F
FACULDADE SUPRANORMAL Tendo-se em conta que o manifestarem-se de súbito no homem faculdades supranormais, muitíssimo superiores às normais, não pode ser atribuido ao fato de que um trauma na cabeça, um delírio febril, um estado comatoso, ou uma inalação de éter as tenham criado do nada, forçoso será se deduza que tais faculdades existem, em estado latente, nas subconsciências de todos e que os estados traumáticos, febril, comatoso, determinando no indivíduo um enfraquecimento ou uma parada temporária das funções da vida de relação, chegam a criar uma condição favorável a que as ditas faculdades surjam, também temporariamente. Por outras palavras: as faculdades da subconsciência, em virtude da sobrevinda parada, teriam meio - por assim dizer - de infiltrar-se pelas comissuras que se abriram no diafragma que as separa das faculdades psíquicas conscientes e de irromper no campo da consciência normal. Ernesto Bozzano
FACULDADE SUPRANORMAL SUBCONSCIENTE (..) as faculdades supranormais subconscientes constituem os sentidos espirituais da personalidade integral subconsciente, sentidos que terão de aparecer e de exercitar-se em ambiente apropriado, depois da crise da morte (...) Ernesto Bozzano
FALATÓRIO Falatório é desperdício. E quando assim não seja não passa de escura corrente de venenos psíquicos, ameaçando espíritos valorosos e comunidades inteiras. Emmanuel
FALSOS PROFETAS (..) são os que, em toda e qualquer facção religiosa, apenas se limitam a pregar boas normas de conduta, sem exercitá-las no trato com seus irmãos; são os que invocam constantemente o santo nome de Deus, com palavras melífluas, mas na realidade são servis adoradores de Mamon; são os que fingem ser mansos, humildes e caridosos, mas que, no íntimo, são o reverso do que aparentam. Rodolfo Calligaris
FALTA (..) as faltas são quedas. F E B
FAMA A fama é tuba comprida. De curto discernimento. Que toca mias à fortuna. Que ao justo merecimento. Casimiro Cunha
FAMÍLIA Há, pois, duas espécies de famílias: as famílias pelos laços espirituais e as famílias pelos laços corporais. Duráveis, as primeiras se fortalecem pela purificação e se perpetuam no mundo dos Espíritos, através das várias migrações da alma; as segundas, frágeis como a matéria, se extinguem com o tempo e muitas vezes se dissolvem moralmente, já na existência atual (..) Allan Kardec
FAMILIA ESPIRITUAL (..) é uma constelação de inteligências, cujos membros estão na Terra e nos Céus. Aquele que já pode ver mais um pouco auxilia a visão daquele que ainda se encontra em luta por desvencilhar-se da própria cegueira Todos nós, por mais baixo nos revelemos na escala da evolução, possuimos, não longe de nós, alguém que nos ama a impelir-nos para a elevação (..) Emmanuel
FAMILIARES Os familiares não são escravos de obrigações. São as testemunhas de nossa inaptidão. Por outro lado, são os grandes auxiliares de nosso progresso e, para vivermos em autêntica fraternidade com todos, deveremos ser fraternos com eles também. Roque Jacintho
FAMINTO (..) é alguém que o Senhor nos recomenda servir...Fco. C. Xavier
FANATISMO Fanatismo religioso é sectarismo que encarcera a liberdade de consciência, pretendendo uma liberdade dirigida na esfera do pensamento, que torna o homem escravo de postulados que lhe proibem a expansão da alma pela idéia e pela razão (...) Ferndo do Ó
FARISEUS Fariseus (do hebreu aprush, divisão, separação)-A tradição constituía parte importante da teologia dos judeus. Consistia numa compilação das interpretações sucessivamente dadas ao sentido das Escrituras e tomadas artigos de dogma. Constituia, entre os doutores, assunto de discussões intermináveis, as mais das vezes sobre simples questões de palavras ou de formas, no gênero das disputas teológicas e das sutilezas da escolástica da Idade Média. Daí nasceram diferentes seitas, cada uma das quais pretendia ter o monopólio da verdade, detestando-se umas às outras. Tomavam parte ativa nas controvérsias religiosas.Servis cumpridores das práticas exteriores e das cerimônias; cheios de um zelo ardente de proselitismo, inimigos dos inovadores, afetavam grande severidade de princípios; mas, sob as aparências de meticulosa devoção, ocultavam costumes dissolutos, muito orgulho e, acima de tudo, excessiva ânsia de dominação. Tinham a religião mais como meio de chegarem a seus fins, do que como objeto de fé sincera. Da virtude nada possuíam, além de exterioridades e da ostentação; entretanto, por umas e outras, exerciam grande influência sobre o povo, a cujos olhos passavam por santas criaturas. Allan Kardec
