CAMPO BIOMAGNÉTICO
BIBLIOGRAFIA
01- PSIQUISMO: FONTE DA VIDA, PAG. 35 02 - TRANSCOMUNICAÇÃO INSTRUMENTAL, PAG. 23

LEMBRETE: O NÚMERO DA PÁGINA PODE VARIAR DE ACORDO COM A EDIÇÃO DA OBRA CITADA.

CAMPO BIOMAGNÉTICO – COMPILAÇÃO

01 - CAMPO BIOMAGNÉTICO

Para a concepção de um aparelho capaz de produzir o campo biomagnético – CBM, Andrade partiu de duas hipóteses de trabalho:

1) Supondo-se que o CBM seja o campo que liga o Espírito à matéria orgânica a fim de vivificá-la, deverá existir também um CBM na própria matéria física. A pesquisa teórica acerca desta hipótese acha-se relatada na obra de Andrade intitulada Psi Quântico (Uma Extensão dos Conceitos Quânticos e Atômicos à Idéia do Espírito). (Andrade, 1986, capítulos VI e VII). A esse respeito ele postulou que o CBM, na matéria, é gerado pelo movimento dos elétrons nas camadas orbitais dos átomos (opus cit. pp. 122 e 123). Neste caso o CBM não seria registrável em nosso espaço físico. Por outro lado, ele se propagaria para fora do nosso espaço, em direção ao hiperespaço.

Explicando tal hipótese com um pouco mais de precisão diremos que, em um modelo geométrico, teríamos de referir-nos a um sistema de quatro eixos referenciais (x, y, z, h)) todos perpendiculares entre si, definindo um espaço de quatro dimensões (4D). Três desses eixos (x, y, z) correspondentes ao nosso espaço físico (3D). O quarto eixo (h) indicaria a direção seguida pelo campo biomagnético – CBM – gerado pelos elétrons em suas camadas orbitais nos átomos físicos.

Andrade chegou à conclusão de que, nas condições de movimento dos elétrons, raciocinando-se com o auxílio de um modelo de Bohr para o átomo, as órbitas eletrônicas funcionariam como “solenóides”. O movimento dos elétrons nesses “solenóides” equivaleria a correntes elétricas. Logo, as órbitas eletrônicas seriam sedes de intenso campo magnético. Assim, por exemplo, o campo magnético gerado pelo único elétron na órbita fundamental (primeira órbita) de um átomo de hidrogênio não excitado seria, aproximadamente, da ordem de cento e vinte e cinco mil Oersted! Como este campo magnético não aparece nos átomos, pois o ferro magnetismo é devido ao “spin” dos elétrons, Andrade concluiu que ele está “compensado”. Esta compensação teria como resultado uma espécie de tensão mecânica do espaço vazio do mesmo tipo que se obteria contrapondo-se os dois pólos de mesmo nome de dois ímãs. Uma bobina esférica poderia imitar as condições dos átomos em seu interior, quando se fizesse circular uma corrente elétrica contínua pela bobina esférica.

Portanto, se criarmos, em uma dada região do nosso espaço, um tensionamento por meio de dois ou mais ímãs ou eletroímãs contraposto por seus pólos de mesmo nome, poderemos produzir um campo semelhante ao campo biomagnético.

2) A segunda hipótese seria criarem-se, também, condições idênticas à do tensionamento do espaço vazio (repulsão) contrapondo-se, da mesma forma, pólos idênticos de ímãs ou eletroímãs? Neste caso, procura-se simplesmente criar um efeito contrário ao de ímãs dispostos com os pólos de nomes contrários frente a frente (atração).

Ambos os raciocínios (1) e (2) anteriores se equivalem. O segundo é mais simples e inteligível. Com efeito, se a região entre os pólos de nomes contrários dos ímãs ou eletroímãs, em atração, é capaz de inibir o desenvolvimento de alguns processos biológicos, a região onde ocorre a repulsão entre pólos de mesmo nome poderia favorecer o desenvolvimento daqueles mesmos processos biológicos.

Andrade postulou que, na região onde se dá a repulsão entre os pólos magnéticos de mesmo nome, deveria criar-se um outro campo com propriedades biológicas, resultante da alteração das condições físicas do espaço-tempo. Ao provocar a repulsão magnética entre pólos iguais, tem-se uma reação semelhante à de um fluido elástico ao ser tencionado por compressão.

Daí o nome adotado para designar o aparelho destinado a produzir o referido efeito no espaço entre pólos semelhantes: Tensionador Espacial Eletromagnético – T.E.E.M., quando se usam magnetos ativados por corrente elétrica contínua.

