ESPÍRITOS E MÉDIUNS

PREFÁCIO

Mais um lançamento gráfico do Centro Espírita Léon Denis. Desta feita, um importante livro de Léon Denis, inexplicavelmente ainda não traduzido para o vernáculo. Pelo menos todas as fontes consultadas foram unânimes em declarar desconhecer qualquer trabalho neste sentido.

Neste livro, que é valiosa contribuição de Léon Denis para aclarar o trato do Espiritismo experimental, temos muito o que aproveitar (não fosse seu autor um homem habituado a lidar com médiuns e espíritos).

De uma leitura atenta podemos extrair inúmeras lições que nos ajudarão a compreender facetas das comunicações mediúnicas - lições que só o tempo dá.

Todos os Capítulos são importantes, mas, todo aquele que quer compreender melhor o que se passa nos momentos da prática mediúnica, muito terá a aprender com a leitura do Capítulo IV, Prática da Mediunidade. Ali vemos expostos, de maneira simples e objetiva, vários procederes que, se usados, ajudarão aos médiuns, aos diretores de grupos e de centros espíritas no exercício da prática mediúnica.

A recomendação da oração e do recolhimento, antes do início da reunião; a impregnação fluídica que deve acontecer antes de todas as sessões; os pensamentos divergentes que formam correntes fluídicas desencontradas; a análise dos dois maiores obstáculos que o médium tem a vencer: o espírito de lucro e o orgulho; o resultado de uma segura atitude moral; a absorção dos fluidos dos mundos superiores, enfim, o esforço que os médiuns devem fazer, continuadamente, para merecerem a assistência dos bons espíritos ali estão expostos de maneira prática e objetiva.

No Capítulo V, Léon Denis, com a clareza que lhe é peculiar, faz uma análise minuciosa da mediunidade mostrando-nos que ela é a "reveladora das potências da alma".

Ele nos fala, com detalhes, do fenômeno da incorporação contando, inclusive, casos ocorridos com ele próprio. Talvez, dos escritores espíritas considerados "clássicos", Léon Denis seja o único que se detém sobre este tipo de mediunidade.

Será interessante, também, lermos o Capítulo 22 do livro No Invisível, do mesmo autor, comparando-o com o Capítulo III de Espíritos e Médiuns.

Finalizando, transcrevemos a opinião de Gaston Luce sobre Espíritos e Médiuns, expressa em seu livro Vida e Obra de Léon Denis, à página 180:

"No mesmo ano, foi publicado o opúsculo de propaganda Espíritos e Médiuns, com 70 páginas, esse trabalho, como o Além e a Sobrevivência do Ser, é uma contribuição ao Espiritualismo Experimental, enriquecida de novas observações e de conselhos relativos à mediunidade".

Altivo Carissimi Phampiro

CAPÍTULO I -
O ESPIRITUALISMO EXPERIMENTAL
CAPÍTULO II -
OS FENÔMENOS ESPÍRITAS
CAPÍTULO III -
NATUREZA DA MEDIUNIDADE
CAPÍTULO IV -
PRÁTICA DA MEDIUNIDADE
CAPÍTULO V -
ANÁLISE DA MEDIUNIDADE