os injustos continuam na sua injustiça, os santos na sua santificação, para que cada qual receba segundo as suas obras. (Ap. 22:11). É também o tempo em que este nosso pequeno orbe se vai transformando, de campo de provas e expiações, hospital e prisão, em planeta de regeneração e de paz quando os mansos herdarão a Terra e os puros de coração verão a Deus. (Mt. 5.5)
DIFICULDADE

As dificuldades são luzes, quando aproveitamos o seu concurso para o bem. Francisco C. Xavier

Na escola da Terra, porém, a dificuldade é a prova que assegura a lição (..) Emmanuel

DILÚVIO
(..) o dilúvio de Noé foi uma catástrofe parcial, confundida com o cataclismo geológico (..) Allan Kardec
DINHEIRO
Dinheiro que domina é sombra congelante das nossas melhores oportunidades de aprimoramento, mas dinheiro dirigido pelo serviço e pela caridade é veículo de progresso a ascensão. Francisco C. Xavier
DIREITO NATURAL
O direito natural, também chamado racional, filosófico, ideal, é simétrico, ou seja, é controlado com o direito empírico, positivo, expresso em leis humanas. O direito natural é assim chamado, porque é pertinente à natureza essencial do homem - ser racional, livre e consciente - o que envolve os direitos do homem. Estes direitos são inatos, nascem com o homem e, por isso, antecedem a qualquer convenção ou outorga do Estado. (..) Ney Lobo
DIREITO POSITIVO
São os deferidos pelo Estado por um conjunto de leis escritas, ou pelo reconhecimento de prática e costumes. Ney Lobo
DIREITO DO HOMEM
São os próprios Direitos Naturais, ou, como caracterizou o relator Charles Malik, nos trabalhos da Comissão dos Direitos do Homem das Nações Unidas: "A expressão direitos do homem refere-se obviamente ao homem e, como direitos, só se pode designar aquilo que pertence à essência do homem, que não é puramente acidental, que não surge e desaparece com a mudança dos tempos, da moda, do estilo ou do sistema; deve ser algo que pertença ao homem como tal". Ney Lobo
DIRIGENTE
O dirigente da reunião (de desobsessão) é aquele que preside os trabalhos, encaminhando todo o seu desenrolar. É o responsável no plano terrestre, pela reunião. (..) Deve ser uma pessoa que conheça profundamente a Doutrina Espírita e, mais que isto, que viva os seus postulados, obtendo assim a autoridade moral imprescindível aos labores dessa ordem. Shuely C. Schubert
DISCERNIMENTO
A educação confere discernimento. E o discernimento é a luz que nos ensina a fazer o bem todo o bem que precisamos fazer. Emmanuel
DISCIPLINA

A disciplina em tempo de fartura e liberdade, é distinção nas criaturas que a seguem, mas a contenção que nos é imposta, na escassez ou na dificuldade, converte-se em martírio. Emmanuel

Não acredita você, que a disciplina é a melhor maneira de educar-nos e dignificar os nossos sentimentos.A.L