FASCINAÇÃO A fascinação obsessional é muito mais grave, porque nela o médium é completamente iludido. O Espírito que o domina apodera-se de sua confiança, a ponto de impedí-lo de julgar as comunicações que recebe, fazendo-lhe achar sublimes os maiores absurdos. O caráter distintivo deste gênero de obsessão é provocar no médium uma excessiva suscetibilidade e levá-lo a não acreditar bom, justo e verdadeiro senão o que ele escreve; a repelir e, mesmo, considerar mau todo conselho e toda observação crítica, preferindo romper com os amigos a convencer-se de que está sendo enganado; a encher-se de inveja contra os outros médiuns cujas comunicações seja julgadas melhores que as suas; a querer impor-se nas reuniões espíritas, das quais se afasta, quando não pode dominá-las. Essa atuação do Espírito pode chegar ao ponto de ser o indivíduo con- duzido a dar os passos mais ridículos e comprometedores. Allan Kardec
FATALIDADE A fatalidade existe unicamente pela escolha que o Espírito fez, ao encarnar, desta ou daquela prova para sofrer. Escolhendo-a, instituiu para si uma espécie de destino, que é a consequência mesma da posição em que vem a achar-se colocado. Falo das provas físicas, pois, pelo que toca às provas morais e às tentações, o Espírito, conservando o livre-arbítrio quanto ao bem e ao mal, é sempre senhor de ceder ou resistir (..) A.K.
FATALISMO Os fatalistas acreditam que todos os acontecimentos estão previamente fixados por uma causa sobrenatural, cabendo ao homem apenas o regozijar-se, se favorecido com uma boa sorte, ou resignar-se, se o destino lhe for adverso. Rodolfo Calligaris
FATO Os fatos, para a mente, são quais os alimentos para o corpo. Assim como de uma conveniente digestão destes dependem o vigor e a saúde do indivíduo, daqueles outros dependem a razão e a sabedoria. O mais douto no conselho, o mais hábil no debate, o companheiro mais agradável no comércio humano é o homem que assimilou para o seu entendimento o maior número de fatos. J. Arthur Findlay
FATO ANÍMICO Fatos anímicos são (..) aqueles em que o médium, sem nenhuma idéia preconcebida de mistificação, recolhe impressões do pretérito e as transmite, como se por ele um Espírito estivesse comunicando. Martins Peralva
FATO ESPIRÍTICO Fatos espiríticos ou mediúnicos, propriamente ditos, são aqueles em que o médium é, apenas um veículo a receber e transmitir as idéias dos Espíritos desencarnados ou.. encarnados. Martins Peralva
FATO SOCIAL Fato social é toda maneira de agir, pensar e sentir - quer de Espíritos livres que de Espíritos encarnados - induzida por poder de coerção exterior a eles, e exercido pela consciência coletiva, formada pela síntese (e não soma) das consciências individuais dessas entidades espirituais locadas nos dois planos de vida e em permanente comunhão. Ney Lobo
FAVELADO (..) Transitam (..) nas primeiras experiências dos sentimentos quase todos esse espíritos, que aportam à carne na sua grande maioria, em tentames iniciais de luta contra o instinto, na imensa escalada da evolução. Outros porém, são calcetas do erro, retardatários passivos da estrada do progresso, que teimosamente preferem expungir sem libertar-se, demorando-se largamente na roda das sucessivas reencarnações inferiores. Outros mais são réprobos que retemperam o ânimo para novas lutas, sob o benefício das expiação redentora, transferidos de uma região de sombra e dor do mundo espiritual, emq ue se encontravam, para outra de dor e sombra na Terra que os beneficia. Victor Hugo
Do ponto de vista religioso, a fé coniste na crença em dogmas especiais, que constituem, as diferentes reli-giões. Todas elas têm seus artigos de fé. Sob esse aspecto, pode a fé ser raciocinada ou cega. Nada exami-nando, a fé cega aceita, sem verificação, assim o verdadeiro como o falso, e a cada passo se choca com a evidência e a razão. Levada ao excesso, produz o fanatismo. Em assentando no erro, cedo ou tarde desmo- rona; somente a fé que se baseia na verdade garante o futuro, porque nada tem a temer do progresso das luzes, dado que é verdadeiro na obscuridade, também o é a luz medidiana (..) Allan Kardec
FÉ RACIOCINADA A Doutrina da Fé Raciocinada nos ensina não ser possível receber sem dar. Não é viável a saúde física sem os mais variados cuidados para com o corpo, nem o aprimoramento do espírito sem o esforço bem dirigido. Fé raciocinada é discernimento constante, que o estudo e o trabalho útil em favor do semelhante facilitam. Juvanir B. de Souza
FÉ SEM OBRAS

