AMAZONAS DA NOITE

1 - Prefácio

O verdadeiro homem de bem ê aquele que pratica a lei de justiça, de amor e caridade, na sua maior pureza. Se interroga a sua consciência sobre os próprios atos, pergunta se não violou essa lei, se não cometeu o mal, se fez todo o bem que podia, se não deixou escapar voluntariamente uma ocasião de ser útil, se ninguém tem do que se queixar dele, enfim, se fez aos outros tudo aquilo que queria que os outros fizessem por ele.
(O Evangelho Segundo o Espiritismo — Capítulo XVII- Sede Perfeitos — Item 3-0 Homem de Bem)

O trabalho que realizamos, no socorro aos sofredores do orbe, muito nos tem auxiliado na compreensão das próprias limitações.

Observando e refletindo sobre tudo o que vivenciamos, também nos modificamos, pois as informações que nos chegam, a necessidade de pesquisar e raciocinar em benefício de outrem, engrandecem-nos o intelecto, possibilitando assim formoso aprendizado, que ansiamos em aplicar de maneira altruística e amorosa.

O trabalho que ora iniciamos origina-se da necessidade de educação primeira do espírito, como ser atuante no mundo em que habita e não mais restrito a uma forma egocêntrica e alheia aos que nos cercam; experiência essa que vivemos tanto como espíritos encarnados quanto como desencarnados, visualizando, sobretudo, a imortalidade de todos nós, em constante processo de reeducação.

Os terríveis processos obsessivos, atualmente, em caráter epidêmico sobre o globo, quando entendidos e esclarecidos, passam de transtornos dolorosos a ferramentas de evolução e de auxílio aos mais necessitados.

Aquele que sucumbiu ao assédio dos mais ignorantes, quando acordado pela necessidade de debelar a dor, oferece ao parasita a oportunidade de refletir sobre as transformações observadas e, se for de sua escolha, também de tomar um novo rumo, que com certeza será o caminho do progresso moral, e não apenas o do intelecto, desenvolvido em busca de conhecimentos da matéria visível a cada um, segundo suas possibilidades.

As descobertas filosóficas e científicas acontecem tanto de acordo com as necessidades da humanidade, como também com a capacidade de absorvê-las, em um primeiro momento, não raras vezes de maneira egoísta e doentia, para em seguida trilhar os caminhos éticos exigidos pela dor latente que, tão logo assimilados, passam a mavioso processo de evolução moral.

A humanidade caminha para um futuro promissor em felicidade, mesmo que, ao observarmos os acontecimentos divulgados escandalosamente pelos meios de comunicação, sintamos que a sociedade estagnou em terrível processo doentio; porém, acordemos o otimismo e modifiquemos as lentes de nossa visão, para que possamos enxergar além da superfície do ser.

Todo processo de mudança é doloroso porque demanda o abandono de velhos e arraigados hábitos comportamentais e de sentimentos que nos fazem sofrer, ainda que na medida do tolerável, além de nos exigir enfrentar o novo mundo interior que aflora do mais íntimo de nossos sentimentos, e que nos assusta a ponto de preferirmos a certeza da não felicidade à dúvida da existência de um mundo rico em realizações.

Fortaleçamo-nos na fé grandiosa do conhecimento de nossa origem divina, na certeza de sermos deuses, à semelhança do Pai amado.

Façamo-nos a caridade de espiar nossa mente em busca de nobres pensamentos, que nos arremessarão ao maravilhoso mundo do sentir-se feliz.

Acreditemos no amanhã, doce promessa de alegre caminhar ao ser eterno.

Deus nos ampare nessa bendita trilha de amor.

Ribeirão Preto, 11 de janeiro de 2009. Vinícius (Pedro de Camargo)

..1 - TENTATIVA DE AUXÍLIO
..2 - NA SERRA DA CANTAREIRA
..3 - AS AMAZONAS DA NOITE
..4 - TRÁGICA NOTÍCIA
..5 - UMA ESPECIAL FLOR
..6 - DA DOR, UMA ESPERANÇA
..7 - UM POUCO DE CONFORTO
..8 - O FUROR DE PENTESILEIA
..9 - AUXÍLIO BEM-VINDO
..10 - SUPERAÇÃO
..11 - BELIGERÂNCIA AMOROSA
..12 - DOLOROSAS LEMBRANÇAS
..13 - AMOR E TEMPESTADE
..14 - MISSÃO QUASE IMPRATICÁVEL
..15 - A REVELAÇÃO DE UM DOLOROSO SEGREDO
..16 - DESAPARECIDOS
..17 - MAIS UMA VEZ NA CIDADELA
..18 - ESCLARECIMENTO ESPIRITUAL
..19 - REAPARECIDOS
..20 - TRANSPLANTE DE MEDULA
..21 - O INSENSATO GABRIEL
..22 - REDENÇÃO?
..23 - UMA VEZ COMO ESSA NÃO PODE SE PERDER
..24 - UM TRISTE DESENCARNE
..25 - REDENÇÃO, E UM POUCO MAIS
..26 - ABENÇOADO CÍLICIO
..27 - AURORA