A MEDIUNIDADE SEM LÁGRIMAS

CONSELHOS OPORTUNOS

Neste trabalho que se vão ler tratam de um dom profundo do Espírito humano encarnado: o dom da mediunidade. Por meio dele entraremos em contato com os Espíritos, ou seja, com os desencarnados, aqueles que já, em corpo carnal, habitaram a Terra, conviveram conosco, e partiram para a pátria espiritual, invisível para nós.

E como o explorador terreno que, antes de se aventurar a uma região desconhecida e que lhe compete explorar, aparelha-se com os petrechos e informações que lhe facilitem a tarefa, e o protejam dos riscos a que possa estar exposto, assim aquele que vai contatar-se com os Espíritos deve precaver-se contra os perigos a que se expõe. Posto que não sejam instrumentos materiais, são, contudo, de suma importância, e sem os quais poderá frustrar-se em sua tarefa.

Os instrumentos a que nos referimos são: intelectuais, morais, espirituais, e materiais.

Os instrumentos intelectuais resumem-se num só: o estudo. O estudo das obras básicas da Doutrina Espírita deve ser uma constante na vida do médium; Kardec, Delanne, Dénis, Bozzano, oferecem as bases reais do Espiritismo, a que se juntam atualmente as obras de novos autores, quer nacionais, quer estrangeiros através de excelentes traduções, e publicadas por editoras de alta responsabilidade. O estudo desenvolve no médium o discernimento, isto é, a capacidade de julgar.

Os instrumentos morais consubstanciam-se na conduta do médium; uma conduta moralizada protege-o contra os Espíritos ignorantes e maldosos, que porventura procurem embaraçá-lo no desempenho de sua mediunidade, e fá-lo contar com o auxílio dos bons Espíritos. Onde quer que esteja, o médium deve ser um exemplo de moralidade, porém, sem afetação. E importante que se livre de vícios, por menores que sejam. E essencial também que o médium não se engolfe demasiadamente na vida social. Uma vida social intensa poderá trazer-lhe perturbações, além de interferir em seus deveres espirituais.

O instrumento espiritual de que o médium deve munir-se é a fé. Não a fé cega, fanática, que a nada conduz, nada ilumina, nada constrói; mas a fé raciocinada, a fé que não duvida, e não duvida porque sabe, e sabe porque estuda. Como diz Emanuel em seu livro "Fonte Viva": "A fé, na essência, é aquele embrião de mostarda do ensinamento de Jesus que, em pleno crescimento, através da elevação pelo trabalho incessante, se converte no Reino Divino, onde a alma do crente passa a viver." E Kardec, em seu "O Evangelho Segundo o Espiritismo", nos ensina: "A fé robusta nos confere a perseverança, a energia, e os recursos necessários para a vitória sobre os obstáculos, tanto nas pequenas, quanto nas grandes coisas."

Por instrumentos materiais entendemos o trabalho do médium para ganhar honestamente o seu pão de cada dia, segundo sua profissão, evitando ambição excessiva, e desejos imoderados. Ao médium não é proibido lutar para ter mais e melhor, materialmente falando; entretanto se conseguir pouco, contentar-se com esse pouco; se for agraciado com riquezas, lembrar-se continuamente de que não é mais do que um mordomo dos bens do Senhor; evitará assim o peso das preocupações materiais, um tropeço ao bom desempenho mediúnico.

Eliseu Rigonatti

..O AMOROSO APELO..
..A comunicação entre os encarnados e os desencarnados
..A MEDIUNIDADE
..OS MÉDIUNS
..MÉDIUNS DE EFEITOS FÍSICOS
..MÉDIUNS FALANTES
..MÉDIUNS ESCREVENTES
..MÉDIUNS AUDIENTES
..MÉDIUNS VIDENTES
..MÉDIUNS INTUITIVOS
..MÉDIUNS INSPIRADOS
..Dá de graça o que de graça recebeste
..O APARECIMENTO DA MEDIUNIDADE
..O DESENVOLVIMENTO DA MEDIUNIDADE
..EXERCÍCIOS
..OS HABITANTES DO MUNDO ESPIRITUAL
..A LEI DA AFINIDADE MORAL
..HIGIENE FÍSICA E MENTAL
..O PROTETOR DO MÉDIUM
..QUALIDADES DE UM BOM MÉDIUM
..O QUE FAZ UM MÉDIUM FRACASSAR
..A SUSPENSÃO DA MEDIUNIDADE
..A LEI DA AFINIDADE FLUÍDICA
..OS FLUÍDOS
..A CURA PELO ESPIRITISMO
..OS REMÉDIOS ESPIRITUAIS
..MÉDIUNS CURADORES
..A FÉ E A PRECE
..NÃO ESPEREMOS TUDO DOS OUTROS
..A OBSESSÃO
..A CURA DA OBSESSÃO
..A POSSESSÃO
..A CURA DA POSSESSÃO
..Considerações gerais sobre as obsessões
..A DOUTRINAÇÃO
..QUALIDADES DE UM DOUTRINADOR
..OS CENTROS ESPÍRITAS
..AS SESSÕES ESPÍRITAS
..CORRENTE E SEMICORRENTE
..AS SESSÕES DE PROPAGANDA
..As sessões de desenvolvimento de médiuns
..AS SESSÕES DE CURAS ESPIRITUAIS
..AS SESSÕES DE CURAS DE OBSEDADOS
..Considerações gerais sobre as sessões Espíritas
..O BOM TRABALHADOR
..CONCLUSÃO