(..) não passa de um cadável bem adornado. Fco. C. Xavier

(..) é uma lâmpada apagada. Fco. C. Xavier

FECUNDAÇÃO (..) Há fecundações físicas e fecundações psíquicas. As primeiras exigem as disposições da forma, a fim de atenderem a exigências da vida, em caráter provisório, no campo das experiências necessárias. As segundas, porém, prescidem do cárcere de limitações e efetuam-se nos resplandecentes domínios da alma, em processo maravilhoso de eternidade (..) André Luiz
FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA A Federação Espírita Brasileira é uma sociedade civil, religiosa, cultural e filantrópica, com personalidade jurídica, reconhecida de Utilidde Pública Nacional e Estadual.(..) FEB
FEITIÇARIA A feitiçaria é em grande parte a prática de atos, ou supersticiosos, ou ridículos, ou malévolos, ou imorais (..)Carlos Imbassahy
FEITICEIRO Aqueles a quem chamais feiticeiros são pessoas que, quando de boa-fé, gozam de certas faculdades, como sejam a força magnética ou a dupla vista. Então, como fazem coisas geralmente incompreensíveis, são tidas por dotadas de um poder sobrenatual. Os vossos sábios não têm passado muitas vezes por feiticeiros aos olhos dos ignorantes? Allan Kardec
FELICIDADE A suprema felicidade consiste no gozo de todos os esplendores da Criação, que nenhuma linguagem humana jamais poderia descrever, que a imaginação mais fecunda não poderia conceber. Consiste também na pene- tração de todas as coisas, na ausência de sofrimentos físicos e morais, numa satisfação íntima, numa serenida- de dalma imperturbável, no amor que envolve todos os seres, por causa da ausência de atritos pelo contato dos maus, e, acima de tudo, na contemplação de Deus e na compreensão dos seus mistérios revelados aos mais dignos. A felicidade também existe nas tarefas cujo encargo nos faz felizes..(..) Allan Kardec
FEMINILIDADE E MASCULINIDADE Ninguém evolui nos dois sexos simultaneamente, em proporções iguais, pois desse modo o Espírito não se definiria na feminilidade ou na masculinidade. Uma das características deve sobressair à outra em experiência e conquista para dar ao Espírito a condição interior de homem ou de mulher, por um determinado trecho da evolução, antes de alcançar a posição de Espírito Puro, onde haverá naturalmente a perda das características sexuais, pois as qualidades de ambos os sexos se encontrarão no maior grau de aperfeiçoamento e sublima- ção e se fundirão numa só luz divina. Walter Barcelos
FEMINISMO O feminismo - esse que integra a mulher no conhecimento próprio - é o movimento de Jesus, em favor do lar para o lar, e dentro do lar. Fco. C. Xavier'
FENÔMENO Pela palavra fenômeno designamos todo fato que se apresenta à observação, sem ligarmos a este fato nenhum caráter, a não ser o natural. Conservamos assim à palavra um sentido conforme a sua etimologia (o que é aparente). Paul Gibier
FENÔMENO ANÍMICO Assim, a grande maioria de Fenômenos, como a visão à distância, a criptomnésia, a leitura de escritos em cartas ou receptáculos fechados, sonhos, premonições, a telepatia, a transferência da sensibilidade, as perso- nalidades múltiplas são fenômenos anímicos, isto é, da alma dos vivos, embora, por vezes haja imiscuição de entidades extrínsecas.(..) Carlos Imbassahy
FENÔMENO ESPÍRITA Os fenômenos espíritas consistem nos diferentes modos de manifestação da alma ou Espírito, quer durante a encarnação, quer no estado de erraticidade (..) Allan Kardec
FENÔMENO HIPNÓTICO (..) fenômenos hipnóticos (transmissão de pensamento, premonições, transposição dos sentidos) (..) só podem ocorrer pela desagregação e inibição das funções dos centros corticais primários, especialmente direitos (de onde o automatismo, o mancinismo), que dá lugar à prevalência dos outros centros (..) Allan K.
FENÔMENO MEDIÚNICO

