ATO DE SUBMISSÃO E RESIGNAÇÃO1

Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Pai amantíssimo! Eu sei, Senhor, que todo sofrimento tem uma causa útil e justa. Submisso, pois, aceito a aflição que acabo de suportar e todas as que, de futuro, me possam sobrevir como espiação de minhas faltas passadas e provas para o progresso do meu ser espiritual.

Bons Espíritos, que vos dignais proteger-me para suportá-las sem reclamar, ensinai-me a aproveitá-las como avisos e conselhos salutares que, aumentando minha experiência, me levem a combater em mim o orgulho, a ambição, a inveja, o ciúme, a tola vaidade e o egoísmo e, dessa forma, possa eu tirar proveito para meu adiantamento moral.