O
OBEDIÊNCIA (...) é o consentimento da razão (...) Allan Kardec
OBRA As obras que construimos na Terra são raízes profundas de nossa alma, retendo nosso coração no serviço.F.C
OBRA DE ALLAN KARDEC A obra de Allan Kardec, é, portanto, o resumo dos ensinos comunicados aos homens pelos Espíritos, em um número considerável de grupos espalhados por todos os pontos da Terra, e durante um período de 20 anos. Léon Denis
OBRA DE DEUS (...) O que os homens devem fazer "para obrarem as obras de Deus" é amar a Deus acima de tudo e amar o próximo como a si mesmos. Obra de Deus é crer em Jesus, é caminhar nas suas sendas e aquele que pelas sendas de Jesus caminha pratica esse duplo amor. J. B Roustaing
OBRA UNIVERSAL Toda a obra universal pode considerar-se representação de pensamento e vontade divinos, expressos e sintonizados em gama inimagináveis, que definimos por leis de afinidade. Manuel Quintão
OBREIRO O Mestre fortifica-se nos cooperadores que não cogitam de prerrogativas e remuneração, que servem onde, como e quando determina a sua Vontade sábia e soberana. São os Obreiros da Boa Vontade. Fco. C. X
OBSESSÃO A obsessão é a ação persistente que um Espírito mau exerce sobre um indivíduo. Apresenta caracteres muito diversos, desde a simples influência moral, sem perceptíveis sinais exteriores, até a perturbação completa do organismo e das faculdades mentais (...) Quase sempre, a obsessão exprime a vingança que um Espírito tira e que com frequência se radica nas relações que o obsediado manteve com ele em precedente existência.A.K.
OBSESSÃO DE DESENCARNADO PARA DESENCARNADO Espíritos que obsidiam Espíritos. Desencarnados que dominam outros desencarnados, são expressões de um mesmo drama que se desenrola tanto na Terra quanto no Plano Espiritual Inferior.Suely C. Schubert
OBSESSÃO DE ENCARNADO PARA DESENCARNADO Ninguém se lembra desse estranho e aparentemente paradoxal tipo de obsessão, em que os "vivos" do mundo envolvem os "mortos" na teia dos seus pensamentos desequilibrados e enfermiços, exercendo sobre os que já partiram apra o Além terrível e complexa obsessão. Martins Peralva
OBSESSÃO DE ENCARNADO PARA ENCARNADO (...) pessoa obsidiando pessoas existem em grande número. Estão entre nós. Caracterizam-se pela capacidade que têm de dominar mentalmente aqueles que elegem como vítimas. Este domínio mascara-se com os nomes de ciúme, inveja, paixão, desejo de poder, orgulho, ódio, e é exercido, às vezes, de maneira tão sutil que o dominado se julga extremamente amado. Até mesmo protegido. Essas obsessões correm por conta de um amor que se torna tiranizante, demasiadamente possessivo, tolhendo e sufocando a liberdade do outro. Suely C. Schubert
OBSESSÃO INFANTIL Influências prejudiciais podem atingir, também, mentes infantis, levando-as, algumas vezes, ao desajuste. O Espiritismo elucida tais ocorrências em explicação lógica: a criança que temos hoje, diante de nós, foi adulta ontem, em experiências anteriores, quando o seu Espírito, utilizando mal o livre-arbítrio, terá cometido delitos cujas consequências se manifestam, agora, com o corpo físico ainda em desenvolvimento. Martins Peralva
OBSESSÃO RECÍPROCA (..) Dá-se quando as criaturas se procuram para locupletar-se das vibrações que permutam e nas quais se comprazem (..).Essa característica de reciprocidade transforma-se em verdadeira simbiose, quando dois seres passam a viver em regime de comunhão de pensamentos e vibrações.(..) São as paixões avassaladoras que tornam os seres totalmente cegos a quaisquer outros acontecimentos e interesses, fechando-se ambos num egoísmo a dois, altamente perturbador (..) Suely C. Schubert
OBSESSÃO SIMPLES Dá-se a obsessão simples, quando um Espírito malfazejo se impõe a um médium, se imiscui, a seu mau grado nas comunicações que ele recebe, o impede de se comunicar com outros Espíritos e se apresenta em lugar dos que são evocados (..) Na obsessão simples, o médium sabe muito bem que se acha presa de um Espírito mentiroso e este não se disfarça; de nenhuma forma dissimula suas más intenções e o seu propósito de contrariar. O médium reconhece sem dificuldade a felonia e, como se mantém em guarda, raramente é enganado. Este gênero de obsessão é, portanto, apenas desagradável e não tem outro inconveniente, além de opor obstáculo às comunicações que se desejará receber de Espíritos sérios. Allan Kardec
OBSESSOR O obsessor não é somente o instrumento da justiça superior que dele se utiliza, mas também espírito profunda mente enfermo e infeliz, carecente da terapêutica do amor e do esclarecimento para sublimação de si mesmo Manoel P. Miranda
OBSIDIADO O obsidiado, por sua vez, vinculado vigorosamente à retaguarda - assaltado, quase sempre, pelos fanstasmas do remorso inconsciente ou do medo cristalizado, a se manifestarem como complexos de inferioridade e culpa - conduz o fardo das dívidas para necessário reajustamento, através do abençoado roteiro carnal. Manoel P.Miranda
OBSIDIADO E OBSESSOR (..) são duas almas a chegarem de muito longe, extremamente ligadas nas perturbações que lhes são peculiares (..) André Luiz
OBSTÁCULO

