DO SISTEMA NERVOSO
À MEDIUNIDADE

PREFÁCIO

O movimento espírita muito deve ao dr. Ary Lex, que há mais de 40 anos vem realizando um trabalho ingente de preservação da pureza doutrinária. Trabalhador de primeira hora, figura austera, dedicada e de grande inteligência, fez um trabalho, como ele próprio afirma, de arrancar os tocos da gleba para que outros expositores pudessem arrotear e plantar as sementes do ensino dos Espíritos e do Evangelho de Jesus. Ele próprio, embora possuidor do dom da oratória fácil, preferiu ficar com a árdua tarefa, muitas vezes antipática do crítico, do policiador que fala apontando erros doutrinários e abrindo os olhos do entendimento aos espíritas ainda presos às práticas exteriores, dogmas e fantasias.

Deste difícil trabalho, dr. Ary Lex editou o seu primeiro livro espirita "Pureza Doutrinária", que sem sombra de dúvida é uma obra necessária e de imprescindível estudo e reflexão. Obra editada pela Edições FEESP, da Federação Espírita do Estado de São Paulo, é livro de estudo obrigatório na sua Área de Ensino, no curso de Expositores e recomendada para todos os Centros Espíritas.

No campo profissional, dr. Ary Lex é médico cirurgião. Foi diretor do Centro Cirúrgico do Hospital das Clínicas, de 1946 a 1978, diretor dos Ambulatórios, de 1980 a 1983 e Diretor executivo do instituto Central das Clínicas, de 1983 a 1985, cargo no qual se aposentou. E autor do livro 'Biologia Educacional", editado pela Cia. Editora Nacional, com mais de 20 edições, autor do livro "Hérnias, usado nas faculdades de Medicina.

Com a autoridade de professor titular de Biologia Educacional, Biologia II e Neuro-físico-anatomia e expositor, pesquisador, estudioso da Doutrina Espírita é que o dr. Ary Lex traz a lume esta magnífica obra "Do Sistema Nervoso a Mediunidade", resultado do seu profícuo trabalho.

Partindo da premissa de que o Espírito é o agente responsável por toda vida mental e que dele partem o comando e o controle do corpo biológico, o autor estabelece a ponte de união com a mediunidade através do Sistema Nervoso, salientando as íntímas relações entre a atividade mental e as funções dos órgãos e por ação das glândulas endócrinas, que com seus hormônios, inundam praticamente todo o organismo e, por meio de mecanismos extremamente complexos, comandam o funcionamento dos órgãos, dentro da mais perfeita harmonia.

Capítulos importantes seguem-se ao estudo do Sistema Nervoso e Glândulas Endócrinas: Perispírito, o Transe, Animismo e Espiritismo, Mediunidade, os Fluidos, o Tratamento Espiritual e as Operações Espirituais.

A seqüência dos assuntos abordados, de forma didática e pedagógica, mostra a longa experiência de professor. Senão vejamos. Nos dois primeiros capítulos o leitor conhecerá à luz da ciência oficial os complexos mecanismos do sistema nervoso e das glândulas Endócrinas que comandam os órgãos e aqueles, por sua vez, são comandados pelo espírito através do perispírito, corpo intermediário entre a alma e o corpo físico, assunto este estudado no terceiro capítulo. A partir daí a compreensão dos estados de transe e os fenômenos anímicos e mediúnicos que são os temas seguintes tornam-se de fácil assimilação.

Em seguida, enfeixando a obra, o autor faz um magnífico estudo sobre "Fluidos" para introduzir o leitor no estudo das terapias espíritas através dos passes e cirurgias espirituais.

A linguagem é do professor que ensina e o conteúdo digno de um pesquisador, estudioso da Doutrina Espírita. Escreve com naturalidade, concisão e clareza, tornando a obra de cunho científico-doutrinário de fácil leitura e compreensão.

Participou ativamente por mais de 40 anos do Conselho Deliberativo da Federação Espírita do Estado de São Paulo e da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, foi fundador da Associação Médico Espírita de São Paulo - AME-SP, onde exerceu o cargo de presidente. Pertenceu à comissão de Doutrina da FEESP, desfeita em 1985, que tínha a finalidade de analisar as obras espíritas editadas ou a editar, nos aspectos doutrinário e da estilística. Com a proliferação exagerada de obras novas editadas no meio espíríta e sem a atuação daquela comissão à qual pertenceu o dr. Ary Lex, que era considerada muito exigente mas, ao nosso ver muito necessária, lamentavelmente hoje há inúmeras obras que, ao invés de bem divulgar a Doutrina Espírita, estão prestando um desserviço a causa espírita.

A FEESP, somente em 1993, através de sua Área de Divulgação reativou a comissão de Doutrina com novos elementos, entretanto, deve haver por volta de 500 títulos editados e não analisados nos 7 anos que se passaram ...

Que o trabalho do dr. Ary Lex seja um exemplo de ideal espírita a ser seguido por todos aqueles que amam a Doutrina Espírita e desejam vê-la bem compreendida, vivenciada e respeitada.

Para mim, prefaciar o livro do grande Dr. Ary Lex é uma honra imerecida, que agradeço do fundo de minh'alma. Humildemente.

Júlia Nezu Oliveira

..CAPÍTULO I - CONTROLES ORGÂNICOS
..CAPÍTULO II - GLÂNDULAS ENDÓCRINAS
..CAPÍTULO III - PERISPÍRITO
..CAPÍTULO IV - O TRANSE
..CAPÍTULO V - ANIMISMO E ESPIRITISMO
..CAPÍTULO VI - MEDIUNIDADE
..CAPÍTULO VII -OS FLUÍDOS
..CAPÍTULO VIII -O TRATAMENTO ESPIRITUAL
..CAPÍTULO IX - AS OPERAÇÕES ESPIRITUAIS