SONÂMBULISMO, ÊXTASE, DUPLA VISTA

1 - O SONAMBULISMO NATURAL TEM RELAÇÃO COM OS SONHOS? COMO EXPLICÁ-LO?

RESP.: É um estado de independência da alma, mais completo que no sonho; então as faculdades adquirem maior desenvolvimento. A alma tem percepções que não atingem no sonho, que é um estado de sonambulismo imperfeito.

2 - O CHAMADO SONAMBULISMO MAGNÉTICO TEM RELAÇÃO COM O SONAMBULISMO NATURAL?

RESP.: É a mesma coisa, com a diferença de ser provocado.

3 - QUAL É A NATUREZA DO AGENTE CHAMADO FLUIDO MAGNÉTICO?

RESP.: Fluido vital, eletricidade animalizada, que são modificações do fluido universal.

4 - QUAL É A CAUSA DA CLARIVIDÊNCIA SONAMBÚLICA?

RESP.: Já o dissemos: é a alma que vê.

5 - COMO O SONÂMBULO PODE VER ATRAVÉS DOS CORPOS OPACOS?

RESP.: Não há corpos opacos, senão para os vossos órgãos grosseiros. Já dissemos que, para o Espírito, a matéria não oferece obstáculos, pois ele a atravessa livremente. Com frequência ele vos diz que vê pela testa, pelo joelho, etc.., porque vós, inteiramente imersos na matéria, não compreendeis que ele possa ver sem o auxílio dos órgãos, e ele mesmo, pela vossa insistência, julga necessitar desses órgãos. Mas, se o deixásseis livre, compreendíreis que vê por todas as partes do corpo, ou, para melhor dizer, é fora do corpo que ele vê.

6 - POIS SE A CLARIVIDÊNCIA DO SONÂMBULO É A DA SUA ALMA OU DO SEU ESPÍRITO, POR QUE ELE NÃO VÊ TUDO E POR QUE SE ENGANA TANTAS VEZES?

Resp.: Primeiro, não é dadod aos Espíritos imperfeitos tudo ver e tudo conhecer; sabes muito bem que eles ainda participam dos vossos erros e dos vossos preconceitos; e, depois, quando estão ligados à matéria, não gozam de todas as suas faculdades de Espíritos. Deus deu ao homem esta faculdade com um fim útil e sério, e não para que ele aprenda o que não deve saber; eis porque os sonâmbulos não podem dizer tudo.

7 - QUAL É A FONTE DAS IDÉIAS INATAS DO SONÂMBULO, E COMO PODE ELE FALAR COM EXATIDÃO DE COISAS QUE IGNORA NO ESTADO DE VIGÍLIA, E QUE ESTÃO MESMO ACIMA DE SUA CAPACIDADE INTELECTUAL?

RESP.: Acontece que o sonâmbulo possui mais conhecimentos do que lhe reconheceis, somente que eles se encontram adormecidos, porque o seu invólucro é bastante imperfeito para que ele possa recordá-los. Mas, em última análise, o que é o sonâmbulo? Um Espírito encarnado, como vós, para cumprir a sua missão, e o estado em que ele entra o desperta desse letargo. Nós já te dissemos repetidamente que revivemos muitas vezes; e essa mudança é que faz o sonâmbulo perder materialmente o que conseguiu aprender na existência precedente. Entrando no estado a que chamas crise, ele se lembra, mas sempre de maneira incompleta; ele sabe, mas não poderia dizer de onde lhe vem o conhecimento, nem como o possui. Passada a crise, toda a lembrança se apaga e ele volta à obscuridade.

8 - COMO EXPLICAR A VISÃO À DISTÂNCIA, EM ALGUNS SONÂMBULOS?

RESP.: A alma não se transporta, durante o sono? O mesmo se verifica no sonambulismo.

9 - O DESENVOLVIMENTO MAIOR OU MENOR DA CLARIVIDÊNCIA SONAMBÚLICA DEPENDE DA ORGANIZAÇÃO FÍSICA OU DA NATUREZA DO ESPÍRITO ENCARNADO?

RESP.: De uma e de outra; há disposições físicas que permitem ao Espírito libertar-se mais ou menos facilmente da matéria.

10 - AS FACULDADES DE QUE O SONÂMBULO DESFRUTA SÃO AS MESMAS DO ESPÍRITO APÓS A MORTE?