Por meio do seu perispírito é que o Espírito atua sobre o seu corpo vivo; ainda por intermédio desse mesmo fluido é que ele se manifesta; atuando sobre a matéria inerte, é que produz ruídos, movimentos de mesa e outros objetos, que os levanta, derruba, ou transporta (..) Allan Kardec

Não esqueçamos a denominação de "fenômenos mediúnicos" propriamente ditos designa um conjunto de manifestações supranormais, de ordem física e psíquica, que se produzem por meio de um "sensitivo" a quem é dado o nome de médium, por se revelar qual instrumento a serviço de uma vontade que não é sua. (..)E.B.

FENÔMENO NATURAL (..) fenômenos naturais (..) constituem, por sua vez, manifestações sensíveis das leis divinas. (..) Herminio CM
FENÔMENO PSÍQUICO O fenômeno psíquico é como a claridade da lâmpada: sendo o mesmo, pode ser observado e interpretado de vários modos, segundo a filtragem mental de cada medianeiro. (..) Martins Peralva
FENÔMENO SIMPLES (..) fenômenos simples obtidos com ou sem imposição das mãos, quando eles se produzem em linha reta, horizontal ou vertical, e quando têm o simples caráter de repulsão ou de atração; tal é, por exemplo, o fenô- meno da elevação de uma mesa com mãos simplesmente colocadas em cima (..) Alexandre Aksakof
FERIDA A ferida em bom combate chama-se mérito. Meimei
FERMENTO O fermento é uma substância que excita outras substâncias, e nossa vida é sempre um fenômeno espiritual com que influenciamos as existências alheias. Emmanuel
FILANTROPIA A filantropia, rocio benéfico que a Providência permite caia sobre as almas angustiadas na escura noite de desventuras (..) Angel Aguarod
FILHO Os filhos não são almas criadas no instante do nascimento (..) São companheiros espirituais de lutas antigas, a quem pagamos débitos sagrados ou de quem recebemos alegrias puras, por créditos de outro tempo. (..) Irmão X
FILHO DA PAZ (..) Por filhos da paz designava Jesus os que estavam dispostos a enveredar pela nova estrada que os faria adiantarem-se nas vias do Senhor. A paz dos discípulos se deve entender no mesmo sentido. Por essa paz se compreendem a fé e os conhecimentos que possuiam e que para eles voltavam desde que se achassem num meio refratário a aceitá-los. J. B. Roustaing
FILHO DE ABRAÃO (..) estas palavras - "filho de Abraão - significavam: "herdeiros do céu" todo aquele que volve ao bom caminho é, pois, desse ponto de vista, "um filho de Abraão". J. B. Roustaing
FILHO DE DEUS

Filhos de deus são todos os que tem fé. J. B. Roustaing

FILHO DE INIQUIDADE (..) os filhos de iniquidade, cujo símbolo é o joio, são os que cedem às más influências, por serem maus sem instintos. J. B. Roustaing
FILHO DO DESESPERO Incapacitados de prosseguir além do túmulo, a caminho do céu, que não souberam conquistar, os filhos do desespero organizam-se em vasta colônias de ódio e miséria moral, disputando, entre si, a dominação da Terra. Conservam, igualmente, quanto ocorre a nós mesmos, largos e vacilosos patrimônios intelectuais e, anjos decaídos da Ciência, buscam, acima de tudo, a perversão dos processos divinos que orientam a evolução planetária. (..) André Luiz
FILHO DO HOMEM O filho do homem é aquele em quem o Pai pôs o seu selo. Antonio Lima
FILHO DO REINO (..) os filhos do reino, simbolizados pelo bom grão, são os que tendem a progredir e se esforçam por conseguí-lo. (..) J. B. Roustaing
FILHO MAU (..) Os maus filhos são uma provação para os pais. Allan Kardec
FILHO-PROBLEMA O filho-problema é o desafio ao nosso amor. Roque Jacintho
FILHO UNIGÊNITO Esta frase: o filho unigênito que está no seio do Pai é um composto de expressões figuradas, indicativas da elevação de Jesus, quer com relação ao vosso planeta e à humanidade que o habita, quer com relação aos Espíritos que, sob a sua direção, trabalham pelo vosso desenvolvimento e pelo vosso progresso. É um modo de indicar as relações existentes entre Deus e o seu mensageiro. J. B. Roustaing
FILOSOFIA (..) Filosofia não é técnica, é um conhecimento mais profundo, com visão global do homem e do Universo. É através dela, partindo de premissas e fazendo deduções, que o espírito chega à síntese como expressão maior do saber. Deolindo Amorim
FILOSOFIA SOCIAL Filosofia social é o conhecimento de caráter especulativo sobre a natureza social do homem, a essência e os fundamentos da sociedade e seu dever ser, e as relações ideais entre seus grupos componentes.(.) Ney Lobo
FILOSOFIA SOCIAL ESPÍRITA (.) um corpo de doutrina composto de princípios ético-sociais, padrões de conduta social, modelos de organização política e econômica e de ideais de perfeitíssima justiça (..) Ney Lobo
FIM O Fim é aquilo que se pretende realizar na vida real, quer no campo empírico, quer no meio social, quer na educação. Por exemplo, o fim do educador espírita é o desenvolvimento da espiritualidade do educando(.) Ney Lobo
FIM DO MUNDO

