PARNASO  DO  ALÉM  TUMULO

 

 

 

 

À GUISA DE PREFÁCIO

FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER

DE PÉ, OS MORTOS!

ABEL GOMES

TEMOS JESUS

A.G.

MORTE

ALBÉRICO LOBO

DO MEU PORTO

ALBERTO DE OLIVEIRA

JESUS - AJUDA E PASSA - DO ÚLTIMO DIA

ALFREDO NORA

CARTA LIGEIRA

ALPHONSUS DE GUIMARÃES

AOS CRENTES -REDIVIVO - SINOS - SANTA VIRGO VIRGINUM

ALMA EROS

O CÁLICE  - O IRMÃO

ÁLVARO TEIXEIRA DE MACEDO

DEPOIS DA FESTA

AMADEU (?)

O MISTÉRIO DA MORTE

AMARAL ORNELAS

AVE MARIA - O TEMPO

ANTERO DE QUENTAL

CIÊNCIA ÍNFIMA - RAINHA DO CÉU - À MORTE - DEPOIS DA MORTE - SONETO I

- O REMORSO - SONETO II - DEUS - CONSOLAI - CRENÇA - NÃO CHOREIS

MÃO DIVINA - ALMAS SOFREDORAS - SUPREMO ENGANO - INCOGNOSCÍVEL

FATALIDADE - ESTRANHO CONCERTO

ANTÔNIO NOBRE

QUADRAS DE UM POETA MORTO - DO ALÉM - SONETO - AO MUNDO

À MOCIDADE

ANTÔNIO TORRES

ESQUIFE DO SONHO - NADA

ARTUR AZEVEDO

MINIATURAS DA SOCIEDADE ELEGANTE

AUGUSTO DE LIMA

O DOCE MISSIONÁRIO - O SANTO DE ASSIS

AUGUSTO DOS ANJOS

VOZ DO INFINITO - VOZES DE UMA SOMBRA - VOZ HUMANA - ALMA

ANÁLISE - EVOLUÇÃO - HOMO - INCÓGNITA - EGO SUM - DENTRO DA NOITE

HOMEM-CÉLULA - NA IMENSIDADE - “ALTER EGO” - AOS FRACOS DA VONTADE

AO HOMEM - MATÉRIA CÓSMICA - RAÇA ADÂMICA  - A SUBCONSCIÊNCIA

ESPÍRITO - VIDA E MORTE - NOS VÉUS DA CARNE - HOMEM DA TERRA

NAS SOMBRAS - CONFISSÃO - HOMEM VERME - GRATIDÃO A LEOPOLDINA

CIVILIZAÇÃO EM RUÍNAS - A LEI - A UM OBSERVADOR MATERIALISTA

ANTE O CALVÁRIO - ATUALIDADE

AUTA DE SOUZA

ALMAS DILACERADAS - CONTRASTES - MÁGOA - HORA EXTREMA = EM PAZ

EM ÊXTASE - MÃE - PRECE - ADEUS - ALMAS - ALMAS DE VIRGENS

CARTA ÍNTIMA - MARIA - MENSAGEM FRATERNA - VINDE - O SENHOR VEM...

B. LOPES

MIRAGENS CELESTES - CROMOS

BATISTA CEPELOS

SONETOS

BELMIRO BRAGA

RIMAS DE OUTRO MUNDO - BILHETES - QUADRAS

BITTENCOURT SAMPAIO

À VIRGEM I - À MARIA  - AS FILHAS DA TERRA - À VIRGEM II

CARMEN CINIRA

MINHA LUZ - AOS ESPÍRITOS CONSOLADORES - CIGARRA MORTA

ERA UMA VEZ... - À JUVENTUDE - O VIAJOR E A FÉ - O SINAL -

NA NOITE DE NATAL

CASIMIRO CUNHA

NA ETERNA LUZ - ANJINHOS - ASCENSÃO - QUADRAS - SUPREMACIA DA CARIDADE VERSOS - SÍMBOLO - PENSAMENTOS ESPÍRITAS - SOMBRA E LUZ