DISCIPLINA MENTAL
Olvide a indisposição. Recorde que a disciplina mental é o primeiro remédio. Espíirto da Verdade
DISCÍPULO
Os seguidores de Cristo, por serem "a luz do mundo", devem constituir-se em veículo da revelação divina a todos os povos e nações. Cada discípulo do Mestre, individualmente, deve ser um facho de luz a iluminar os homens no caminho para o céu, sendo necessário, que, por seu intermédio, resplandeça a bondade e a misericórdia do Pai, pois é desígnio da Providência que a Humanidade receba as suas bênçãos através de instrumentos humanos. Rodolfo Calligaris
DISCO ENERGÉTICO
(..) uma série de estações magnéticas, pontos vorticosos, ilhas dinâmicas, semelhantes a discos, que denominaremos discos energéticos, cujo papel principal seria a dosagem da energia vital a ser distribuida na matéria. Jorge Andréa dos Santos
DISCO ENERGÉTICO CARDÍACO
O disco cardíaco responderia pelas energias que se desenvolvem em todo o aparelho circulatório, dando orientação aos fenômenos desencadeados nesta área do sistema autônomo (nó de Keit-Flack e His).JAS
DISCO ENERGÉTICO EPIFISÁRIO
Anote-se, entretanto, a importância capital do disco energético epifisário, que poderíamos considerar a estação energética de maior envergadura e, talvez mesmo, o elemento redistribuidor e orientador da nutrição energética para os demais discos e, respectivamente, para toda a cadeia de unidades semelhantes que se sucedem. Nesse disco estaria o impulso dos mecanismos psicológicos mais nobres, quais sejam, os fatores espirituais, manifestados nas telas da zona consciente diencefálica através da glândula pineal. Jorge A.S.
DISCO ENERGÉTICO ESPLÊNICO
O disco esplênico regularia o jogo de sistema hemático com todas as suas nuanças da relação meio e volume hemácias que levam e trazem energias múltiplas de todos os escaninhos orgânicos. Jorge Andrea dos Santos
DISCO ENERGÉTICO FRONTAL
O disco energético frontal, de influência marcante sobre os restantes, seria o orientador dos fenômenos que se instalam no córtex cerebral, zelando pelas atividades nervosas principalmente dos órgãos dos sentidos, e dando o máximo de coordenação ao trabalho dos neurônios e das glândulas de secreção interna. Vai mais além à medida que se responsabilizaria pelos processos da inteligência, culminando na cultura e nas artes.JAS
DISCO ENERGÉTICO GENÉSICO
O disco energético genésico seria o responsável pelo amparo ao setor sexual, não só na modelagem de novos corpos, bem como nos estímulos das realizações e criações entre os seres. Jorge Andréa dos Santos
DISCO ENERGÉTICO LARÍNGEO
O disco energético laríngeo exerceria suas atividades nos mecanismos da respiração e fonação, e, mais ainda zelaria pelo setor endócrino timus-tireóide-paratireóide. Jorge Andréa dos Santos
DISCO ENERGÉTICO SOLAR
O disco solar tomaria sub sua custodia a absorção dos alimentos como resultados do trabalho químico do aparelho digestivo, onde as funções hepáticas representariam sua grande manifestação. Jorge Andréa Santos
DISCUTIR
(..) discutir, quase sempre, é instalar a irritação na própria alma (..) Meimei
DISTRAÇÃO
(..) a distração é uma higiene mental e traz benefícios, quando bem escolhida e equilibrada(..) Charles
DIVINDADE
Vede a própria Divindade. Ela é toda amor e não pode amar mais do que ama, porque o amor que prodigaliza é toda a infinita imensidade do amor que nela existe. Angel Aguarod
DIVÓRCIO
O divórcio é lei humana que tem por objetivo separar legalmente o que já de fato, está separado. Não é contrário à lei de Deus pois que apenas reforma o que os homens hão feito e só é aplicável nos casos em que não se levou em conta a lei divina. (..) Allan Kardec
DNA
Em 1953, viria a ocorrer aquela que talvez possa ser considerada "a descoberta do século": a estrutura helicoidal do DNA (do nome inglês, deoxyribosenucleic acid- ácido desoxirribonucléico), como sendo o suporte à informação genética (..) DNA: É uma substância química, constituída por dois cordões, entrelaçados, lembrando uma longa escada em espiral, formando o que Watson e Crick denominaram dupla hélice. Ele está presente em todas as células, as quais necessitam de proteína para sobreviverem e se reproduzirem, suprimento esse que é proporcionado pelo DNA, através da dissociação em RNA (ácido rebonucléico), ora "mensageiro", ora "transportador". Eurípedes Kuhl
DOCETA
(..) Eram pessoas instruídas, inteligentes, lógicas, que, notando muitos episódios da Vida de Jesus, tais como o nascimento sem a união dos sexos, alguns desaparecimentos inexplicáveis, o caminhar sobre as águas, a ressurreição, a penetração através da matéria em recinto hermeticamente fechado, etc. fatos inexplicáveis para um corpo material como o do homem, chegaram ao seguinte dilema: ou, 1-Jesus tinha um corpo igual aos nossos só na aparência, mas totalmente diferente, na realidade, porque o Senhor podia fazê-lo e desfazê-lo à vontade, "assumir a vida ou deixar a vida para retomá-la" (João, 10:17 e 18), como ele mesmo explicava essa faculdade; ou, 2-Deve-se negar todos aqueles fenômenos inexplicáveis. Ismael Gomes Braga
DOENÇA