Significa, apenas, o fim deste ciclo evolutivo da Humanidade terrena, com o desaparecimento de todos os seus usos, costumes e instituições contrários à Moral e à Justiça. Rodolfo Calligaris

O fim do mundo, compreendido, como sendo a época da colheita, se apresenta dividido em três períodos distintos: o primeiro é o em que os Espíritos inferiores foi e será permitido encarnar na Terra para, por suces- sivas expiações e reencarnações se purificarem, passarem de "filhos da iniquidade", que eram, a "filhos do reino". O segundo é o em que o joio começará a ser separado do trigo, o em que os Espíritos que se manti- verem culpados, rebeldes, voluntariamente cegos, serão afastados do vosso planeta e deportados para planetas inferiores. O terceiro é o em que, concluída a separação do joio e do trigo, estará acabado o afasta- mento dos Espíritos inferiores: é, portanto, o em que a Terra se terá tornado morada de paz e felicidade. (..) J.B. Roustaing

FINADOS As homenagens que se prestam aos "mortos" em todo o mundo, para os que meditam e percebem a subjeti- vidade das coisas, têm uma significação bem mais profunda do que geralmente se imagina. Elas não refletem apenas a afetividade daqueles que ficaram; são manifestações inequívocas de uma crença na existência da alma e em sua sobrevivência; é a afirmação solene da certeza de que a sepultura não é o término fatal da vida mas a porta de entrada para um novo modo de existência. Rodolfo Calligaris
FÍSICA Conhecimento das forças materiais que produzem a vida e o organismo dos mundos. Gabriel Delanne
FISIOGNOMONIA A fisiognomonia baseia-se no princípio de que é o pensamento que põe em jogo os órgãos, que imprime aos músculos certos movimentos, daí se seguindo que, estudando-se as relações entre os movimentos aparentes e o pensamento, daqueles se pode deduzir o pensamento que não vemos. Lavater teve a glória, diz Kardec, se não de a ter descoberto, pelo menos de a haver desenvolvido e formulado em corpo de doutrina. Zeus W.
FIXAÇÃO MENTAL A fixação mental pode perdurar durante séculos e até milênios. O Espírito isola-se do mundo externo, passan do a vibrar, unicamente ao redor do próprio desequilíbrio, cristalizando-se no Tempo. Martins Peralva
FLOR (..) as flores (..) são piedosas demonstrações das belezas celestiais nos tapetes verdoengos da Terra inteira (..) Irmão X
FLUIDO Sendo os fluidos o veículo do pensamento, este atua sobre aqueles como o som atua sobre o ar, eles nos trazem o pensamento como o ar nos traz o som (..) Allan Kardec
FLUIDO CÓSMICO UNIVERSAL A substância etérea mais ou menos rarefeita, que se difunde pelos espaços interplanetários; esse fluido cósmi- co que enche o mundo, mais ou menos rearefeito, nas regiões imensas, opulentas de aglomerações de estrelas; mais ou menos condensado onde o céu astral ainda não brilha; mais ou menos modificado por diversas combinações, de acordo com as localidades da extensão, nada mais é do que uma substância primitiva onde residem as forças universais, donde a Natureza há tirado todas as coisas. Allan Kardec
FLUIDO ESPIRITUAL Não é rigorosamente exata a qualificação de fluidos espirituais, pois que, em definitiva, eles são sempre matéria mais ou menos quintessenciada. De realmente espiritual, só a alma ou princípio inteligente. Dá-se-lhes essa denominação por comparação apenas e, sobretudo, pela afinidade que eles guardam com os Espíritos. Pode-se dizer que são a matéria do mundo espiritual, razão por que são chamados fluis espirituais. Allan K.
FLUIDO IMPODERÁVEL (..) É o traço de união entre o Espírito e a matéria, tudo gravando-se nele, refletindo-se como imagens em um espelho, seja pensamentos ou acontecimentos (..) Léon Denis
FLUIDO MAGNÉTICO