Quando são empregados ímãs de alto poder coercitivo, usa-se a designação: Tensionador Espacial Magnético – TEM. Este sistema é mais funcional e prático. Por esta razão, Hernani abandonou o sistema T.E.E.M. e passou a empregar o T.E.M. que foi desenvolvido pelo Engenheiro Ricardo de Godoy Andrade.

RETROSPECTO

As primeiras experiências efetuadas com o T.E.E.M., com o objetivo de detectar a existência do suposto Campo Biomagnético - CBM foram realizadas por H. G. Andrade, em São Paulo, com a colaboração do Dr. Gilberti Moreno e Dr. Roberto Yanaguita da Faculdade de Medicina Veterinária, da Universidade de São Paulo. Conforme postula Andrade em sua teoria este suposto Campo Biomagnético seria o agente de ligação entre o Modelo Organizador Biológico (MOB) do Espírito e a matéria orgânica de um ser vivo. O CBM possibilitaria a ação morfogenética do MOB sobre a matéria orgânica do ser vivo em desenvolvimento. A ligação do Espírito se faria logo no início do ser em formação. No caso das bactérias, por exemplo, o MOB controlaria as fases da mitose. Nos seres superiores, o MOB ligar-se-ia ao ovo e acompanharia a evolução embrionária, fetal, corporal, etc., continuando como sustentáculo da forma e da renovação celular do ser adulto, durante toda a sua vida.

O CBM seria o meio de ligação entre o MOB e o corpo material, constituindo aquilo que se denominaria corrente de alma do ser vivo. (Andrade, H.G. - ver Espírito, Perispírito e Alma – Ensaio Sobre O Modelo Organizador Biológico).

A morte se daria com a saída do Espírito, o qual abandonaria o soma, por não haver mais condições de manter os laços entre o Espírito e o corpo físico. A ausência da ação mantenedora do MOB através do CBM acarretaria a desorganização dos tecidos e a consequente histólise celular, seguida da decomposição do cadáver. (Andrade, 1983, 1984, 1986).

Conforme registrado, nas últimas experiências feitas por H. G. Andrade e seus colaboradores em Bauru, foi empregado o Tensionador Espacial Magnético – T.E.M. Os resultados finais sugeriram que, na Câmara de Campos Compensados (CCC) do T.E.M., criou-se um campo estimulador dos processos biológicos; mais especificamente, um CBM. Andrade presume que seja o mesmo campo implicado na ligação do Espírito com a matéria orgânica dos seres vivos, no processo da reencarnação.

Diz Andrade, em vista das características do meio de obtenção do referido campo e dos seus efeitos sobre o crescimento das culturas de bactérias, parece razoável a suposição de que se trate realmente do CBM postulado pelos vitalistas e, ao que parece detectado por ele.

“Admitindo”-se que todo ser vivo, seja qual for, desde os vírus, as biomoléculas, as bactérias, até os animais superiores e, inclusive os vegetais, possui um fator que o anima e o organiza mediante um CBM, teremos dado um passo para explicar o surgimento da vida em nosso planeta.

“Complementado tal hipótese de trabalho, poderíamos explicar também a evolução biológica, acrescentando às teorias de Darwin, Mendel e Morgan a hipótese da reencarnação”

Diz Andrade, “reconhecemos que a nossa proposta poderá parecer excessivamente otimista ou mesmo ingênua? Especialmente porque ela envolve um postulado ainda negado pela Ciência oficial: a existência do Espírito.”

Dois anos antes de seu desencarne, Andrade já passou a outros grupos o seu know-how. Agora resta aguardar os resultados e o que a criatividade desses grupos irá produzir daqui para frente.

Por Y. Shimizu e S. Hashizume

02 - CAMPO BIOGANÉTICO

INTRODUÇÃO
Magnetismo

Todos nós conhecemos esse fenômeno da força magnética, pois desde a infância na escola ou em casa aprendemos a movimentar objetos metálicos através dessas simples brincadeiras.

Imã - possui a propriedade de magnetizar, imantar um metal, alinhando-o de acordo com os pólos norte e sul da terra, em razão das grandes quantidades geomagnéticas existentes em seu interior, pelo elemento de número 26, (Fe) ferro, mas com elevada proporção de carbono C.