O obstáculo é a prova benéfica de superação das nossas próprias fraquezas. Francisco C. Xavier

Obstáculo, no dicionário da realidade, em muitas ocasiões expressa apoio invisível para que não descambe-mos na direção das trevas. Emmanuel

ÓCIO Ócio é coágulo da vida. Waldo Vieira
OCIOSIDADE

A ociosidade é estagnação que corrompe. Meimei

(..) é a mãe de todos os vícios. (..) Padre Germano

ÓDIO O ódio pode traduzir-se nas chamadas aversões instintivas, dentro das quais há muito de animalidade, que cada homem alijará de si, com os valores da auto-educação, a fim de que o seu entendimento seja elevado a uma condição superior. (..) Todavia, na maior parte das vezes, o ódio é o gérmen do amor que foi sufocado e desvirtuado por um coração sem Evangelho (..) Emmanuel
ODRE NOVO Os odres novos são os verdadeiros espíritas que recebem e praticam esses ensinamentos dos Espíritos do Senhor; são os Espíritos que, purificados e esclarecidos pelo Espiritismo, farão rebentar o velho odre, incapaz de resistir à fermentação das idéias novas. J. B. Roustaing
ODRE VELHO O odre velho existe em vossos dias. São aqueles que, cegos e interesseiros, bebendo em fontes impuras ou falsificadas, procuram e ainda procurarão entravar a obra da regeneração humana, a formação da Igreja de Cristo, cujo templo é o vosso planeta e à qual todos os homens se tomarão fiéis (Judeus e Gentios) pela prática da lei do amor e da caridade. J. B. Roustaing
OFENSA Toda ofensa - friamente exumada - é tão exclusivamente um arranhão provocado em nossa vaidade pessoal alimento para o amor-próprio doentiamente acalentado, um convite para que o nosso orgulho venha a explodir ruidosamente. Roque Jacintho
OFENSOR Ofensor é uma pessoa, Que Deus manda, de imprevisto, Para ver nossa atitude, No ensino de Jesus Cristo. Francisco C. Xavier
OLHO (..) é verdadeiro dizer-se que os olhos são o espelho da alma, isto é, que o semblante do indivíduo lhe reflete de modo particular a alma. Assim é que uma pessoa excessivametne feia, quando nela habita um Espírito bom, criterioso, humanitário, tem qualquer coisa que agrada, ao passo que há rostos belíssimos que nenhuma impressão te causam, que até chegam a causar-te repulsão. (..) Allan Kardec
OMISSÃO (..) é parada sigfnificando recuo. Emmanuel
ONDA As ondas ou oscilações eletromagnéticas são sempre da mesma substância, diferenciando-se, porém, na pauta do seu comprimento ou distância que se segue do penacho ou crista de uma onda à crista da onda seguinte, em vibrações, mais ou menos rápidas; conforme as leis de ritmo em que se lhes identifica a frequên- cia diversa. (..) Uma onda é determinada forma de ressurreição da energia, por intermédio do elemento par-ticular que a veicula ou estabelece. Partindo de semelhante princípio, entenderemos que a fonte primordial de qualquer irradiação é o átomo ou partes dele em agitação, despedindo raios ou ondas que se articulam, de acordo com as oscilações que emite. André Luiz
ONDA ALPHA Retratando o traçado eletroencefalográfico, as ondas Alpha representariam o ideal do ritmo psíquico humano poderíamos dizer que seria o ritmo dos harmonizados e equilibrados, praticamente os que alcançaram a paz em nosso tumultuado momento de vida planetária (..) Jorge A. dos Santos
ONDA BETA (..) a onda Beta é onda psíquica que traduz ânsias, anseios e ansiedades de todos os matizes. É a onda dos que estão com os pensamentos em ebulição, arquitetando conquistas imediatistas que visam unicamente o próprio interesse, confundindo com bem-estar; é ritmo que se reflete nos intelectualmente excitados, que, apesar da cultura, vivem aguardando as benesses do conhecimento que não alcançam pela indisciplina e pelos desordenados movimentos de pensamentos. É o ritmo do chamado "homem moderno", que busca, a qualquer preço, o que a sua cultura social exige para ser um "vitorioso". É preciso que se diga que o ritmo Beta, o ritmo de vigília, o ritmo de consciência desperta, não produz sensações que caracterizem a fase; o indivíduo pode estar atarefado, confiante, com medo, parado ou não. É o ritmo da vida comum, do nosso sistema. Jorge A. dos Santos
ONDA CEREBRAL (..) As ondas cerebrais são descargas elétricas ritmicas produzidas pelo córtex cerebral.(..) Hernani T. S.
ONDA THETA E DELTA As ondas Theta e Delta, traduzidas como ondas lentas, nos estudos da eletrogênese cerebral, são enquadra-das como ondas de características patológicas, mormente quando acompanhadas de modificações de seu comprimento e desdobramento (..).Jorge A. dos Santos
ONIPOTENTE (..) o Onipotente é o Rei Cuja Luz é vida paa todos os seus filhos e Cuja Glória é refletida na luz, tanto quanto nos é possível suportar (..) G. Vale Owen
OPORTUNIDADE A oportunidade é a nossa porta de luz, no sagrado momento que passa. Francisco C. Xavier
ORAÇÃO