O fluido magnético não é a alma, é um liame, um intermediário entre a alma e o corpo. Allan Kardec

O fluido magnético, vital ou fluido nervoso (..) é uma transformação ou modificação do fluido universal, que, por sua vez, sai do "todo universal", ou seja - do conjunto dos fluidos existentes no espaço. Michaelus

FLUIDO MENTOMAGNÉTICO (..) radiação mental, expendida sob a forma de ondas eletromagnéticas, constitui o fluido mentomagnético, que, integrado ao sangue e à linfa, percorre incessatemente todo o organismo psicofísico, concentrando-se nos plexos, ou centros vitais, e se exteriorizando no "halo vital", ou aura. (..) HernaniTt.Sant'Anna
FLUIDO NERVOSO (..) é o instrumento indispensável apra que a alma entre em relação com o mundo exterior. O fluido nervoso, sendo por natureza muito material e grosseiro é destinado a se separar da alma, rarefazendo-se à proporção que a alma se sublima e gradualmente se aproxima da natureza radiosa do Espírito (..) Ernesto Bozzano
FLUIDO PERISPIRÍTICO O fluido perispirítico é o agente de todos os fenômenos espíritas, que só se podem produzir pela ação recíproca dos fluidos que emitem o médium e o Espírito (..) Allan Kardec
FLUIDO VITAL O fluido etéreo espalhado no corpo carnal é como um telégrafo que transmite as sensação ao centro sensitivo que é o Espírito. Os nervos são os fios condutores desse fluido, cujo curso, no entanto, pode ser interrompi- do por um agente que o isola do cérebro. (..) V. Marchal
FLUIDO VIVO No plano espiritual, o homem desencarnado vai lidar, mais diretamente, com um fluido vivo e multiforme, estuante e inestancável, a nascer-lhe da própria alma, de vez que podemos definí-lo, até certo ponto, por subproduto do fluido cósmico, absorvido pela mente humana, em processo vitalista semelhante à respiração, pelo qual a criatura assimila a força emanente do Criador, esparsa em todo o Cosmo, transbstanciando-a, sob a própria responsabilidade, para influenciar na Criação, a partir de si mesma. Esse fluido é o seu próprio pensamento contínuo, gerando potenciais energéticos com que não havia sonhado. André Luiz
FLUIDOTERAPIA A rigor qualquer passe constitui uma terapia fluidíca, entretanto, o termo fluidoterapia em sido, geralmente, reservado para designar um tipo especial de passe, sempre executado por um grupo de passistas, com duração um pouco maior que a do passe tradicional e que, normalmente, se destina a corrigir irregularidades mais ou menos granves, da estrutura do perispírito, que estejam a comprometer seriamente a vitalidade e funcionalidade do organismo do paciente. (..) Luiz Gurgel
FOGO O fogo exprime emblematicamente a expiação como meio de purificação e, portanto, de progresso para o Espírito culpado. J. B Roustaing
FOME E SEDE DE JUSTIÇA E se conservarmos a fome e a sede de justiça, isto é, a disposição em nos submetermos às provações escolhidas, fazendo sempre o melhor, então seremos saciados, ainda que, aparentemente, o Mundo nos reserve toda sorte de injustiças. Richard Simonetti
FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO (..) a máxima - Fora da caridade não há salvação - assenta num princípio universal e abre a todos os filhos de Deus acesso à suprema felicidade... (..) consagra o princípio da igualdade perante Deus e da liberdade de consciência (..) Allan Kardec
FORÇA A força é determinação que ampara ou menospreza. Fco. C. Xavier
FORÇA DIVINA Força universal que liga os mundos e abraça todas as outras forças. Gabriel Delanne
FORÇA ECTÊNICA (..) força nervosa especial, análoga ao éter dos sábios, que transmite a luz (..) Paul Gibier
