ALIANÇA DE SANGUE

1 - PREFÁCIO

Nosso Meste Maior, Jesus de Nazaré, não tinha uma pedra onde repousar a cabeça.

Entretanto, tomados de suas necessidades de sobrevivência, os homens se fixam nas coisas, se agarram excessivamente às próprias necessidades, exageram os cuidados para consigo mesmos, para com a família.

Da necessidade de sobreviver o homem dá expansão ao seu egoísmo, a deste nasce a ambição.

No intuito de garantir para a própria família a condição da subsistência, o maior conforto possível, o homem arregaça as mangas, desafia a terra, propõe uma parceria com a natureza e arranca-lhe o que pode arrancar, o que lhe pode dar lucro.

Ora, se um homem e uma família fazem isso, outro homem e outra família também o fazem.

E às vezes o caminho de um se cruza com o caminho do outro.

Aí então o egoísmo que se tornou ambição extrapola para o egoísmo que se torna discórdia.

O homem cria as suas necessidades, escraviza-se ao supérfluo, quando, às suas vistas cegas, a natureza dadivosa se mostra uma mãe pródiga que deixa que os lírios se vistam imaculados nos campos e as aves voejem livres e alegres pelos céus...

Este livro é a história repetida, mas nem sempre bem assimilada na sua alertante lição, da ambição humana que se fez em episódios de discórdia.

Ato a ato, o egoísmo vai estabelecendo o seu campo de ação e, por demais envolvidas, as criaturas não se dão conta do abismo que cavam aos próprios pés.

E então uma aliança de sangue, firmada como risível questão de honra, se transforma numa tragédia condenável pela sabedoria de Deus.

Este novo trabalho mediúnico, intermediado por João Berbel, retorna ao passado remobo do nosso Brasil para mostrar que o ouro valioso que devemos buscar é aquele da concórdia e do amor, da renúncia e do desapego atrativos enganosos da matéria.

Os Editores

..1 - VIDAS E MORTES PELO OURO
..2 - ATRAÍDOS PELO OURO
..3 - AMBIÇÃO GERA AMBIÇÃO
..4 - PACTO ENTRE JOVENS
..5 - NOVA MINA, NOVAS MORTES
..6 - ARMA-SE UMA BATALHA
..7 - ARMADILHAS E REPRESÁLIAS

..8 - CONTINUA O PESADELO

..9 - REFORÇO E REPRESSÃO
..10 - ENFIM A ITÁLIA
..11 - TRISTE EPÍLOGO
..12 - DE UM PLANO AO OUTRO
..13 - NO TRIBUTO DA CONSCIÊNCIA
..14 - VÍTIMAS DOS PRÓPRIOS ATOS..
..15 - A JÓIA MAIS PRECIOSA