Quando descobriram as polaridades dos imãs foi grande o avanço da navegação na época da Popa dos barcos à vela, através da bússola servindo-lhes, sobretudo de guia nos grandes mares.
Recentemente cientistas descobriram que certas espécies de animais tais como: pombos, tartarugas, lagostas, e até mesmo as baleias, todos, conseguem se locomover e se orientar, nos espaços aquáticos e aéreos do planeta, devido ao biomagnetismo.

Durante a Segunda Guerra Mundial, os pombos-correios eram utilizados para conduzir mensagens. Os cientistas acreditavam que o homem e os animais possuíam minérios como de magnetita em seus cérebros, e que isso poderia lhes orientar na trajetória magnética planetária.

Acreditava-se que o homem teria pertencido ao reino aquático e que também possuía magnetita(composto inorgânico) nas células dos ossos, dentes e neurônios, cristais e minerais que pelo desuso, esse sexto sentido desapareceu ou atrofiou-se.Mas atualmente a ciência comprovou que o biomagnetismo é provocado pela atividade elétrica intra-celular, logicamente nela está presente a (ATP) Adenosina tri- fosfato. Vale lembrar que o ser humano possui aproximadamente 100 (cem) bilhões de neurônios, e 3 (três) trilhões de células, pesquisas atuais com a glândula pineal tem encontrado grandes quantidades de Cálcio e Silício, sendo este último um semicondutor elétrico, espécie de transistor(microchip) que pode facilitar o fenômeno da mediunidade.

O sangue humano é vermelho, em razão da grande quantidade de ferro, ao passo que o sangue dos crustáceos é azul em razão, da grande quantidade de cobre.

O ferro que hoje possuímos em nossos corpos, em épocas anteriores já pertenceram às estrelas do Universo.

Poderia o amor a paixão, o ódio, a atração sexual, entre dois seres estarem ligados ao magnetismo?

Poderia então os passes magnéticos, as curas e até mesmo a mediunidade estarem ligados também a esse fenômeno de atração e repulsão?

Poderia existir um aparelho como a bússola para medir essas vibrações?

Será que essas ondas eletromagnéticas da física seriam as mesmas que ocorrem com os sentimentos das pessoas, e sobretudo com as curas espirituais?

A ressonância magnética revolucionou atualmente a Medicina em seus diagnósticos, pode-se até filmar o pensamento humano. O IRM humano é um sofisticado aparelho que amplia mais de 5 (cinco) vezes a força gravitacional da terra, a qual é da ordem de 9,8 m/seg., pode-se ver no cérebro determinadas cores de acordo com as doenças mentais a saber: epilepsia, convulsões súbitas, distúrbios da consciência, esquizofrenia catatônica, psicose, paranóia, enfim doenças nervosas do cérebro.

A física, a mecânica quântica, a engenharia elétrica, a informática do século XXI, então nem se fala. Quando assistimos ao filme, e despertamos as lágrimas da emoção, por trás daquela fita existe a magnetita, quando ouvimos uma música que sensibiliza nossos mais sublimes sentimentos pela combinação dos infinitos acordes musicais, nela também está presente essa propriedade chamada magnetita.

Bill Gates, milionário aproximou os continentes e o mundo através da internet (computador). Um trem magnético levita sobre os trilhos e pode alcançar até 500 Km/hr. Já se pensa em criar aeronaves que levitam sobre a ação da gravidade.

Se não existissem as forças gravitacionais e magnéticas em nosso planeta, nós não teríamos existido ( haveria ausência dos ossos).

Os corpos hoje mantidos ao 0º C(zero absoluto) = -273ºC abaixo de 0º zero grau, podem possuir maior condutividade através do elétron, maior será o seu campo magnético conduzindo-se corpos não metálicos levados à levitação desafiando-se assim a força gravitacional.
O peixe elétrico produz eletricidade, armazenando-a em forma de uma bateria para usá-la como autodefesa.Explosões nucleares no Sol produzem grandes quantidades de nuvens eletromagnéticas que podem prejudicar o magnetismo terrestre interferindo na comunicação elétrica do planeta as quais produzem a aurora boreal.

“Mas quando eles O viram andar sobre o mar, acreditaram que era um fantasma e deram grandes gritos.