FORÇA NERVOSA A força nervosa do médium é matéria plástica e profundamente sensível às nossas criações mentais. M. P.
FORÇA NÊURICA (..) a força nêurica é uma força essencialmente física análoga às que são conhecidas: som, calor, luz e eletricidade. Albert de Rochas
FORÇA ÓDICA O barão von Reichenback designa sob o nome de força ódica (OD-KRAFT) o fluido imponderável e penetrante de todos os corpos, por meio do qual ele explica diferentes fenômenos misteriosos. A. Aksakof
FORÇA PSÍQUICA Segundo ela (a teoria da força psíquica), supõe-se que o médium ou o círculo das pessoas reunidas para formar um todo, possui uma força, um poder, uma influência, uma virtude ou um dom, por meio dos quais seres inteligentes podem produzir os fenômenos observados. (..) William Crookes
FORÇA VITAL A força vital é, portanto, uma energia de capacidade variável, conforme a sua intensidade primitiva, e também segundo as circunstâncias em que se desenvolve. Gabriel Delanne
FORMA A forma (de homem ou mulher), numa como noutra área, é oportunidade para aquisição de particulares conquistas de acordo com os padrões éticos que facultam a uma ou à outra. Quando são conseguidos resul-tados positivos numa expressão do sexo, pode-se avançar, repetindo-se a forma até que, para diferente faixa de aprendizagem, o Espírito tenta o outro gênero (..) Manoel P. Miranda
FORMA VISÍVEL Forma visível é aquela pela qual uma pessoa é localizada e vista, não obstante estar longe do lugar em que se apresenta. A forma não é simples sinal ou símbolo; acha-se animada com a vida da personalidade que repre- senta; a ação e expressão correspondem ao pensamento, vontade, ação e estado espiritual do ser original. G. Vale Owen
FORMAÇÃO DO ESPÍRITO O Espírito, na sua origem, como essência espiritual, princípio de inteligência, se forma da quinta-essência desses fluidos (existentes no espaço), elemento tão sutil que nenhuma expressão pode dar dele idéia, sobretudo às vossas inteligências restritas. A vontade do Senhor Deus todo poderoso, única essência de vida no infinito e na eternidade, anima esses fluidos para lhe dar o ser, isto é, para mediante uma combinação sutilíssima, cuja essência só nas irradiações divinas se encontra, fazer deles essências espirituais, princípios primitivos do Espírito em gérmen e destinados à sua formação. 179
FORMAÇÃO DOS MUNDOS "Tudo o que a esse respeito se pode dizer e podeis compreender é que os mundos se formam pela condensação da matéria disseminada no Espaço. Allan Kardec
FORMA-PENSAMENTOS (...) as forma-pensamentos nem sempre são concentrações energéticas fàcilmente desagregáveis. Conforme a natureza ideo-emotiva de sua estrutura e a intensidade e constância dos pensamentos de que se nutrem, podem tornar-se verdadeiros carcinomas, monstruosos "seres" automatizados e atuantes, certamente transitórios, mas capazes, em certos casos, de subsistir até por milênios inteiros de tempo terrestre, antes de desfazer-se. Hernani T. Sant'Anna
FORTE Forte - é o que sabe esperar no trabalho pacífico. André Luiz
FORTUNA O ouro, na maioria dos casos, é pesada crua de aflição nos ombros daqueles que o amealham e a evidência no mundo, frequentemente, não passa de ergástulo em que a alma padece angustiosa solidão. Emmanuel
FOTOGRAFIA ESPÍRITA

Há dois gêneros de materialização: há em primeiro lugar a materialização invisível ao olho, e não apresentando mais do que um atributo físico, acessível ao nosso confronto: consiste na emissão de raios luminosos, que não produzem ação alguma sobre a nossa retina, porém agem sobre a placa sensível de um aparelho fotográfico; para os resultados assim obtidos, proponho a expressão: fotografia transcendente. A.A.