A doença é um dos recursos naturais para processar a renovação da vida através da morte do corpo físico e não um castigo que põe a natureza amorosa de Deus. Herminio C. Miranda

Saúde é o pensamento em harmonia com a lei de Deus. Doença é o processo de retificá-lo, corrigindo erros e abusos perpetrados por nós mesmos, ontem ou hoje, diante dela. Francisco C. Xavier

DOENÇA MENTAL
De um modo geral, porém parece haver certa concordância com o fato de ser a doença mental o fruto da dissolução ou da imaturação, disgenesia ou desestruturação da totalidade do organismo ou da imaturação, levando a um modo de vida regressivo. Assim, a patologia mental constitui uma tentativa de reorganização, por parte do indivíduo, a partir da massa da existência humana subsistente. A Doutrina Espírita vai além, ao estabelecer um componente teleológico para a doença mental, como um mal necessário, imposto por contingências cármicas (..) Lepoldo Balduino
DOENÇA VENÉREA
De uma forma ou de outra, temos, portanto, como exemplo, as doenças venéreas, que são, obviamente, transmitidas pelo ato sexual, embora não sejam fruto unicamente da relação sexual, propriamente dita, entre parceiros heterossexuais e homossexuais, mas também pelas carícias íntimas, como o beijo e as relações transsexuais (..). Walter Barcelos
DOENTE
(..) Um doente é uma pessoa que o Senhor nos manda socorrer (..) Francisco C. Xavier
DOGMA

Na sua acepção original grega e latina significava uma convicção, um pensamento firme. Posteriormente a palavra passou a significar verdades indiscutíveis de uma doutrina religiosa. O dicionário Aurélio o define como "ponto fundamental e indiscutível duma doutrina religiosa, e, por extensão, de qualquer doutrina ou sistema". Juvanir B. de Souza

(..) O Dogma, considerado imparcialmente, constitui desafio e castigo simultâneos. Desafio à inteligência investigadora e construtiva para que se dilate no mundo a noção do Universo Infinito e castigo às mentes ociosas que renunciam ao dom de pensar e decidir por si mesmas as questões sagradas do destino.(..) A.L.

DOM
Para os hebreus, o dom de Deus era o dom do Espírito Santo, isto é, a inspiração, o amparo, o concurso dos bons Espíritos, coisas que Deus concede a todo homem cujo coração o encaminha para Ele e que se mostra pronto a receber seus ensinos, seus benefícios. O dom de Deus é a assistência, a inspiração, o amparo, o concurso dos bons Espíritos, que o homem recebe consciente ou inconscientemente e que lhe abrem ao Espírito, à inteligência e ao coração as sendas do progresso e o encaminham para a perfeição.JBR
DOR

A dor é uma bênção que Deus envia a seus eleitos.(..) Allan Kardec

Por mais admirável que possa parecer à primeira vista, a dor é apenas um meio de que usa o Poder Infinito para nos chamar a si e, ao mesmo tempo, tornar-nos mais rapidamente acessíveis à felicidade espiritual, única duradoura. É, pois, realmente pelo amor que nos tem, que Deus envia o sofrimento. Fere-nos, corrige-nos como mãe corrige o filho para educá-lo e melhorá-lo; trabalha incessantemente para tornar dóceis, para purificar e embelezar nossas almas, porque elas não podem ser verdadeiras, completamente felizes, senão na medida correspondente às suas perfeições. Léon Denis

DOR-AUXÍLIO
(..) pela intercessão de amigos devotados à nossa felicidade e à nossa vitória, recebemos a bênção de prolongadas e dobrosas enfermidades no envoltório físico, seja para evitar-nos a queda no abismo da criminalidade, seja, mais frequentemente, para o serviço preparatório da desencarnação, a fim de que não sejamos colhidos por surpresas arrasadoras, na transição da morte (..) André Luiz
DOR COLETIVA
(..) A dor coletiva é o remédio em nos corrige as falhas mútuas. André Luiz
DOR-EVOLUÇÃO
(..) Ador evolução, que atua de fora para dentro, aprimorando o ser, sem a qual não existiria progresso.A.L
DOR-EXPIAÇÃO
(..) A dor expiação, que vem de dentro para fora, marcando a criatura no caminho dos séculos, detendo-a em complicados labirintos de aflição, para regenerá-la, perante a Justiça. André Luiz
DOUTRINA DE JESUS

