SAUDADE

Saudade - luz doce e fria,
Nenhuma ciência elucida
Espinho em forma de flor.
Onde a saudade é mais forte:
Um retrato da alegria
Se nas lágrimas da vida,
Emoldurado de dor.
Se nos júbilos da morte.
..
Lívio Barreto
Soares Bulcão
   
Saudade - angústia que embala,
Saudade - sombra erradia
Tem um ponto impertinente;
Que envolve a gente na estrada,
Quem sente, às vezes não fala,
Lembra chuva mansa e fria
Quem fala, às vezes não sente.
Numa casa destelhada.
..
Roberto Correia
Targélia Barreto
   
Ventura ! - riqueza d'alma
Depois da morte, a saudade
Que atirei pela janela.
É um muro não sei de quê:
Saudade! - retrato vivo
De um lado a pessoa enxerga,
Do bem que se foi com ela.
Do outro lado ninguém vê.
..
Artur Ragazzi
Da Costa e Silva
..  
No Espaço, imenso e vibrante,
Ventura - riso que passa
Saudade da alma que anseia
E nunca se identifica.
Parece canção distante
Saudade - dor que não passa
Em noite de lua cheia.
Daquilo que passa e fica.
..
Maciel Monteiro
Da Costa e Silva
..  
Quem da Ciência duvida,
Saudade, doce esperança,
Decerto tem que aprender.
Consolo de quem quer bem...
Quem diz que não há saudade,
Visão da felicidade
Que morra para saber.
Que faz que vem mas não vem.
..
Da Costa e Silva
Antonio Azevedo
..  
A saudade, além do mundo,
No Além, a saudade mora,
Na alegria da amplidão,
Com todo o fel que ela tem,
Parece espinho cravado
Nas dores da alma que chora
No cerne do coração.
O afeto que nunca vem.
..
Da Costa e Silva
Maciel Monteiro
.  
Saudade!... O "S" do início
Saudade - felicidade
Já tem dores a contento...
Que chorando se entretém...
Sonho, sede, solidão,
Ninguém sabe o que é saudade
Sacrifício, sofrimento...
Enquanto a morte não vem.
..
Francisco F.Basto
Lauro Pinheiro
.