NA  TRILHA  DO  MESTRE

Emmanuel

 

Partindo Jesus dali, viu um homem, chamado Mateus, sentado na coletoria, e disse-lhe:
Segue-me! Ele se levantou e seguiu.

( Mateus, 9:9.)

 

É importante verificar que o Mestre não estabelece condições para que o discípulo lhe compartilhe a jornada.

Não pergunta se ele se julga dotado com a força conveniente...

Se é fraco de espírito...

Se é demasiado imperfeito...

Se sofre em família...

Se possui débitos a solver...

Se padece tentações...

Se está acusado de alguma falta...

Se retém valores de educação...

Se é rico ou pobre de possibilidades materiais...

O Senhor diz apenas segue-me, como quem afirma que, se o aprendiz se dispõe realmente a segui-lo, será suprido de socorros eficientes, em todas as suas necessidades.

A lição é clara e expressiva. Reflitamos nela para que não venhamos permanecer na sombra da indecisão.

 

(Mensagem psicografada por Francisco Cândido Xavier. Do livro “Bênção de Paz"- Edição GEEM)