Porque todos O viram e perturbaram-se; logo falou com eles e disse; tende; tende bom ânimo, sou eu, não temais.”
Jesus ando sob as águas (Marcos cap. 6 vers. 49 e 50)

Da pesquisa

Considerações hipotéticas apenas baseadas em observações:
Explicar esses fenômenos de curas cirúrgicas, mediunidade, passes, etc., não é nada fácil, pois estão acima de nossa compreensão humana e acima da ciência oficial. Mas baseado nas obras de André Luiz, psicografada pelo saudoso médium Francisco Cândido Xavier em “Mecanismo da Mediunidade” e também do saudoso cientista Dr. Ernani Guimarães Andrade, em “Espirito Perispírito e Alma; Psi Quântico, Morte Renascimento Evolução e outros, posso com o devido respeito apresentar as minhas humildes observações.

Nas páginas de números: 64, 65, 66, 67, 68, 69, 70 da referida obra de Hernani Guimarães Andrade, ele fala da natureza magnética e o campo biomagnético (CBM) existente no Espírito . Apresenta uma comparação com as linhas de força do campo magnético rodeando uma barra imantada e na outra figura fala do ovo auriço formado pelas linhas de força do campo biomagnético, resultando: o duplo etérico, aura interna e aura externa .

Assunto sem dúvida de difícil análise, mas André Luis deixa claro que embora haja uma similitude de nossa matéria com a “matéria” espiritual, essas são formadas matéria psi elementos atômicos mais complicados e sutis, chamados “psiatômos “, que como os elétrons também produzem um campo biomagnético num perispírito. Obra: (Xavier F.C e Vieira W - Evolução em dois mundos, espírito André Luiz) outras obras como: Mecanismo da Mediunidade, o maior repórter do plano espiritual fala da existência de um aparelho chamado Psicoscópio, capaz de medir ondas e vibrações dos corpos perispirituais, bem como de regiões ambientais daquele plano.

Seria o que nós chamamos aqui de Magnetômetro ou Gaussímetro aparelho moderníssimo inventado pelos Russos que consegue captar as variações de vibrações mentais e ambientais. Uma espécie de bússola que identifica matéria Quintessenciada, a qual escapa de nossos sentidos.

Certa feita pensei em colocar uma sensível bússola dentro da Câmara de Passes no interior da Casa espírita, mas depois conclui que o magnetismo existente na vida espiritual e no perispírito não é o mesmo relatado pela nossa física. Lá os “átomos” são formados pelos “psiátomos”, portanto outra espécie de elétrons e campo magnético por eles formados.

Entretanto, estamos pesquisando fenômenos com sensíveis variáveis de um campo magnético.

OBS: Magnetita: mineral monométrico, óxido de ferro fortemente magnético, minério de ferro.

Por isso quando entramos em um túnel as ondas de rádio desaparecem.

Magnetismo: designação comum as propriedades características dos campos e das substâncias magnéticas. Influência de um indivíduo na vontade de outro (obsessão). Propriedade de atrair, de encantar, atratividade, fascinação, encantamento.( Paixão, amizade, amor...)

Elétron: criado pelo cientista inglês G. Johnstone Stoney em 1881, partícula fundamental na constituição dos átomos e moléculas portadoras da menor quantidade de carga elétrica livre que se conhece com massa igual 1/1837 vezes a massa do próton, spin ½ carga igual a 1,60x10 -1º C.

Mas, Jesus conhecia todas as propriedades e particularidades da matéria, pois era um cientista de todas as ciências, porem não podia falar sobre isso aos homens brutos da época, então por meio de parábolas falava da ciência divina.
“Se vos falei de coisa terrestres, e não crestes, como crereis se vos falar das celestiais”...? João capitulo 3, versículo 12

Pesquisa com Campo Eletromagnético.

Objetivo:

A)Identificação de pessoas através da força eletromagnética do coração;

B)Identificação de rios subterrâneos no solo brasileiro;

C)Identificação de atividades paranormais caudadas por aparições de espíritos.

Pesquisadores: Cientistas com formação em geofísica, física, eletrônica, geologia e demais áreas das ciências.
Aparelhos: Sensores, Osciloscópios, Medidores, Identificadores de Variações Geomagnéticas ( Gaussímetros).
Albert Einstein em 1905 descobriu a teoria da relatividade especial principalmente devido a descoberta do eletromagnetismo.

Porém todos imãs formam um campo de indução que é medido em Gaus, os quais podem influenciar o ambiente onde vivemos, como por exemplo: movimento de uma chama de uma vela, atração de bolhas de sabão e até impedir a proliferação do desenvolvimento de colônias de bactéria e ratos.