RESP.: Até certo ponto, pois é necessário ter em conta a influência da matéria, a que ele se acha ligado.

11 - O SONÂMBULO PODE VER OS OUTROS ESPÍRITOS?

RESP.: A maioria os vê muito bem; isso depende do grau e da natureza da lucidez de cada um; mas às vezes ele não compreende, de início, e os toma por seres corporais. Isso acontece, sobretudo, com os que não têm nenhum conhecimento do Espiritismo; eles ainda não compreendem natureza dos Espíritos, o fato os espanta, e é por isso que julgam estar vendo pessoa viva.

12 - O SONÂMBULO QUE VÊ A DISTÂNCIA, VÊ DO LUGAR EM QUE ESTÁ O SEU CORPO, OU DAQUELE EM QUE ESTÁ A SUA ALMA?

RESP.: Por que esta pergunta, pois se é a alma que vê, e não o corpo.

13 - SENDO A ALMA QUE SE TRANSPORTA, COMO PODE O SONÂMBULO EXPERIMENTAR NO CORPO AS SENSAÇÕES DE CALOR OU DE FRIO DO LUGAR EM QUE SE ENCONTRA A SUA ALMA, ÀS VEZES BEM LONGE DO CORPO?

RESP.: A alma não deixou inteiramente o corpo; permanece sempre ligada a ele pelo laço que os une, e é esse laço o condutor das sensações. Quando duas pessoas se correspondem entre uma cidade e outra, por meio da eletricidade, é esta o laço entre os seus pensamentos; é graças a esta que elas se comunicam, como se estivessem uma ao lado da outra.

14 - O USO QUE UM SONÂMBULO FAZ DA SUA FACULDADE INFLUI NO ESTADO DO SEU ESPÍRITO, APÓS A MORTE?

RESP.: Muito bem, como o uso bom ou mau de todas as faculdades que Deus concedeu ao homem.

15 - QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ÊXTASE E O SONAMBULISMO?

RESP.: O êxtase é um sonambulismo mais apurado; a alma do extático é ainda mais independente.

16 - O ESPÍRITO DO EXTÁTICO PENETRA REALMENTE NOS MUNDOS SUPERIORES?

RESP.: Sim, ele os vê e compreende a felicidade dos que os habitam; é por isso que desejaria permanecer neles. Mas há mundos inacessíveis aos Espíritos que não estão bastante depurados.

17 - QUANDO O EXTÁTICO EXPRIME O DESEJO DE DEIXAR A TERRA, FALA SINCERAMENTE, E NÃO O RETÉM O INSTINTO DE CONSERVAÇÃO?

RESP.: Isso depende do grau de depuração do Espírito; se ele vê a sua posição futura melhor que a vida presente, faz esforços para romper os laços que o prendem à Terra.

18 - SE ABANDONARMOS O EXTÁTICO A SI MESMO, SUA ALMA PODERIA ABANDONAR DEFINITIVAMENTE O CORPO?

RESP.: Sim, ele pode morrer, e por isso é necessário chamá-lo, por meio de tudo o que pode prendê-lo a este mundo, e sobretudo fazendo-lhe entrever que, se quebrasse a cadeia que o retém aqui, seria esse o verdadeiro meio de não ficar lá, onde vê que seria feliz.

19 - HÁ COISAS QUE O EXTÁTICO PRETENDE VER E QUE SÃO EVIDENTEMENTE O PRODUTO DE UMA IMAGINAÇÃO EXCITADA PELAS CRENÇAS E PRECONCEITOS TERRENOS. TUDOO QUE ELE VÊ NÃO É ENTÃO REAL?

RESP.: O que ele vê é real para ele; mas, como o seu Espírito está sempre sob a influência das idéias terrenas, ele pode ver à sua maneira, ou, melhor dito, exprimir-se numa linguagem de acordo com os seus preconceitos e com as idéias em que foi criado, ou com as vossas, a fim de melhor se fazer compreender. É sobretudo nesse sentido que ele pode errar.

20 - QUAL O GRAU DE CONFIANÇA QUE SE PODE DEPOSITAR NAS REVELAÇÕES DOS EXTÁTICOS?

