CENTROS DE FORÇA

1 - QUAL O PAPEL DOS CENTROS DE FORÇA PARA A VIDA ORGÂNICA?

RESP.: O homem, cujo universo orgânico se nutre e se mantêm pela absorção de energias que irradiam de infinitas fontes cósmicas, desde o Sol, a mais próxima, a que precedem do fundo do espaço infindo, acrescentando-se ainda as energias produzidas pelo meio físico. Essas energias são absorvidas pelos chamados "CENTROS VITAIS" ou "CENTROS DE FORÇA", pois, assim como o corpo físico possui seus órgãos fundamentais que lhe regulam a vida material, o corpo perispiritual possui de forma equivalente, determinados fulcros de energia denominados "centros de força".

2 - QUAIS AS FUNÇÕES DOS CENTROS DE FORÇA CORONÁRIO E FRONTAL?

RESP.: CORONÁRIO: Localizado na região central do cérebro: a - assimila os estímulos do Plano Superior;
b - orienta o metabolismo orgânico;
c - supervisiona os outros centros vitais.
FRONTAL: situado na fronte: a - ordena a vasta rede de processos de manifestações da inteligência;
b - viabiliza as atividades dos órgãos dos sentidos, administrando assim o sistema nervoso e o sistema endócrino.

3 - O QUE FAZER PARA MANTER OS CENTROS DE FORÇA HARMONIZADAS?

RESP.: Através da qualidade de nossos pensamentos equilibram-se as forças vitais, ao passo que viciação da mente desarmoniza os centros de força. Disto decorre a importância da elevação dos pensamentos no sentido de imprimir qualidade aos fluxos energéticos que assimilamos dos mananciais do universo. Pensamentos saudáveis vitalizam o corpo físico, ao mesmo tempo que dinamizam os centros de força que ordenam a vasta rede dos processos de manifestação da inteligência.