A oração é divina voz do espírito no grande silêncio. Nem sempre se caracteriza por sons articulados na conceituação verbal, mas, invariavelmente, é prodigioso poder espiritual comunicando emoções e pensamen-tos, imagens e idéias, desfazendo empecilhos, limpando estradas, reformando concepções e melhorando o quadro mental em que nos cabe cumprir a tarefa a que o Pai nos convoca. (..) a oração tecida de harmonia e confiança é força imprimindo direção à bússola da fé viva, recompondo a paisagem em que vivemos e traçan do rumos novos para a vida superior. Emmanuel

A oração que nasce do amor é uma luz que a alma humana acende no mundo, estendendo irradiações e bênçãos que ninguém pode conhecer, enquanto se demora no corpo de carne terrestre. Fco.C .Xavier

ORDEM

Se se detivessem a auscultar a Natureza, diminuindo o tresvario que se permitem constatariam que o caos e o nada jamais fizeram parte do Cosmo, e que a ordem é a geratriz de todos os fenômenos, causa de todas as ocorrências. Manoel P. Miranda

Todos nós precisamos da ordem, porque a ordem é a disciplina, em torno de situações, pessoas e coisas; fora dela, o capricho é capaz de estabelecer a revolta destruidora, sob a capa dos bons intentos. Entretanto, é necessário que a caridade lhe oriente as manifestações para que o método não se transforme em orgulho, aniquilando as obras do bem. Emmanuel