RESP.: O extático pode enganar-se muito frequentemente, sobretudo quando ele que penetrar aquilo que deve permanecer um mistério para o homem, porque então se abandona às suas próprias idéias ou se torna joguete de Espíritos enganadores, que se aproveitam do seu entusiasmo para o fascinar.

21 - QUE CONSEQUÊNCIAS SE PODEM TIRAR DOS FENÔMENOS DO SONAMBULISMO E DO ÊXTASE? NÃO SERIAM UMA ESPÉCIE DE INICIAÇÃO À VIDA FUTURA?

RESP.: OU, melhor dito, é a vida passada e a vida futura que o homem entrevê. Que ele estude esses fenômenos, e neles encontrará a solução de muitos mistérios que a sua razão procura inutilmente penetrar.

22 - OS FENÔMENOS DO SONAMBULISMO E DO ÊXTASE PODERIAM ACOMODAR-SE AO MATERIALISMO?

RESP.: Aquele que os estuda de boa-fé e sem prevenções não pode ser materialista nem ateu.

23 - O FENÔMENO DESIGNADO PELO DE "DUPLA VISTA" TEM RELAÇÃO COM O SONHO E O SONAMBULISMO?

RESP.: Tudo isso não é mais do que uma mesma coisa. Isso a que chamas dupla vista é ainda o Espírito em maior liberdade, embora o corpo não esteja adormecido. A dupla vista é a vista da alma.

24 - A DUPLA VISTA É PERMANENTE?

RESP.: A faculdade,sim; o seu exercício, não. Nos mundos menos materiais que o vosso, os Espíritos se desprendem mais facilmente e se põem em comunicação apenas pelo pensamento, sem excluir, entretanto, a linguagem articulada; também a dupla vista é para a maioria uma faculdade permanente; seu estado normal pode ser comparado ao dos vossos sonâmbulos lúcidos, e essa é também a razão por que eles se manifestam a vós mais facilmente do que os encarnados de corpos mais grosseiros.

25 -A DUPLA VISTA SE DESENVOLVE ESPONTANEAMENTE OU PELA VONTADE DE QUEMA POSSUI?

RESP.: Na maioria das vezes é espontânea, mas a vontade também muitas vezes desempenha um grande papel. Assim, podes tomar por exemplo certas pessoas chamadas leitoras da sorte, algumas das quais possuem essa faculdade, e verás que a vontade as ajuda a entrar no estado de dupla vista e nisso a que chamas visão.

26 - ESTA FACULDADE SE LIGA À ORGANIZAÇÃO FÍSICA?

RESP.: Por certo, a organização física desempenha o seu papel; há organismos que se mostram refratários.

27 - DE ONDE VEM QUE A DUPLA VISTA PAREÇA HEREDITÁRIA EM CERTAS FAMÍLIAS?

RESP.: Similitude de organizações, que se transmite, como as outras qualidades físicas; e depois, desenvolvimento da faculdade, por uma espécie de educação, que também se transmite de um para outro.

28 - É VERDADE QUE CERTAS CIRCUNSTÂNCIAS DESENVOLVEM A DUPLA VISTA?

RESP.: A doença, a proximidade de um perigo, uma grande comoção, podem desenvolvê-la. O corpo se encontra às vezes num estado particular, que permite ao Espírito ver o que não podeis ver com os olhos do corpo.

29 - AS PESSOAS DOTADAS DE DUPLA VISTA SEMPRE TÊM CONSCIÊNCIA DISSO?

RESP.: Nem sempre; para elas, é coisa inteiramente normal, e muitas dessas pessoas acreditam que, se todos observassem nesse sentido, perceberiam ser como elas.

30 - PODER-SE-IA ATRIBUIR A UMA ESPÉCIE DE DUPLA VISTA A PERSPICÁCIA DE CERTAS PESSOAS QUE, SEM NADA TEREM DE EXTRAORDINÁRIO, JULGAM AS COISAS COM MAIS PRECISÃO QUE AS OUTRAS?

RESP.: É sempre a alma que irradia mais livremente e julga melhor do que sob o véu da matéria.

31 - ESTA FACULDADE PODE, EM CERTOS CASOS, DAR A PRESCIÊNCIA DAS COISAS?

RESP.: Sim; ela dá também os pressentimentos, porque há muitos graus desta faculdade, e o mesmo indivíduo pode ter todos os graus ou não ter mais do que alguns.