Dr. Hernani Guimarães Andrade, cientista já desencarnado teria desenvolvido pesquisa neste sentido, porém mais voltada ao MOB ( Modelo Organizador Biológico) onde teria acompanhado a evolução de uma colônia de bactérias salmonelas colocadas no interior de um campo eletromagnético gerado por várias bobinas elétricas, o qual o chamou de “Tensionador Magnético”
Acredita-se que a Pepsina e Tripsina, enzimas formadas no estômago e intestino delgado, deixem de atuar na quebra e desdobramento das proteínas do bolo alimentar devido ao forte campo magnético que foram submetidas.

Redes elétricas, aparelhos eletrônicos (computadores, televisores, rádios, chuveiros, telefones etc ) tudo o que possa conduzir eletricidade criam em um ambiente um campo magnético.
Acredita-se que além da eletricidade, todos corpos que estejam em pleno movimento como rios terrestres ou subterrâneos, e até mesmo o movimento contínuo dos batimentos cardíacos podem criar campos eletromagnéticos como ondas de freqüência de rádio em torno de 5 mil milivolts ( Paul Persal). Contudo para a produção da eletricidade motora dos músculos dos batimentos cardíacos inevitavelmente torna-se necessário a presença dos seguintes elementos químicos: (Mg) magnésio,(K) potássio ,(PO) fosfato e (Ca) Cálcio. Sendo que o magnésio é quem regula e controla os batimentos cardíacos que em média é 80 vezes por minuto.

A) Identificação de pessoas através do batimento cardíaco.
Embora o coração produza um campo fraco, a idéia futura é criar um aparelho receptor altamente sensível que consiga captar esse campo a uma certa distância, assim como os tubarões nos oceanos, especialmente da espécie “martelo”, que conseguem captar essa freqüência de ondas eletromagnéticas a uma distância de até 10 quilômetros, e de animais como peixes de apenas 5 centímetros de comprimento.

Se possuíssemos a capacidade desses animais marinhos poderíamos identificar e localizar criminosos foragidos da justiça em quaisquer locais que se encontrassem como matas, cavernas, casas, prédios etc.

A outra vantagem seria encontrar vítimas de afogamentos em lagos e oceanos ( náufragos) uma vez que a onda sonora e magnética se propaga 5 vezes mais rápida na água que no meio ambiente o ar. A água é 800 vezes mais densa que o ar.

B) Correntes de águas subterrâneas do solo brasileiro.

A atual situação de secas que se encontram nossos irmãos nordestinos do Brasil, incentiva a pesquisar outras formas de se encontrar água naquela região, seja no meio ambiente ou no subsolo.
Se os movimentos dos rios de água criam um determinado campo geomagnético na terra, poderíamos utilizar os Gaussímetros, não de forma alternadas para localiza-los. Utilizando-se ainda da energia solar, essa água submersa no solo poderia ser drenada em forma de poços artesianos para abastecer o nosso povo que têm tanta escassez da água.

C) Atividades “paranormais” produzidas por espíritos.

Segundo os pesquisadores parapsicólogos, certas atividades consideradas paranormais de aparições de espíritos em casas mal assombradas, centros espíritas e outros locais, são flutuações no campo geomagnético local ou do ambiente causados por rios subterrâneos ou instalações elétricas velhas embutidas nas paredes das construções onde o fenômeno se apresenta.

Mas acreditamos que o que sucede é o oposto, que realmente a presença espiritual, pode abalar o campo inclusive geomagnético daquele local, e talvez a explicação seja devido a entrada de um plano ou dimensão para outra, onde o espírito ao penetrar no hiperespaço onde reinam temperaturas baixíssimas (-283º C) possa alterar esse campo, inclusive o geomagnético.
Sabemos que um dos princípios da levitação é a temperatura abaixo dos (-l93 C) hidrogênio líquido. .

Utilizando-se de Identificadores altamente sensíveis em torno de 200 a 20.000 mG talvez seriam possíveis captar essas informações como uma espécie de informação do espírito a ser deixada no local de sua presença. Porém torna-se necessário que não haja quaisquer movimento de cargas elétricas, resultado de corrente elétrica no ambiente a ser pesquisado.

Vários casos quanto a presença espiritual poderá ser estudada: sessão mediúnica de incorporação, psicografia, psicofonia, fluidificação de água, passes magnéticos etc. Quaisquer oscilações nos mostradores digitais dos sensores, leva-se a crer que existirá a presença de energia. Mas a pergunta é que forma de energia?

OBS: As pesquisas acima citadas terão início a partir de novembro de 2007 com a chegada dos sensores magnéticos e do cientista em pesquisas de magnetismo.

Autoria de João Alberto Fiorini de Oliveira