FAMÍLIA REFERENTE AO ANO DE 2.011


 

I - DILEMAS E IDENTIDADE FAMILIAR

..A - ASPECTO INICIAL
..B - PAIS E IDENTIDADE
..C - O SENTIMENTO DE VERGONHA
..D - AONDE QUEREMOS CHEGAR?

 

 II - A FAMÍLIA EM MOVIMENTO:
UM PROJETO PARA O DESPERTAR DA ESSÊNCIA

..A - INTIMIDADE REDUZIDA
..B - MAIS AFETIVIDADE
..C - A FAMÍLIA ATUAL
..D - O DESPERTAR DA ESSÊNCIA

 

 

III - PAPÉIS FAMILIARES

..A - PEÇA TEATRAL
..B - PAPÉIS TROCADOS
..C - PONTO DE PARTIDA
..D - QUEM EXECUTA O PAPEL
..E - CONTEXTO ESPIRITUAL
..F - REENCONTROS E AJUSTES
..G - TEMOS MATERNOS
..H - RISCO DE VIDA
..I - TROCAS E MAIS TROCAS

 

IV - ABELARDO E HELOÍSA:
O CASAMENTO EM PERSPECTIVA

..A - PAIXÃO OU AMOR?
..B - ATO SOLENE
..C - ACERTANDO OS BOTÕES

 

V - A CRIANÇA QUE DORME NO
QUARTO DOS PAIS

..A - COMO COMEÇA
..B - E O PAI?
..C - INTIMIDADE DO CASAL
..D - A CRIANÇA TESTEMUNHANDO O QUE NÃO DEVIA
..E - MAIS CRUEL AINDA
..F - UMA HISTÓRIA QUE SE REPETE
..G - DESCULPAS QUE USAREMOS
..H - CURIOSIDADES CIENTÍFICAS

 

VI - CONSERVANDO OU DESTRUINDO?
MUDANÇAS INTRACONJUGAIS E SEPARAÇÕES

..A - O "MEIO DE VIDA"
..B - QUANDO É DIFÍCIL DECIDIR
..C - A RUPTURA DO CASAMENTO
..D - REORGANIZAÇÃO DO COTIDIANO

 

VII - LIMITES E EDUCAÇÃO

..A - GERAÇÃO TRAUMATIZADA
..B - LIMITES
..C - QUANDO COMEÇAR?
..D - REPRESSÃO X PERMISSÃO
..E - DELEGANDO NOSSAS OBRIGAÇÕES A OUTREM
..F - TRATANDO MEU FILHO GRANDE COMO UM BEBÊ

 

VIII - FAMÍLIA, DROGAS E CULTURA:
UM DIÁLOGO ATUAL

..A - ANULAÇÃO DA SUBJETIVIDADE
..B - A CULTURA DO "NO LIMITS"
..C - OS MODOS DE SOFRER
..D - DROGADO: UMA CLASSIFICAÇÃO OU UM SUJEITO?
..E - FAMÍLIA EM DESORDEM?

 

IX - A CRIANÇA QUE "SE FINA"

..A - DADOS MÉDICOS
..B - ENTENDENDO MELHOR
..C - CADA VEZ MAIS CEDO
..D - VIDAS PASSADAS
..E - O QUE DEVEMOS FAZER, ENTÃO?

 

X - PONTOS ESSENCIAIS PARA OS CÔNJUGES

..A - RECONHECER QUE O OUTRO É UM ESPÍRITO...
..B - EM TEMPO ALGUM ABANDONAR O OUTRO...
..C - SOCORRER O OUTRO EM SUAS ESPERANÇAS...
..D - ACEITAR A IMPORTÂNCIA DO PROBLEMA SEXUAL...
..E - ENTENDER QUE O AMOR INCLUI O RESPEITO, A CORTESIA...
..F - ADAPTAR-SE AO NÍVEL ECONÔMICO E SOCIAL....
..G - EVITAR RIXAS E DISCUSSÕES
..H - NUNCA SELAR COMPROMISSOS FORA DE CASA...
..I. - MANTER ENTENDIMENTO E COOPERAÇÃO NA SOLUÇÃO...
..J - JAMAIS SACRIFICAR A HARMONIA E A SEGURANÇA....

 

XI - POR QUE FRUSTRAR UM FILHO?

..A - DUELO INUSITADO
..B - OUTRA ESTRADA
..C - A CRIANÇA NUNCA FRUSTRADA
..D - NA VIDA ESCOLAR
..E - SE NÃO FOR COMO EU QUERO....
..F - ENTÃO, POR QUE FRUSTRAR?

 

XII - CONCLUSÃO:

..ONDE ISSO TUDO ACABA