A DOENÇA TE ALCANÇOU?

Ao lançar novas luzes em todas as áreas do conhecimento, a Doutrina dos Espíritos também esclarece sobre as causas e o desenvolvimento das moléstias que atingem a humanidade.

A medicina acadêmica, por muito tempo, considerou a saúde como sendo um quadro resultante da harmonia na organização física, capaz de garantir a estabilidade para os indivíduos.

Com o Espiritismo, porém, o campo de visão se alarga para outras fronteiras, revelando que o espírito constitui o fulcro causal de todas as ações no mundo material.

Sob esta visão, constata-se que enfermidades de variada ordem têm sua gênese no ser espiritual.

Os tratamentos clássicos são de grande importância, porém, cabe ao ser espiritual proporcionar a rearmonização do todo, a fim de que, debelando um efeito, não surjam outros, com raízes nas mesmas causas.

Hoje, a medicina psicossomática já reconhece a ação do pensamento sobre o corpo físico. Admite que a desorganização mental ou as oscilações emocionais constantes são capazes de levar a quadros patológicos no corpo físico.

Cabe ao Espiritismo alertar sobre a importância do pensamento na origem das doenças, bem como na cura das enfermidades.

Se a doença te alcançou, não te deixes levar pelo medo nem pelo desânimo. O poder do teu pensamento é capaz de colaborar no restabelecimento da tua saúde.

Fecha os olhos e, em silêncio, mentaliza o revigoramento de todas as células do teu corpo. Imagina que todos os fatores causadores da dor estão sendo drenados. Enxerga, na tela mental o teu físico pleno de vitalidade e deixa-te levar por essa convicção.

Aos poucos, as partículas da organização material se farão sensíveis à energia da tua mente, favorecendo a cura, conforme os desígnios superiores.

Lembra que toda enfermidade é passageira e deixa lições para o espírito imortal.

Nos instantes de dúvida e medo, deixa-te levar pela prece sincera, que nos eleva às esferas superiores, onde não há dor nem aflição.

Joaqum de S. Ribeiro