ORFANDADE Órfã, a nosso ver, não é precisamente a criança que perdeu os pais, ambos, ou um deles. Órfã é a criança sem lar, portanto, sem carinhos, pela qual não há quem se interesse, entregue aos azares dos imprevistos, estejam ou não contados no número dos chamados vivos os seus genitores. Pedro de C. Vinícius
ORGANISMO Todos os seres vivos possuem organismo próprio a cada espécie, formado por órgãos agrupados em sistemas, harmonicamente inter-relacionados e que se interagem. Cada órgão é formado por células específicas, que variam de tamanho e de formato de acordo com a função que desempenham. Na maioria, as células são pequenas, sendo vistas apenas com auxílio de microscópio. Seu interior só teve as estruturas vistas após o advento do microscópio eletrônico. Cada ser humano, em média, é formado por 70 trilhões de células, podendo chegar a 100 trilhões. Eurípedes Kuhl
ORGANISMO VIVO (..) os organismos vivos são, todos eles, "sistemas abertos", que se alimentam das energias e matérias encontradas em seu ambiente. Em lugar de ser desgastar como um relógio que dissipa sua energia pela fricção, o organismo vivo não cessa de formar corpos químicos mais complexos, a partir de que se alimenta. Não para de construir formas de energia mais complexas, a partir da energia que absorve; e estruturas mais complexas de "informação" - percepções, lembranças, idéias - a partir do que é transmitido aos seus receptores. Longe de se limitar a reagir, ele é ativo: adapta o ambiente as suas necessidades, em lugar de se adaptar ao ambiente passivamente. Instrui-se pela experiência e constrói sistemas de conhecimento que recolhe do caos das sensações pelas quais passa. Absorve do ambiente a informação, do mesmo modo como alimenta suas energias de suas substâncias e sínteses (..) Hernani T. Sant'Anna
ORGANIZAÇÃO FEDERATIVA (..) é o programa ideal da doutrina no Brasil, quando chegar a ser integralmente compreendido por todas as agremiações de estudos evangélicos, no país. Humberto de Campos
ÓRGÃO "Os órgãos são os instrumentos da manifestação das faculdades da alma, manifestação que se acha subordi- nada ao desenvolvimento e ao grau de perfeição dos órgãos, como a excelência de um trabalho o está à da ferramenta própria à sua execução. Allan Kardec
ORGULHO

O orgulho é o sentimento da própria grandeza real, existente no íntimo de cada ser, mas transbordado ou desviado do seu verdaeiro curso. (..) é a revelação da atitude que cumpre à criatura alcançar e que só alcan- çará pela humildade. Angel Aguarod

(..) É vício mais difícil de desarraigar do coração do homem e a causa principal dos vícios que degradam o Espírito, assim como das suas quedas e das perdas que sofre. J. B. Roustaing

ORIENTAÇÃO A verdadeira orientação do espírita está em estudar, compreender e praticar os Evangelhos e assim limpar o seu coração, para dele fazer o tabernáculo onde habite Jesus. Antonio L Sayão
OTIMISMO O otimismo não constitui poltrona preguiçosa para os sem escrúpulos de anil. É manancial de forças para os seus dias de luta. André Luiz
OUVIDO Os ouvidos são sentinelas do conhecimento. Meimei
OVELHA Suas "ovelhas" de Jesus, são todos os Espíritos que, encarnados ou errantes, pertencem à Terra. As que o conhecem são os que praticam a moral pura por ele pregada e lhe reconhecem a missão. As que não perten-cem a este aprisco, mas que a ele serão trazidas e lhe escutarão a voz, são os que ainda não praticam a sua moral, ou que, praticando-a, não lhe reconhecem, ainda a missão, sem, contudo, se mostrarem rebeldes ao progresso. São os que virão a praticar a sua moral e a lhe reconhecer a missão, depurando-se continuamente no cadinho do tempo e da reencarnação, percebendo, por esse meio, cada vez melhor, a luz e a verdade que ele trouxe aos homens e que a nova revelação vem fazer com vivo fulgor. J. B Roustaing
OVÓIDE

(..) ovóides são esferóides vivos, tristes mentes humanas, sem apetrechos de manifestação(..) André Luiz

Sentindo-se em clima adverso ao seu modo de ser, o homem primitivo, desenfaixando do envoltório físico, recusa-se ao movimento na esfera extrafísica, submergindo-se lentamente, na atrofia das células que lhe tecem o corpo espiritual, por monoideísmo auto-hipnotizante, provocado pelo pensamento fixo-depressivo que lhe define o anseio de retorno ao abrigo fisiológico. Nesse período, afirmamos habitualmente que o desencarnado perdeu o seu corpo espiritual, transubstanciando-se num corpo ovóide, o que ocorre, aliás, a inúmeros desencarnados outros em situação de desequilíbrio, cabendo-nos notar que essa forma, segundo a nossa maneira atual de percepção, expressa o corpo mental da individualidade, a encerrar consigo, conforme os princípios ontogenéticos da Criação Divina, todos os órgãos virtuais de exteriorização da alma, nos círcu-los terrestres e espirituais, assim como o ovo, aparentemente simples, guarda hoje a ave poderosa de amanhã ou como a semente minúscula, que conserva nos tecidos embrionários a árvore vigorosa em que se transformará no porvir. André Luiz

OZÔNIO A algumas dezenas de quilômetros da atmosfera terrestre foram colocados os revestimentos de ozônio, destinados a filtrar os raios solares, dosando-lhes a natureza para proteção da vida. Emmanuel