MINHA VIDA EM GESTAÇÃO

Apresentação

A maioria dos trechos narrados nesta obra pude pessoalmente vivenciar.

O Espírito, quando está em processo de reencarnação, em muitos casos, mantém a sua consciência e guarda em sua memória espiritual os momentos marcantes pelos quais passa.

Esse é um aspecto fundamental para o encarnado compreender bem o significado da formação da vida e dos atos de amor que os pais devem transmitir aos filhos durante os meses gestacionais.

Mantendo-se ativo, desprendendo-se algumas vezes do corpo físico que está sendo formado, o Espírito pode trabalhar no plano espiritual e muitas vezes tem permissão do Alto para estar ao lado de seus pais e familiares, acompanhando e influindo em suas decisões.

Logicamente, Espíritos que vivenciam um reencarne compulsório ficam adormecidos e sem consciência ao longo da gestação, embora sejam extremamente sensíveis ao amor e carinho que recebem de seus pais.

Desde a fecundação até o início do nono mês, o reencarnante pode ter noção do que está ocorrendo no mundo material. Durante o processo do nascimento, pode momentaneamente perder a consciência plena do que está acontecendo e, nesse caso, acumula experiências e memórias em seu âmago as quais somente podem ser despertadas num processo de rememorização específico, feito após o seu desencarne, em uma cidade espiritual.

Assim, algumas narrativas de meu nascimento, apesar de serem retratos fiéis do que ocorreu, foram-me relatadas por mentores queridos que estavam ao meu lado nessa ocasião. Muitas de minhas experiências foram, em especial, relembradas por meu estimado Müller, mentor que seguiu meus passos durante toda a minha passagem pela materialidade.

Agradeço a Cairbar Schutel a oportunidade que me foi concedida de retratar nesta obra uma parcela considerável de minha vida em gestação e também de outros importantes momentos que vivenciei quando encarnado. Sinto-me dignificado em poder colaborar com o enaltecimento à vida, em especial numa época crucial que o mundo material atravessa, quando os encarnados devem buscar a plena conscientização do valor da concepção e da integral impropriedade de uma interrupção provocada da gestação.

Continuo lutando pelo meu aperfeiçoamento espiritual e trabalho confiante na seara de nosso amado Jesus.

Sou grato ao Plano Superior por ter um dia vivido, no mundo físico, ao lado de meus queridos Lúcia e Adamastor, pais que jamais vou esquecer e que, atualmente, exercem também suas atividades no plano da verdadeira vida.

Agradeço a Deus ter-me sido oferecida esta oportunidade de contribuir com a divulgação de mensagem contida no Evangelho de Jesus, ajudando na elaboração das linhas que compõem Minha Vida em Gestação.

Muito amor.

Espírito CAIO MÁRIO
Médium Abel Glaser

PREFÁCIO
I - MINHA RETUMBANTE CHEGADA
II - DECIDINDO MINHA CONCEPÇÃO
III - O INÍCIO DO MEU PROCESSO DE REENCARNE
IV - O PRÉ-NATAL DE MAMÃE
V - PRESERVANDO A VIDA
VI - OS CUIDADOS COM MINHA SAÚDE
VII - O CONVÍVIO FAMILIAR
VIII - MEU ENXOVAL
IX - FRAGILIDADE DE SENTIMENTOS
X - LEMBRANÇAS NATALINAS
XI - GÊMEOS
XII - O MEU RENASCER
POSFÁCIO