8 - PROJETOS DE EMERGÊNCIA

8. Projetos de emergencia

A Inda dentro desse tema dos perigos oferecidos pela escalada do progresso tecnológico, a Espiritualidade supervisora mantém projetos de emergência, projetos inibidores de ações mais terríveis que possam surgir da mente humana, ou ficará tudo por conta exclusiva da ação do livre-arbítrio do homem?

A expansão do livre-arbítrio do homem se torna uma arma voltada contra ele mesmo.

A liberdade o obriga também a se melhorar em função da própria evolução do planeta, que vem determinando as vias da transformação moral dos seres.

Os homens capacitados por sua inteligência avançarão nos vários níveis do conhecimento e, com seus aparatos, descobrirão as origens e tratamento das doenças.

Obviamente que não lograrão combater todas as enfermidades da Terra.

Chegando aos oitenta, cem anos, os homens desencarnarão.

Chegando ao plano espiritual, os homens com mais desenvolvida inteligência, mas ainda não compreendendo a grandeza do verdadeiro amor, tentarão impedir o reencarne de certos espíritos.

Com a evolução rápida dos processos de análises cromossômicas, barradas serão as enfermidades no próprio útero, e então tais espíritos chumbados no mal não terão chance de reencarnar na Terra.

Com os desencarnes em massa já ocorrendo, tais irmãos serão transportados a outros orbes que lhes darão condição de aprimoramento moral.

Talvez que encontrem um estágio bem primitivo de evolução em sua nova morada planetária, talvez que ali nem ao menos o fogo seja conhecido, e então esses seres inteligentes auxiliarão os seres inferiores na descoberta de recursos que lhes alavancarão o progresso.

Com o passar do tempo, eles melhorarão moralmente, crescerão com as próprias pernas.

Quanto a tantos outros que aqui ficaram e ainda conservam mazelas morais na sua alma, terão um tempo bravíssimo para que efetuem a sua reforma moral, pois, do contrário, também estes não terão a condição de permanecer na Terra.

GALILEU GALILEI