O BEIJO DA MORTE - O ENGANO - FLORES SILVESTRES -

AO MEU CARO QUINTÃO1 - ESPIRITISMO - AOS COMPANHEIROS DA DOUTRINA

CASIMIRO DE ABREU

À MINHA TERRA - À TERRA - LEMBRANÇAS - RECORDANDO

CASTRO ALVES

MARCHEMOS - A MORTE

CORNÉLIO BASTOS

NÃO TEMAS

CRUZ E SOUZA

ANSIEDADE -HERÓIS - AOS TORTURADOS - A SEPULTURA - ANJOS DA PAZ

ALMA LIVRE2 - “GLORIA VICTIS” - NOSSA MENSAGEM - ORAÇÃO AOS LIBERTOS

CÉU - AOS TRISTES - BELEZA DA MORTE - MENSAGEIRO - SE QUERES

À DOR - SOFRE - EXALTAÇÃO - VOZES - SONETO - GLÓRIA DA DOR -

QUANTA VEZ - CARIDADE - IDE E PREGAI - RENÚNCIA - TUDO VAIDADE -

OUVI-ME - FELIZES OS QUE TÊM DEUS - GLÓRIA AOS HUMILDES -

AOS TRABALHADORES DO EVANGELHO

EDMUNDO XAVIER DE BARROS

VIDA - DIANTE DA TERRA

EMÍLIO DE MENEZES

EU MESMO - AOS MEUS AMIGOS DA TERRA

FAGUNDES DE VARELA

IMORTALIDADE

GUERRA JUNQUEIRO

O PADRE JOÃO - CARIDADE - ROMARIA - ETERNA VITIMA - A UM PADRE

“UM QUADRO DA QUARESMA”

GUSTAVO TEIXEIRA

A SÃO PEDRO DE PIRACICABA

HERMES FORTES

SONETO - MINHA VIDA  - POEMA DA AMARGURA E DA ESPERANÇA

IGNÁCIO JOSÉ DE ALVARENGA PEIXOTO

REDIVIVO

JESUS GONÇALVES

ANJO DE REDENÇÃO

JOÃO DE DEUS

LÁGRIMAS - O CÉU - MORRER - O MAU DISCÍPULO - NA ESTRADA DE DANASCO

PARNASO DE ALÉM-TÚMULO - ANGÚSTIA MATERNA - LAMENTOS DO ÓRFÃO

O LEPROSO - BONDADE - ORAÇÃO - A FORTUNA - ORAÇÃO - ALÉM

SONETO - A PRECE - FRATERNIDADE - LEMBRAI A CHAMA - ETERNA MENSAGEM

NO TEMPLO DA EDUCAÇÃO - NA NOITE DE NATAL

JOSÉ DO PATROCÍNIO

NOVA ABOLIÇÃO

JOSÉ DURO

AOS HOMENS - SONETO

JOSÉ SILVÉRIO HORTA

ORAÇÃO

JÚLIO DINIZ

O ESPOSO DA POBREZA - POESIA - AVES E ANJOS

JUVENAL GALENO

POBRES - SEXTILHAS - DE CÁ

LEÔNCIO CORREIA

SAUDADE

LUCINDO FILHO

SEM SOMBRAS

LUIZ GUIMARÃES JUNIOR

SONETO - VOLTANDO

LUIZ MURAT

ALÉM AINDA

LUIZ PISTARINI

NO ESTRANHO PORTAL

MARTA

NUNCA TE ISOLES - UNIDADE - NO TEMPLO DA MORTE - JESUS

LEMBRA-TE DO CÉU - AO PÉ DO ALTAR - MÃE DAS MÃES

MUCIO TEIXEIRA

HONRA AO TRABALHO

OLAVO BILAC

JESUS OU BARRABÁS? - SONETO - NO HORTO - O BEIJO DE JUDAS - O LIVRO

A CRUCIFÌCAÇÃO - AOS DESCRENTES - IDEAL - RESSURREIÇÃO - BRASIL

PEDRO DE ALCÂNTARA

MEU BRASIL - NO EXÍLIO  - ROGATIVA - SONETO - PÁGINA DE GRATIDÃO

ORAÇÃO DO CRUZEIRO - BANDEIRA DO BRASIL - BRASIL DO BEM - BRASIL

RAIMUNDO CORREIA

SONETO

RAUL DE LEONI

LUTA - NA TERRA - SONETO - NÓS... - “POST MORTEM.” - SONETO

RODRIGUES DE ABREU

VI-TE, SENHOR - NO CASTELO ENCANTADO

SOUZA CALDAS

ATO DE CONTRIÇÃO - VERSÃO DO SALMO 12 - VERSÃO DO SALMO 18

UM DESCONHECIDO

MEDITANDO - O NOBRE CASTELÃO - NESGA DE CÉU

VALADO ROSAS

AOS MEUS IRMÃOS - NA PAZ DO ALÉM