O ESPIRITISMO PERANTE
A CIÊNCIA

O autor, nome profundamente respeitado no meio espírita, demonstra neste livro que o Espiritismo, longe de contrariar a Ciência, é nela que se firma, não havendo incompatibilidade entre um e outro.

Aprecia casos comprovados experimentalmente de aparições materializadas, telepatia, transportes, visão a distância e premonição, entre outros, relatando a adoção, por grande número de cientistas, da teoria espírita como a única explicação geral de todos os fenômenos investigados.

Aconselha a pesquisa séria da mediunidade e reprova energicamente os que, por preconceito ou fanatismo, não admitem a adoção de medidas preventivas de mistificações no campo experimental.

Acrescenta um Apêndice que visa informar sobre a consagração pela Ciência de algumas das mais importantes teorias da obra, várias décadas depois da sua publicação.

................1ª. PARTE
..I - TEMOS ALMA?
..II - O MATERIALISMO POSITIVISTA
 
................2ª. PARTE
..I - O MAGNETISMO, SUA HISTÓRIA
..II - O SONAMBULISMO NATURAL
..III - O SONAMBULISMO MAGNÉTICO
..IV - O HIPNOTISMO
..V - ENSAIO DE TEORIA GERAL
 
................3ª. PARTE
..I - PROVAS DA IMORTALIDADE DA ALMA PELA EXPERIÊNCIA
..II - AS TEORIAS DOS INCRÉDULOS E OS TESTEMUNHOS DOS FATOS
..III - AS OBJEÇÕES
 
................4ª. PARTE
..I - O QUE É O PERISPÍRITO?
..II - PROVAS DA EXISTÊNCIA DO PERISPÍRITO
..III - O PERISPÍRITO DURANTE A DESENCARNAÇÃO
..IV - HIPÓTESES
 
................5ª. PARTE
..I - ALGUMAS OBSERVAÇÕES PRELIMINARES
..II - OS MÉDIUNS ESCREVENTES
..III - MEDIUNIDADE SENSORIAIS
 
..APÊNDICE