O PORTAL DA IMORTALIDADE

1 - PREFÁCIO

Quando mergulhamos no mundo da escravatura brasileira, temos o impacto de um tempo de muita lágrima, muito sangue derramado cruelmente pela mão dos poderosos.

Tempo de trevas para a humanidade! Tempo de vergonha para a História do Brasil!

Contudo, foi também um abençoado tempo de um aprendizado maior em torno da alta moralidade dos seres.

Ao lado da vida mais sofrida, onde a liberdade humana era tolhida em graus avantajadíssimos, tivemos nesse período a reencarnação de almas grandiosas, de espíritos luminosos que desceram à Pátria do Evangelho para amparar aqueles que penavam na vida sórdida das senzalas.

Este livro é um espelho desse fator de depuração das almas oportunado pelo palco da escravatura.

Aqui desfilam criaturas maravilhosas, a exemplo de Pai João, aquele homem extraordinário que fez o ambiente da escravidão se iluminar grandemente, elevando a moralidade dos irmãos negros, exaltando a fé cristã, sobrelevando os valores da humildade, da renúncia, da resignação.

Penetrando por esse campo de provação, de desencontros, de sofrimentos acerbos, esta obra mostra os caminhos de liberdade alcançados com sacrifício pelos irmãos africanos, bem como o grande conhecimento que manifestavam quanto ao contato com o mundo de além-túmulo, onde emergiam ações maravilhosas dos guias espirituais, tudo direcionando para o bem de todos.

Assim, é imperioso concluir que tudo está sob uma perfeita administração da Espiritualidade, que sabe encaminhar à harmonia as ações dos seres em provação.

Também ressumbra desta emocionante história verídica o poder da justiça e bondade divinas, marcando cada ação e reação das criaturas a braços com as lições da moralidade.

Se a trajetória terrena é uma trajetória de aprendizado do amor, a escravatura foi uma poderosa universidade nesse currículo que nos leva a Deus.

Então, que o leitor saiba valorizar tal verdade e tal conclusão, entendendo que cada momento é a oportunidade de refletir, analisar e, sobretudo, amar.

Os Editores

2 - DOS GUILHÕES Â LUZ

O homem, experimentado em vários sentidos da vida, enfrenta o mundo da escravidão, onde os fracos eram dominados pelo poder dos grandes homens.

No cerrado de tanta devastação, o homem buscava na força bruta dos irmãozinhos da África a mão que derrubaria as florestas, plantaria canaviais, alavancando o orgulho do progresso na força dos engenhos, fazendo com que a doce seiva do mel da cana se transformasse em açúcar para adoçar a vida dos irmãos europeus.

Aprisionados no Portal da Imortalidade, esses homens desfilavam no palco da escravidão, mostrando as luzes de novos rincões, para que o homem melhor entendesse que a luz maior vem do poder de Deus e que Jesus foi o Mensageiro maior do
Portal da Imortalidade.

Henrique

..1 - CAMPO DA TRISTEZA

..2 - NOVO LAR
..3 - A FUGA
..4 - CRESCE A FAMA
..5 - OS VALORES DE KADU
..6 - O SEQUESTRO
..7 - CATARINA RETORNA
..8 - A CURA DO CORONEL
..9 - O PADECIMENTO DE CHICA
..10 - OBSESSÃO E PROBLEMAS
..11 - DIFERENÇAS E REENCONTROS
..12 - CÂNTICOS E PRECES
..13 - EM TÔRNO DE KADU
..14 - A MARAVILHA DO REECONTRO
..15 - CENÁRIOS DE BÊNÇÃOS