No início da década de 70, no século XIX, começaram a surgir em Paris as chamadas "fotografias espíritas", ou seja retratos de pessoas encarnadas junto às quais apareciam, mais nítidos ou menos nítidos, seres desencarnados. Eram obtidas nos Estados Unidos, bem como na Inglaterra, e por essa pesquisa interessou-se pessoalmente o eminente cientista Sir William Crookes. Madame P. G. Leymarie

FÓTON (...) é a mais nobre forma de matéria e se situa na fronteira do mundo extra-físico. (...) Hernani T.Sant'Anna
FRACASSO (...), na maioria das vezes, é o produto infeliz dos retardatários e dos ausentes. André Luiz
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER

O maior o mais prolífico médium psicógrafo do mundo em tôdas as épocas. Nasceu em Pedro Leopoldo, modesta cidade de Minas Gerais, em 2 de abril de 1910. Vive, desde l959, em Uberaba, no mesmo Estado. Completou o curso primário apenas. (...) Infância difícil; foi caixeiro de armazém e modesto funcionário público, aposentando em 1958. Desde os 5 anos (de idade) comunicava-se com os mortos, conversando com a própria mãe desencarnada.

Em 7 de maio de 1927 participa de sua primeira reunião Espírita. Até 1931 recebe muitas poesias e mensagens, várias das quais publicou com o seu próprio nome. Nesse mesmo ano, vê pela primeira vez, o Espírito Emmanuel, seu inseparável mentor espiritual até hoje.

Em 1932 publica a FEB seu primeiro livro, o famoso "Parnaso de Além-túmulo"; hoje as obras que psicografou vão a mais de 200. Várias delas são traduzidas e publicadas em castelhano, esperanto, francês,inglês e japonês. (...) Pedro Franco Barbosa

FRATERNIDADE

O Espiritismo amplia a noção de fraternidade. Demonstra por meio de fatos que ela não é ùnicamente um mero conceito, mas uma lei fundamental da natureza, lei cuja ação exerce em todos os planos da evolução humana, assim no ponto de vista físico como no espiritual, no visível como no invisível. Por sua origem,pelos destinos que lhes são traçados, todas as almas são irmãs. Léon Denis

"A fraternidade é o penúltimo elo da quase infinita cadeia das mais dignificadoras afeições; Somente ela faz que se confundam e incorporem, numa única, duas ou muitas almas afins, que se tornam gêmeas pelo mesmo grau de elevação moral, pela harmonia dos pensamentos, capazes desde então de executar sublimes cometimentos. (...) Victor Hugo

FUGA Não vale a fuga que complica os problemas, ao invés de simplificá-los. Toda fuga é permanência no vale sombrio. Fco. X. Xavier
FUNÇÃO DA CONSCIÊNCIA Ora sendo, a mediunidade, em geral, ao que se observa, uma sensação ou uma percepção, participante de determinadas funções da consciência; e sendo estas entendidas como potências da alma, que traduzem a sua individualidade, acreditamos que todas as criaturas sejam dotadas dessa faculdade, em grau maior ou menor, dependendo de um estado mais ou nenos acentuado de desenvolvimento, ou experimentação. (...) Yvonne A
FUNÇÃO PSI (...) funções psi são faculdades paranormais da subconsciência. (...) Jayme Cerviño
FUNCIONALISMO O notável psicólogo John Dewey propôs umsa interpretação materialista extremada, o Funcionalismo, alegando que não há necessidade da suposição de ter o homem uma mente, como coisa, mas simplesmente fonções mentais, para a interpretação correta do comportamento humano. Desse posicionamento surgiu a importante e mais científica corrente psicológica, o Behaviorismo. Para Dewey basta o estudo de aspectos, tais como pulsões biogênicas, memória, atenção, reflexos, etc... Não existindo a necessidade da suposição de ter o homem coisas taios como mente,alma, etc... O importante aqui é o estudo do comportamentoaparente, através dos estímulos, das respostas condicionadass, incondicionadas, do condicionamento respondente, operante etc... Juntamente com a corrente reflexológia pavloviana, entre outras, intentaram esses cientistas do comportamento a criação da psicologia sem alma. È interessante notar que os mecanismo por meio dos quais atua a denominada Lei de Causa e Efeito parece seguir as linhas mestras de algumas das descobertas fundamentais do Behaviorismo. Leopoldo Balduino
FURTO

Furto é toda apropriação de bens pertencentes a outrem, sem o consentimento dele, assim como qualquer procedimento contrário à justiça, que manda se dê a cada um o que é seu ou aquilo a que tem direito.

Vê-se, pelo conceito supra, ser o furto um vício universal que pouquíssimos terão vencido inteiramente.às vezes toma outros nomes, mas é pura questão de eufemismo, Rodolfo Calligaris

FUTURO

(...) é a esperança. (...) é a consequência do passado. Léon Denis

O futuro não é surpresa atordoante. é consequência dos atos presentes. Espírito da Verdade