POR UM SUICIDA

Meu Deus! Vossa infinita bondade permitiu que os homens pudessem conhecer a horrível sorte reservada aos que violam vossas leis, pondo, voluntariamente, termo aos seus dias, mas também, Senhor, por essa mesma bondade, melhor compreendermos, hoje vosso infinito amor, vossa ilimitada misericórdia, e por isso, eu vos peço, bom Pai, para que a vossa clemência atinja a alma de.....

Possam minhas preces, unidas à vossa comiseração adoçar o amargor dos sofrimentos que ela suporta por não ter tido a coragem de esperar, resignada, o fim de suas provas terrestres!

Bons Espíritos, que tendes a missão de assistir aos infelizes, tomai-a sob vossa proteção, inspirai-lhe pesar e arrependimento de sua falta e, oxalá, vossa assistência lhe dê o necessário ânimo para, com mais fé e maior resignação, suportar as novas provas que as leis da divina justiça lhe destinem para reparação de sua fraqueza.

Desviai de junto dela os maus Espíritos, que poderiam induzí-la ao mal, prolongando-lhe seus sofrimentos e fazendo-lhe perder o fruto de suas futuras provas.

Irmão, cuja infelicidade é objeto desta prece, permita Deus que minha comiseração possa mitigar o amargor da vossa situação atual e germinar em vós a esperança de um melhor futuro que de vossas resoluções depende.

Confiai na bondade de Deus nosso Pai, cujo seio está sempre aberto para derramar os eflúvios do seu amor sobre os arrependidos, até mesmo pelos que são endurecidos no mal, os quais, logo que o confessam amam e adoram.