OUTRA PARA OS ANJOS GUARDIÕES

Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Espíritos amantíssimos, anjos guardiões, aos quais Deus, em sua misericórdia infinita, permite velar pela pobre humanidade, sede meus protetores nas provas da vida terrena. Dai-me força, coragem, resignação; inspirai-me fé, caridade, amor e tudo o que é bom; detende-me no declive do mal.

Consenti que a doce influência do vosso saber e das vossas virtudes penetre em minha alma, alente e esclareça a meu ser; fazei com que eu possa sentir em cada um de vós um amigo desvelado e caridoso que, a meu lado, compreenda os meus sofrimentos e participe das minhas alegrias.

E vós, ..... que considero meu particular protetor, inspirai-me a fé que salva, o amor que consola, a caridade que vivifica, para que eu possa suportar, com paciência e reconhecimento, as provas que aprouver a Deus enviar-me e, por elas, saber descortinar o meu passado e esforçar-me por conquistar um melhor futuro.