CRUZ DAS ALMAS

PREFÁCIO

Jesus subiu ao madeiro para mostrar humildade perante os homens.

Subiu também para exemplificar-lhes o perdão em qualquer circunstância.

Subiu ainda para mostrar o que pode fazer de benéfico o sacrifício de um ser superior para com um ser inferior.

Mas o sacrifício pelo sacrifício nada vale.

O próprio Jesus disse: Misericórdia, e não sacrifício!

A própria oportunidade da reencarnação é um ato de misericórdia do Pai.

Mas quantos e quantos seguem ignorando tal bênção ofertada pelo Criador!

E, por não saberem o sentido real da vida, seguem fincando cruzes de crueldade pelos caminhos...

O homem é senhor de sua própria cruz
.

É o artífice que fá-la maior ou menor, mais pesada ou mais leve.

Então não haverá de reclamar ao Pai se teima em desconsiderar as belezas das leis divinas, se prefere o fel ao mel da existência.

A porta para o reino do Pai é estreita, mas são poucos os que o entendem e se aventuram a perpassar por ela.

E, ao depois, encorpando a sua cruz, mais e mais difícil se torna transpor tal estreita porta da virtude.

As almas seguem carregando a sua cruz e sentindo-a muito dolorosa porque ainda não compreenderam que a dor tem o tamanho de sua ignorância, do seu orgulho, da sua relutância em seguir o róseo atalho do amor.

Amando é que devagar se vão eliminando as cruzes das almas!

Amando é que tudo se vai tornando mais belo, mais agradável, mais digno de ser sentido e admirado!

Este livro propõe uma reflexão maior em torno das atitudes humanas, em torno do valor do perdão como o único caminho à paz das consciências.

Porque não ama quem não aprende a perder!

Os Editores

..1 - DA CRUZ AOS CÉUS
..2 - O PREPARO REENCARNATÓRIO
..3 - NO LABORATÓRIO
..4 - REMINISCÊNCIAS DE JERÔNIMO
..5 - LIÇÕES MARAVILHOSAS
..6 - PROBLEMAS COM ZIBELE
..7 - A SITUAÇÃO SE COMPLICA
..8 - APARIÇÕES ASSUSTADORAS
..9 - UM NOVO PADRE..
..10 - MOMENTOS DE ENLEVO
..11 - A CAPELA..
..12 - A REVIRAVOLTA
..13 - MISSIONÁRIA DO AMOR