(..) é por excelência a doutrina do amor, a religião da piedade, da misericórdia, da fraternidade entre os homens. Léon Denis

A doutrina de Jesus, tal como se expressa nos Evangelhos e nas Epístolas, é doutrina de liberdade (..)Léon D

DOUTRINA DEÍSTA
O deísmo compreende duas categorias bem distintas de crentes: os deístas independentes e os deístas providencialistas. Os independentes crêem em Deus; admitem os seus atributos como criador. Deus dizem eles, estabeleceu as leis gerais que regem o Universo; mas, uma vez estabelecidas, essas leis por si sós e aquele que as promulgou de mais nada se ocupa. As criaturas fazem o que querem ou o que podem, sem que ele se inquiete. Não há providência; não se ocupando Deus conosco, nada temos que lhe agradecer, nem que lhe pedir. (..) Os providencialistas (..) crê não só na existência e no poder criador de Deus, na origem das coisas, como também crê na sua intervenção incessante na criação e a ele ora, mas não admite o culto exterior e o dogmatismo atual. Allan Kardec
DOUTRINA DO NADISMO
A doutrina do nadismo é a paralisia do progresso humano, porque circunscreve as vistas do homem ao imperceptível ponto da presente existência; porque lhe restringe as idéias e as concentra forçosamente na vida material (...) Allan Kardec
DOUTRINA DOGMÁTICA
A alma, independente da matéria, é criada por ocasião do nascimento do ser; sobrevive e conserva a individualidade após a morte; desde esse momento, tem irrevogável determinada a sua sorte; nulos lhe são quaisquer progressos ulteriores; ela será será, pois, por toda a eternidade, intelectual e moralmente, o que era durante a vida (..) Allan Kardec
DOUTRINA ESPÍRITA

A Doutrina Espírita é assim o mais poderoso elemento de moralização, por se dirigir simultaneamente ao coração, à inteligência e ao interesse pessoal bem compreendido. Allan Kardec

A Doutrina Espírita é semente de vida eterna, mas o homem é o solo que a deve multiplicar; é água cristalina deslizando por sobre a mente e o coração; é flor, pólen e pão de luz atirados sobre a intimidade do ser que os deseja. (..) Joana de Ângelis

A Doutrina Espírita é amiga do futuro. Ao eleger a pureza de coração, o trabalho, a solidariedade e a tolerância como alicerces do homem de bem, ela descortina a necessidade das criaturas iniciarem suas próprias obras internas no presente, para que no amanhã a humanidade colha os frutos dos esforços justos, objetivos, sem desvios ou perdas de tempo, e estabeleça a identidade superior dos mundos regenerados a partir de um coração renovado. Carlos A. Abranches

