ESCRITA DIRETA

ESCRITA AUTOMÁTICA

Quando um médium apóia um lápis sobre o papel e sente sua mão escrever sem que ele exerça qualquer ação muscular, dá-se o que os psiquistas chamam escrita automática ou passiva: ela difere quase sempre da escrita habitual do médium. (O psiquismo experimental, P.l, cap3, p.42)

ESCRITA DIRETA

É esta a expressão empregada para designar a escrita que não é produzida por nenhuma das pessoas presentes. (Fatos Espíritas, Escrita direta, p.43)

Há ainda os médiuns que obtêm a escrita direta; estes, porém, são poderosamente dotados. A escrita direta consegue-se de diversas maneiras: ou em papel colocado sob as vistas do observador, ou oculto; este papel cobre-se instantaneamente pela escrita. (...)

Outra espécie de escrita direta obtém-se com o auxílio de um lápis escrevendo sozinho em papel ou em ardósia. ( ... ) (O Espiritismo, cap.7, p.116)

(...) escrita feita diretamente e pelos Espíritos, sem ação notória de mão, ora porém com utensílios gráficos visíveis (lápis, grafite), ou sem eles. (Hipnotismo e mediunidade, P.2, cap.2, p.l48)

Ver também PNEUMATOGRAFIA: ESCRITA ESPECULAR

( ... ) [Escrita] em sentido inverso do normal, ( ... ) escrita "especular", que, para ser lida, precisa refletir-se num espelho. ( ... ) (Xenoglossia, Automatismo escrevente, p.9l)

ESCRITA MEDIÚNICA

(...) O sensitivo, sob um impulso oculto, traça no papel comunicações, mensagens em cuja redação o seu pensamento e vontade apenas tiveram parte mínima. ( ... ) (Cristianismo e Espiritismo, cap.9, p.179)

ESCRITA SEMIMECÂNICA

(...) neste caso, o braço e o cérebro são igualmente influenciados; as palavras surgem ao pensamento do médium no próprio momento em que as traça o lápis. ( ... ) (Cristianismo e Espiritismo, cap.9, p.179)