BUSCANDO  A  FRENTE

Emmanuel

Todavia, andemos de acordo com o que já alcançamos. - Paulo.

(Filipenses, 3:16.)

 

Disse Paulo: prossigo para o alvo. .. em se referindo às conquistas supremas do espírito.

Baseados em semelhante afirmativa, numerosos aprendizes do Evangelho pretendem justificar aventuras e inovações temerárias a que se confiam. Imaginam programas fantasiosos de trabalho ou mudanças precipitadas de orientação espiritual e endereçam-se ao apóstolo Paulo, procurando apoio evangélico para as atitudes extravagantes que assumem.

Vale, porém, reexaminar sempre como é que o amigo da gentilidade seguia para o alvo.

Paulo marchava para frente, fiel à retaguarda em tudo aquilo que a retaguarda possuía de útil e bom, grande e santo. Caminhava para diante honorificando os compromissos abraçados, adiantava-se no tempo sem perder a visão da tarefa que prometera realizar. Não propunha realizações prematuras nem se entregava a sonhos marginais. Andava na trilha espinhosa dos deveres que traçara a si mesmo, perante o Cristo, buscando a meta sem contradições ou discrepâncias.

 Se a sede de progresso te escalda o raciocínio, lembra-te realmente de Paulo e acompanha-lhe os exemplos no serviço renovador, mas avança para a vanguarda sem fugir ao sentido e à disciplina dos princípios edificantes que esposaste, no encalço da Vida Superior.       Não nos será lícito esquecer que o apóstolo da gentilidade, no versículo 14 do capítulo 3 da epístola dedicada por ele aos filipenses, grafou as suas inesquecíveis palavras de entusiasmo e esperança: prossigo para o alvo. . .; entretanto, no versículo 16 do mesmo documento evangélico não deixou de prevenir-nos, sensatamente: todavia, andemos de acordo com o que já alcançamos.

 

Mensagem psicografada por Francisco Cândido Xavier. Do livro “Bênção de Paz"