DOUTRINA MATERIALISTA
A inteligência do homem é uma propriedade da matéria; nasce e morre com o organismo. O homem nada é antes, nem depois da vida corporal. Allan Kardec
DOUTRINAÇÃO
(..) é uma terapia de amor e somente com essa força, em nosso campo de ação espiritual, logramos o resultado a que ela se propõe. A informação lógica rompe as barreiras mentais e auxilia a razão, todavia, só o amor bem vivido arrebenta as algemas do ódio, da indiferença e proporciona o perdão. Manuel P.Miranda
DOUTRINADOR
Num grupo mediúnico, chama-se doutrinador a pessoa que se incumbe de dialogar com os companheiros desencarnados necessitados de ajuda e esclarecimento (..) Herminio C. Miranda
DOZE TRIBOS DE ISRAEL
(..) simbolizam as divisões de povos ainda implantadas na Terra. J.B. Roustaing
DRAGÃO
Dragões são Espíritos caídos no mal, desde eras primevas da Criação Planetária, e que operam em zonas inferiores da vida, personificando lideres de rebelião, ódio, vaidade e egoísmo, não são, todavia, demônios eternos, porque individualmente se transformam para o bem, no curso dos séculos, qual acontece aos próprios homens. André Luiz
DRUÍDAS
Como nós, os druídas sustentavam a infinidade da vida, as existências progressivas da alma, a pluralidade dos mundos habitados. Léon Denis
DUALISMO
O Dualismo Psicofísico, que também pode ser denominado como a filosofia do senso comum, consiste na proposição de que o homem é composto de duas substâncias distintas: mente e corpo. Ele admite a existência da alma como coisa. A dificuldade do Dualismo consiste em explicar como se relacionam essas substâncias entre si, e os seus adeptos seguem duas soluções distintas: o Interacionismo de Descartes e o Paralelismo de Geaulinex (...) Leopoldo Balduino
DUPLO-ETÉREO
Desde o século passado, vários cientistas se empenharam na descoberta de meios para provar a existência no homem do chamado corpo espiritual ou duplo-etéreo. Em 1943 Raoul Montandon publicou na Suiça um curioso livro intitulado "De La Bête a l' Homme" (Do animal ao homem) relatando pesquisas psicológicas que mostram semelhanças significativas entre o reino animal e o hominal e pesquisas científicas que provavam a existência nos animais de um corpo energético. J.Herculano Pires
DUELO
(..) é um assassinio e um costume absurdo, digno de bárbaros. Com uma civilização mais adiantada e mais moral, o homem compreenderá que o duelo é tão ridículo quanto os combates que outrora se consideravam como o juízo de Deus. Allan Kardec
DUENDE
Entidade mitológica, ou Espírito, que se supunha fazer diabruras, de noite, dentro das casas. Atualmente é designado pelo nome de Espírito zombeteiro, que se compraz em se divertir com a mortificação alheia.V.H
DUPLA PERSONALIDADE
(..) representa, simplesmente, os diversos estados de uma única e mesma personalidade (..). Léon Denis
DUPLA VISTA

O certo é que o fenômeno da dupla vista revela apenas uma faculdade do indivíduo. E, como resultante do estado de libertação da alma, o exercício dessa faculdade tanto pode ser espontâneo como provocado pela ação magnética, pois (..) o sonambulismo é um desses estados de libertação. Michaelus

(..) o fenômeno conhecido pelo nome de segunda vista ou dupla vista (..) é a faculdade graças à qual quem a possui vê, ouve e sente além dos limites dos sentidos humanos. Percebe o que exista até onde estende a alma a sua ação. Vê, por assim dizer, através da vista ordinária e como por uma espécie de miragem.Allan Kardec

DUPLO

(..) O "duplo" (..) deve ser considerado quase como um elo de conjunção entre o médium e o Espírito dos mortos..(..) a ação (..) do duplo parece não se prolongar além do estado agônico, e não está jamais em contraste, antes em continuidade com a ação do vivo, enquanto que a ação dos mortos é amiude autônoma, frequentemente em contradição com a ação do médium. César Lombroso

A existência do "duplo", e de uma atmosfera fluídica que circunda, e algumas vezes substitui nosso corpo físico, ajuda a explicar alguns fenômenos hipnóticos. Cesar Lombroso

DUPLO ETÉRICO

Não poderíamos deixar de aventar as possibilidades da existência de um campo energético apropriado, entre o perispírito e o corpo físico, o duplo-etérico. Seria uma zona vibratória ocupando posição de destaque em face dos fenômenos conhecidos de materialização. Acreditamos que o campo energético dessa zona, em suas expansões com a do perispírito, se entrelace nas irradiações do campo físico e forneça excelente material na formulação dos fenômenos psicocinéticos e outros tantos dessa esfera parapsicológica. Com isso, poderíamos explicar muitas das curas que os chamados passes magnéticos podem propiciar, em autênticas transferências de energias - expansões da aura humana. Jorge A. dos Santos

(..) podemos considerar o duplo etérico como uma extensão do perispírito e não necessariamente um agente destacado e independente daquele; seria como que uma das "capas" do perispírito que, por suas funções de interligação do perispírito propriamente dito com o corpo físico, retém uma maior quantidade fluídica de consistência organo-molecular (fisiológica) que psíquica (..) Jacob Melo

DUREZA
A dureza é um carrasco da alma. Irmão X
DÚVIDA

Suspeitar, ter dúvidas, sim senhor, porque a dúvida é o princípio gerador da verdade (..) Bezerra Menezes

Duvidar lealmente, mas com desejo de saber, é mostrar a Deus a impotência do nosso raciocínio; é pedir-lhe a luz que espanque as trevas em que nos debatemos (..) Georges Dejean